AURELINO LEAL: MOTORISTAS FAZEM FILAS EM POSTO DE COMBUSTÍVEIS

Motoristas fazem filas em posto de combustíveis de Aurelino Leal

Motoristas fazem filas em posto de combustíveis de Aurelino Leal.

Com a greve dos caminhoneiros, vários postos de combustíveis já estão sem estoque na Bahia. Na cidade de Aurelino Leal, filas de carros foram registradas na tarde deste sábado (26/5), para abastecer no posto Brasil 500. Com medo do desabastecimento, muitos motoristas que estavam na fila vieram de outras cidades, a exemplo de Itabuna, Uruçuca, Itajuípe e Coaraçi, onde nos postos dessas cidades já não existe mais combustíveis.

Nas cidades de Aurelino Leal e Ubaitaba ainda não há desabastecimento nos mercados por conta da greve, porém, já não se encontra mais para comprar o botijão de gás e a água mineral. (Redação: Jackson Cristiano/Ubaitaba Urgente)

COMPARTILHE

MAIS DE 50 MIL FRANGOS MORREM POR FALTA DE RAÇÃO NA BAHIA

Ao todo, a Bahia tem 485 granjas e 17 milhões de aves.

Ao todo, a Bahia tem 485 granjas e 17 milhões de aves.

A falta de ração por causa da paralisação dos caminhoneiros resultou na morte de pelo menos 50 mil frangos em granjas no interior da Bahia, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo. As perdas dos animais aconteceram em cidades do recôncavo baiano como Santo Antônio de Jesus, Conceição da Feira e Governador Mangabeira. A Associação Baiana de Avicultura (ABA) afirmou que ainda não tem um balanço consolidado e que o número de animais mortos tende a ser maior.

Ao todo, a Bahia tem 485 granjas e 17 milhões de aves. “O cenário é crítico. Temos milhares de frangos há três ou quatro dias sem ração”, contou Patrícia Nascimento, diretora-executiva da ABA, ao jornal. Milhares de animais mortos estão sendo retirados com tratores e caminhões de dentro das granjas. Segundo Nascimento, há um temor que situação acabe se tornando um problema de saúde pública, já que os produtores não têm como descartar tamanha quantidade de animais num curto espaço de tempo.

COMPARTILHE

SEM NÚMEROS SOBRE DESBLOQUEIO, GOVERNO FALA EM PRISÕES

Sem números sobre desbloqueio, governo fala em prisões

Sem números sobre desbloqueio, governo fala em prisões.

Depois de três horas de reunião no Palácio do Planalto, o governo não apresentou dados que mostrem a evolução das paralisações em rodovias do país após o início da atuação das Forças Armadas, convocadas na sexta-feira (24) pelo presidente Michel Temer. Em entrevista coletiva, o ministro Carlos Marun (Secretaria de Governo) disse que a Polícia Federal já emitiu pedidos de prisão contra atos que estão sendo considerados criminosos e falou na aplicação de multas para os que estiverem descumprindo decisão do STF (Supremo Tribunal Federal). “Em função da liminar concedida ontem a nosso pedido, a pedido do governo, pelo STF, o governo começa a aplicar multas no valor de R$ 100 mil por hora parada para os donos das transportadoras que não voltarem à atividade”, disse.

COMPARTILHE

APESAR DA REDUÇÃO NAS REFINARIAS, PREÇO DO DIESEL SOBE MAIS DE 5% NA SEMANA, DIZ ANP

Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil

Foto : Tânia Rêgo/Agência Brasil

A ANP (Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis) divulgou ontem (25) um levantamento que aponta que o preço médio do diesel nas bombas terminou com forte alta na semana. O avanço foi de 5,3%, e o combustível passou de R$ 3,595 por litro para R$ R$ 3,788. Na mesma semana, a Petrobras reduziu o preço do diesel nas refinarias em mais de 10%. O repasse ou não para o preço nas bombas depende dos postos. A medida redutiva aconteceu em meio às negociações entre o governo e a categoria dos caminhoneiros, que entrou no sexto dia de greve hoje (26), com reivindicações sobre o preço do diesel nas bombas.

O número obtido representa uma média calculada pela ANP, que verifica os preços tanto do diesel quanto da gasolina, do etanol e do gás de cozinha em diversos municípios. Os valores, portanto, podem variar de acordo com a localidade. Durante a greve dos caminhoneiros, alguns postos chegaram a vender o litro da gasolina por quase R$ 10. Enquanto isso, outros estabelecimentos organizaram o “dia sem imposto” na quinta-feira (24) e o produto chegou a ser vendido por menos de R$ 3.

COMPARTILHE

MORADORES PROTESTAM EM APOIO AOS CAMINHONEIROS EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Moradores protestam em apoio aos caminhoneiros em Vitória da Conquista

Moradores protestam em apoio aos caminhoneiros em Vitória da Conquista.

Um grupo de moradores da cidade de Vitória da Conquista fez uma caminhada em protesto que apoia a greve dos caminhoneiros, que acontece em todo o Brasil, há seis dias. Eles se reuniram na tarde desta sexta-feira (25) e travaram o trânsito nas avenidas Lauro de Freitas e Régis Pacheco.  De acordo com o Blog do Anderson, ônibus de duas companhias permaneceram parados por mais de uma hora. Só no final da tarde as operações se normalizaram.

COMPARTILHE

BOTIJÃO DE GÁS SALTA DE R$ 54 PARA R$ 99 EM SALVADOR

Botijão de gás salta de R$ 54 para R$ 99 em Salvador

Botijão de gás salta de R$ 54 para R$ 99 em Salvador.

Com a escassez do estoque de botijão de gás em Salvador, o valor do produto inflacionou após a greve dos caminhoneiros. Fotos enviadas por um leitor do BNews comprovam isso.  Na região do Jardim Cruzeiro, na capital baiana, o botijão de 13kg, os mais comuns nas casas, que saía por R$ 54,99, neste sábado passou a ser vendido por R$ 99,99.

Uma inflação de quase 50%. Na sexta-feira (25), a direção da revendedora havia colocado um aviso na porta alegando não possuir estoque. Os consumidores que compareceram depois da chegada de um caminhão, tomaram um susto com o preço, conforme relatou o leitor.

COMPARTILHE

AEROPORTO DE ILHÉUS NÃO TEM COMBUSTÍVEL PARA ABASTECER AVIÕES

Além do aeroporto de Ilhéus, outros 11 aeroportos do país também estão sem combustível.

Além do aeroporto de Ilhéus, outros 11 aeroportos do país também estão sem combustível.

O Aeroporto de Ilhéus – Jorge Amado, ficou sem combustível nesta sexta-feira (25) por causa da paralisação dos caminhoneiros, iniciada na segunda-feira (21). Além do aeroporto no litoral sul da Bahia, outros 11 aeroportos do país também estão sem combustível. De acordo com informações da Infraero, eles continuam abertos, no entanto os aviões só podem pousar e decolar se já tiverem reserva de querosene. O aeroporto de Brasília afirmou que suas reservas se esgotaram por volta das 8h.

De acordo com informações da Folha de S. Paulo, os aeroportos de Carajás (PA), São José dos Campos (SP), Uberlândia (MG), Palmas (TO), Goiânia (GO), Juazeiro do Norte (CE), Maceió (AL), Recife (PE), Joinville (SC) e João Pessoa (ES) também estão sem combustível. O Aeroporto Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, continua funcionando normalmente, no entanto, só tem reserva suficiente até domingo.

COMPARTILHE

CONTA DE LUZ TERÁ BANDEIRA TARIFÁRIA MAIS CARA EM JUNHO

conta-de-luz

As contas de luz em junho terão bandeira tarifária vermelha no patamar 2, o maior patamar entre as faixas tarifárias. Com isso, haverá cobrança extra nas contas de luz de R$ 5,00 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A cobrança da nova bandeira foi anunciada hoje (25) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). De acordo com a Aneel, a decisão foi tomada em razão do fim do período chuvoso e a redução no volume dos reservatórios das usinas hidrelétricas.

Com isso, há a necessidade de usar energia produzida pelas usinas termelétricas, que têm maior custo de produção. “Com o fim do período úmido, os reservatórios do Sul apresentaram redução de volume provocando o aumento do risco hidrológico (GSF) e o preço da energia no mercado de curto prazo (PLD). Além disso, a previsão de chuvas é baixa quando comparada à média histórica. O GSF e o PLD são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada”, disse a agência.

Em maio, vigorou a bandeira tarifária amarela, em que há adicional de R$ 1 na conta de energia do consumidor a cada 100 kWh consumidos. Nos quatro primeiros meses dos ano, vigorou a bandeira verde, em que não há cobrança extra na conta de luz. Na terça-feira (22), o presidente da Aneel, Romeu Rufino chegou a afirmar que a tendência era de manutenção da bandeira amarela. Segundo Rufino não houve alterações relevantes nas condições que levaram a agência a adotar a bandeira amarela agora em maio.

COMPARTILHE

COMBUSTÍVEL SÓ DURA ATÉ DOMINGO (27) NO AEROPORTO DE SALVADOR, AVISA CONCESSIONÁRIA

Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO

Foto: Mauro Akin Nassor/Correio 24hs

O Aeroporto de Salvador está funcionando como ponto de abastecimento para aviões de voos de outros estados – que também  enfrentam desabastecimento de combustível devido à greve nacional dos caminhoneiros. Mas isso pode terminar neste final de semana. Isso porque, segundo a Vinci Airports, que administra o terminal aéreo na capital baiana, só há garantia das operações com a atual reserva de combustível até domingo (27). “Por conta do fechamento de alguns aeroportos no Nordeste e o aumento do número de solicitações de voos alternados para abastecimento (incluindo rotas internacionais, de alto consumo), a Concessionária do Aeroporto Salvador Bahia reajustou sua expectativa de autonomia.

A garantia das operações com a atual reserva de combustível é até o próximo domingo (27 de maio)”, informou a empresa em nota. A Vinci acrescentou ainda que as solicitações de voos oriundos de outros aeroportos serão avaliadas pontualmente, a fim de garantir a programação local de voos e assegurar a mobilidade dos nossos passageiros. Na quarta-feira (23), dois aviões que decolaram em Brasília e Recife, com destino a Portugal, mudaram o trajeto para abastecer na capital baiana. Naquele momento, o terminal local tinha autonomia para fornecer combustível por cinco dias, com estoque até segunda (28).

O estoque do combustível dos aeroportos de Brasília e Recife se esgotaram nesta sexta-feira (25). Na capital federal, todos os voos que pousarem em Brasília e que precisem de abastecimento ficarão em solo até o fornecimento de combustível ser normalizado, informou a Inframérica, responsável pelo terminal. No Aeroporto Internacional dos Guararapes, do Recife, também está sem combustível nesta sexta-feira (25). No início da manhã, a companhia aérea Azul já havia confirmado o cancelamento de nove voos com saída do Recife.

COMPARTILHE

ITABUNA: JUSTIÇA DETERMINA RETORNO DA DOM PARKING E COBRANÇA DA ZONA AZUL

Dom Parking e Zona Azul devem retornar || Foto Pedro Augusto

Dom Parking e Zona Azul devem retornar || Foto Pedro Augusto

O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Ulysses Maynard Salgado, deferiu, nesta sexta (25), liminar favorável à Dom Parking e determinou o imediato retorno da Zona Azul em Itabuna. A liminar suspende os efeitos do Decreto 12.895, assinado pelo prefeito Fernando Gomes. O ato cancelava o contrato com a Dom Parking e suspendia a cobrança da Zona Azul até o município definir nova empresa ou ele mesmo administrar o sistema rotativo pago de estacionamento.

Fernando apontava irregularidade da empresa na cobrança de multa (taxa de regularização) por atraso no pagamento por uso do sistema e, além de cancelar o contrato, proibiu a empresa de participar de licitação no município por um ano. O magistrado definiu multa diária de R$ 5 mil até o limite de R$ 60 mil em caso de descumprimento da decisão. (Pimenta Blog)

COMPARTILHE

PAI É PRESO ACUSADO DE TORTURAR FILHA DE 11 ANOS EM CANDEAL

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Acusado de torturar a filha de 11 anos, Eliel de Jesus Souza teve o mandado de prisão preventiva cumprido, na manhã desta sexta-feira (25), em Riachão de Jacuípe. A ação conjunta contou com policiais civis do município de Candeal, Riachão e Conceição do Coité, sob a coordenação da delegada substituta de Candeal, Ludmila Andrade de Araújo.

Segundo a delegada, a vítima vivia com o pai em Candeal e as agressões eram físicas e psicológicas. A menina ficava trancada no quarto por meses. Professoras e a diretora da escola que ela estuda, relataram que a garota tem muito medo do pai.  O conselho tutelar do município de Candeal denunciou o crime. Eliel está preso na delegacia de Riachão de Jacuípe. (BNews)

 

COMPARTILHE

UBAITABA: MOTORISTA DA PREFEITURA INVADE MANIFESTAÇÃO NA BR-101

Um motorista da Prefeitura Municipal de Ubaitaba invadiu uma manifestação realizada na tarde desta quinta-feira (24), na BR-101, em frente ao bairro Armandão, e por muito pouco não atropelou manifestantes. O funcionário público estava dirigindo um o caminhão caçamba.

Ninguém ficou ferido. O protesto realizado ontem no município foi em apoio ao manifesto dos caminhoneiros que já dura 5 dias em todo o pais. Na manhã desta sexta-feira (25/5), manifestantes voltaram a interditar a BR-101, desta vez na altura do hospital da cidade de Ubaitaba. (Redação: Jackson Cristiano/Ubaitaba Urgente)

COMPARTILHE

COM A GREVE DOS CAMINHONEIROS, COMEÇA A FALTAR GÁS DE COZINHA EM UBAITABA

Com a greve dos caminhoneiros, começa a faltar gás de cozinha em Ubaitaba

Começa a faltar gás de cozinha em Ubaitaba I Foto: Aleilton Oliveira

Com o quinto dia da grave dos caminhoneiros, mais serviços começam a ser afetados nas cidades da Bahia. Em Ubaitaba o gás de cozinha já acabou e a alta nos preços já começa a afetar moradores e comerciantes. Além da falta de gás, já há também o desabastecimento de alimento no comércio da cidade. (Redação: Jackson Cristiano/Ubaitaba Urgente)

COMPARTILHE

TEMER ACIONA FORÇAS ARMADAS PARA DESBLOQUEAR ESTRADAS

 

Temer aciona Forças Armadas para desbloquear estradas

Temer aciona Forças Armadas para desbloquear estradas.

Como o protesto dos caminhoneiros continuou em rodovias federais e estaduais de todo o Brasil, o presidente Michel Temer (MDB) acaba de anunciar que acionou as Forças Armadas para reverter a situação. “Indico que acionei as Forças Federais de Segurança Pública para desbloquear as estradas e estou solicitando aos governadores que façam o mesmo”, ressaltou o presidente, em comunicado nacional. Na noite dessa quinta-feira (24), o governo se reuniu com lideranças do protesto, que firmaram um acordo para paralisar a manifestação por 15 dias, mas os caminhoneiros resistiram e o bloqueio continuou. (Bahia Notícias)

COMPARTILHE

UBAITABA: MANIFESTANTES VOLTAM A FECHAR BR-101

Manifestantes voltaram a fechar a BR-101 em Ubaitaba. O manifesto está acontecendo neste momento e apenas caminhões estão sendo parados. O objetivo dos manifestantes é forçar o governo a intervir na nova política de reajuste de preços de combustíveis, adotado pela Petrobrás.

Por conta dos bloqueios nas pistas e refinarias, o estoque de combustíveis está se esgotando em todo o estado. Mesmo com proposta de acordo anunciada pelo governo, na noite dessa quinta-feira (24), protestos de caminhoneiros são registrados em todo o Brasil. (Redação: Jackson Cristiano/Ubaitaba Urgente)

COMPARTILHE

ADVOGADA DE PASTOR ACUSADO DE ESTUPRAR E MATAR FILHO E ENTEADO DEIXA O CASO, NO ES

Pastor George Alves está preso e é acusado pela morte de irmãos Joaquim e Kauã, em Linhares

Pastor George Alves está preso e é acusado pela morte de irmãos Joaquim e Kauã.

A advogada Taycê Aksacki, que atuou na defesa do pastor George Alves, de 36 anos, disse que deixou o caso nesta quinta-feira (24). George foi apontado pela polícia como o responsável pela morte do filho, Joaquim Alves, de 3 anos, e do enteado, Kauã Salles, de 6. Em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (24), a polícia disse que ele estuprou, agrediu e queimou vivas as crianças.

O crime aconteceu em Linhares, na região Norte do Espírito Santo, no dia 21 de abril. De acordo com o inquérito policial, George estuprou, matou e queimou ainda vivas as duas crianças. O acusado está preso temporariamente desde o dia 28 de abril porque mudou o local do crime e fez contato com testemunhas, segundo a polícia. A Justiça decidiu, na noite da terça-feira (23), prorrogar a detenção por mais 30 dias.

VEJA A CRONOLOGIA DO INCÊNDIO E DAS INVESTIGAÇÕES

Questionada sobre o motivo de ter saído da caso, a advogada disse que preferia não comentar. A advogada Milena Freire, que pertence à junta de voluntários que fazem a defesa do pastor, foi procurada pelo G1, mas não atendeu as ligações. O advogado Rodrigo Duarte, que também pertence à junta, disse que não iria comentar o caso porque, segundo ele, tudo que a defesa sabe foi informado através da imprensa, já que eles ainda não tiveram acesso ao inquérito policial.

INQUÉRITO POLICIAL

Para concluir o inquérito, a polícia analisou os resultados de perícias feitas na casa, os depoimentos do pastor e de testemunhas, exames realizados nos corpos dos meninos e imagens gravadas após a morte das crianças. Leia matéria completa no G1.

COMPARTILHE

APESAR DE ACORDO EM BRASÍLIA, CAMINHONEIROS MANTÊM PARALISAÇÃO NAS RODOVIAS BAIANAS

Foto: Jackson Cristiano/Ubaitaba Urgente

Foto: Jackson Cristiano/Ubaitaba Urgente

Apesar do acordo entre o governo federal e representantes dos caminhoneiros para suspender greve por 15 dias em todo o país no final da noite desta quinta-feira (24), as mobilizações continuam nas rodovias baianas nesta sexta (25). Na BA-526, próximo à Ceasa de Simões Filho, caminhões estão estacionados desde a 1h, no acostamento. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) está acompanhando a mobilização, de acordo com informações do Centro Integrado de Comunicação (Cicom), da Secretaria de Segurança Pública (SSP). De acordo com o jornal Correio, os manifestantes, no entanto, não estão bloqueando a pista.

Também há mobilização dos caminhoneiros na BR-101, na altura do município de Muritiba, no Recôncavo baiano, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Na BR-324, na altura do bairro de Valéria, em Salvador, há manifestação com uma faixa interditada sentido Salvador, segundo a Via Bahia. As manifestações também continuam na BR-116, com restrição de passagem apenas para veículos de carga (caminhões e carretas) nas cidades de Santo Estevão, Itatim, Milagres, Jequié, Poções, Manoel Vitorino e Vit. da Conquista. Ainda de acordo com a concessionária, o tráfego está fluindo normalmente para demais veículos.

COMPARTILHE

GOVERNO E CAMINHONEIROS ANUNCIAM ACORDO PARA SUSPENDER PARALISAÇÃO POR 15 DIAS

Ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, explica acordo | Foto: Reprodução

Ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, explica acordo | Foto: Reprodução

O governo federal anunciou na noite desta quinta-feira (24) um acordo com os caminhoneiros para suspender, por 15 dias, a paralisação que afetava estradas de 22 estados e do Distrito. O anúncio foi feito após sete horas de reunião entre a alta cúpula governista e um grupo de representantes da categoria. Integrantes de uma associação, no entanto, disseram que manterão o movimento.

Segundo o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, o acordo foi possibilitado pela decisão de manter o preço do diesel por 30 dias, ao contrário da política praticada atualmente pela Petrobras, que permite reajustes a qualquer momento, sem periodicidade definida. Já o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, disse que, durante 15 dias, a Petrobras vai assumir os custos com a redução de R$ 0,23 centavos no valor do litro do diesel.

“A partir do 15º dias, vamos [governo] assumir o restante dos 15 dias para completar o mês. Completado o mês, você vai fazer um reajuste dos preços com base na política da Petrobras e fixa o preço nos próximos 30 dias”, explicou. Ainda segundo ele, a Cide será reduzida a zero neste ano. O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, no entanto, ressaltou que não houve mudança na política de preços da Petrobras.

“A política de preços da Petrobras continua intacta até a porta da refinaria para frente”. Já Guardia ponderou: “A nossa referência é sempre o preço do diesel nas refinarias. Estamos falando apenas no diesel.” O ministro da Fazenda anunciou também que o governo vai criar um programa de subvenção econômica para que possa bancar a diferença entre o preço que está fixado e o preço que seria praticado pela política da Petrobras.

“Do ponto de vista fiscal, é uma despesa fiscal que vai requerer dotação orçamentária específica. Vamos abrir um crédito extraordinário. Por ser uma despesa nova, ela vai ter que ser compensada nas despesas do Orçamento da União para manter a meta fiscal. Do ponto de vista fiscal, vai ser compatível com a nossa meta”, disse. (Bahia Notícias)

COMPARTILHE

PROFESSORES DE ILHÉUS FAZEM NOVA PARALISAÇÃO E COBRAM CUMPRIMENTO DE ACORDO

Professores da rede municipal em Ilhéus vão paralisar atividades por 2 dias.

Professores da rede municipal em Ilhéus vão paralisar atividades por 2 dias.

Uma nova paralisação da Rede Municipal foi decidida em assembleia pelos Trabalhadores em Educação de Ilhéus. Serão dois dias na próxima semana – segunda (28) e terça (29) – marcados pela interrupção das atividades e atos públicos para conscientizar a população sobre os motivos do movimento e a realidade da categoria, segundo a Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus (APPI/APLB-Sindicato).

Os trabalhadores decidiram parar porque, segundo o sindicato, o governo municipal ainda não assinou o termo de compromisso firmado com a categoria que apresentou contraproposta ao executivo, inserindo ajustes como a troca do mês para implementação do retroativo dos servidores e a tabela salarial dos professores. Ficou acordado, ainda, o reajuste de 6,81% em maio e, na mesma folha deste mês, o pagamento da diferença de abril.

– Até o momento, mesmo ajustadas as alterações exigidas pela categoria, o termo de compromisso não foi assinado pelo executivo, motivo pelo qual a categoria decidiu parar em assembleia – explica a secretária intermunicipal da APPI/APLB Sindicato, Enilda Mendonça. (Pimenta Blog)

COMPARTILHE

ÔNIBUS DE SALVADOR TÊM COMBUSTÍVEL PARA ATÉ 4 DIAS, DIZ DIRETOR DO INTEGRA

Foto: Gilberto Júnior/BNews

Foto: Gilberto Júnior/BNews

Por enquanto, Salvador não corre risco de diminuir a frota de ônibus urbanos por conta da falta de combustível. A greve dos caminhoneiros contra o preço do diesel está afetando o abastecimento de combustíveis em várias regiões do país. No Rio de Janeiro, São Paulo e Recife os coletivos estão circulando com frota reduzida.

De acordo com o diretor de relações institucionais do Integra, Jorge Castro, os ônibus da capital baiana possuem reserva de combustível suficiente até pelo menos o próximo domingo (27). “Tivemos dois dias de paralisação dos ônibus nessa semana. Consequentemente os coletivos não gastaram combustível. Temos uma reserva de que pode durar de três a quatro dias”, explicou.

No entanto, caso a greve dos caminhoneiros perdure, a frota de ônibus poderá ser reduzida. “A partir de segunda-feira, vamos fazer uma revisão para ver o quanto resta. Se tivermos pouco, também teremos que reduzir a quantidade de coletivos”, completou.

COMPARTILHE

PRODUTORES DE BARREIRAS E LUÍS EDUARDO ADEREM AO MOVIMENTO E BOTAM TRATORES NA ESTRADA

Foto: Leitor/ Informe Baiano

Foto: Leitor/ Informe Baiano

Os Produtores rurais que atuam nas cidades baianas de Barreiras e Luis Eduardo Magalhães adeririam a greve dos caminhoneiros e realizam nesta quinta-feira (24) um grande ato nas BR`s 242 e 020. A informação é do site Informe Baiano.

De acordo com a publicação, os trabalhadores utilizam tratores e caminhões em apenas uma faixa das pistas. O protesto que ocorre de forma pacífica. Veículos pequenos e ônibus estão circulando normalmente. Em nota, a Associação Comercial e Empresarial de Luis Eduardo Magalhães disse que apoia a manifestação devido a “alta taxa de impostos” no país.

COMPARTILHE

HÁ 330 PONTOS DE RODOVIAS INTERDITADOS EM 23 ESTADOS, DIZ ASSOCIAÇÃO DE CAMINHONEIROS

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) divulgou na manhã desta quinta-feira (24) um balanço da paralisação, movimento realizado em todo o Brasil. De acordo com o Estadão, a entidade divulgou que são 330 pontos de rodovias interditadas pelo movimento de paralisação dos caminhoneiros em 23 Estados.

Apenas Amazonas, Acre, Amapá e Rio Grande do Sul não têm estradas interrompidas nesta quinta. Os estados com mais trechos interrompidos são os de grandes produtores agrícolas. São eles: Paraná (45 pontos), Minas Gerais (42 pontos), Santa Catarina (37), Mato Grosso do Sul (31), Goiás (25) e Mato Grosso (23).

COMPARTILHE

SOBE PARA 18 O NÚMERO DE MORTES PROVOCADAS POR H1N1 NA BAHIA

A H1N1 já matou 18 pessoas na Bahia este ano I Foto: Reprodução

A H1N1 já matou 18 pessoas na Bahia este ano I Foto: Reprodução

O número de casos confirmados da gripe H1N1 subiu de 114 para 153, segundo informações da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) divulgadas nesta quarta-feira (23). No último boletim, do dia 15 de maio, foram contabilizadas 15 mortes e agora são 18 óbitos por conta da doença. A Sesab informou ainda que até o dia 19 de maio foram notificados 966 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 76 óbitos.

Desse total de casos, 193 foram confirmados para Influenza, sendo 153 pelo subtipo H1N1. No mesmo período de 2017, a Sesab informa que foram notificados 241 casos de SRAG, com 20 óbitos. Dentre eles, 20 casos de Influenza, sendo dois casos de H1N1. Foram confirmados casos de H1N1 em 39 municípios baianos e os óbitos ocorreram em oito deles.

Salvador (11), Camaçari (1), Irará (1), Lauro de Freitas (1), Retirolândia (1), Saúde (1), Serrinha (1) e Vitória da Conquista (1). A faixa etária de maior ocorrência ficou entre os menores de cinco anos (57 casos e sete óbitos) e maiores de 60 anos (24 casos e cinco óbitos), sendo que 66,6% dos óbitos ocorreram no grupo dos menores de cinco anos. (G1)

COMPARTILHE