Destaques







Dólar sobe pelo sexto dia consecutivo, cotado a R$ 3,75

alta do dólar

A cotação do dólar comercial caminha hoje (18) para fechar o sexto dia em alta, sem atuação mais forte do Banco Central (BC). A moeda americana atingiu a faixa R$ 3,77, na maior cotação da manhã. Por volta das 12h10, o dólar estava cotado a R$ 3,75, com alta de 1,31%.

Enquanto o dólar sobe, o Ibovespa (índice da bolsa de valores B3) segue em queda. Às 12h15, o índice caia 1,35%, com 82.494 pontos. Na quinta-feira (17), o Ibovespa fechou em queda de 3,37%, com 83.622 pontos, e o dólar subiu pelo quinto dia útil consecutivo. A alta da moeda foi de 0,61%, cotada a R$ 3,701, o maior valor em 26 meses.

A alta do dólar ocorre depois de o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) decidir manter os juros básicos da economia brasileira em 6,5% ao ano, na última quarta-feira (16), numa tentativa de lidar com o aumento da volatilidade internacional de capitais.

A desvalorização do real também pode ter influenciado a decisão do BC de manter a taxa Selic no mesmo patamar, uma vez que dólar mais caro pode significar aumento da inflação no médio prazo, devido ao encarecimento de produtos e serviços importados em moeda estrangeira.

A alta do dólar ocorre mesmo com ajustes na atuação do Banco Central no mercado de câmbio nos últimos dias. O órgão alterou leilões de contratos de swaps cambiais, equivalentes à venda de dólares no mercado futuro, passando a renovar contratos que tinham vencimento em junho. Com isso, o BC iniciou a oferta diária de rolagem integral de 4.225 contratos. Além disso, passou a fazer a oferta adicional de 5 mil novos contratos ao longo do mês e não apenas ao final, como estava previsto. A ideia, com isso, é manter aplicações em dólar no país, evitando a fuga da moeda que impacta na desvalorização do real. O dólar fechou hoje a R$ 3,73 uma leve queda.

COMPARTILHE

FARMÁCIA POPULAR: MINISTÉRIO DA SAÚDE QUER DISTRIBUIR MAIS REMÉDIOS GRATUITOS

Ministério da Saúde quer distribuir mais remédios gratuitos

Ministério da Saúde quer distribuir mais remédios gratuitos.

O Ministério da Saúde estuda uma nova mudança no programa Farmácia Popular, que envolve a distribuição de remédios sem custo ou de preço reduzido para o cidadão. Uma das propostas é estender a gratuidade para os 42 produtos que fazem parte do programa. Hoje, 26 deles já são distribuídos sem nenhum custo para o consumidor. As alterações, no entanto, são criticadas pelo setor farmacêutico. A estratégia de estender a gratuidade para todo o Farmácia Popular tem como objetivo permitir que os gastos do programa possam ser levados em consideração para o cálculo do mínimo que tem de ser gasto pela União para a área da Saúde. Hoje, como em 16 produtos há copagamento do consumidor, que arca com 10% do preço do produto, essa despesa não pode ser considerada como gasto em saúde. A extensão da gratuidade para outros 16 medicamentos seria ainda uma alternativa para o ministério tentar compensar o crescente gasto com o programa. O raciocínio é: se a despesa é inevitável, que ele possa, pelo menos, ser considerado como gasto em saúde. Ao mesmo tempo, a pasta quer reduzir os custos. Cálculos do setor produtivo indicam que o gasto com o Farmácia Popular cresceu 274% entre 2011 e o ano passado. De acordo com o ministério, dos R$ 2,8 bilhões do Farmácia Popular, apenas R$ 1,2 bilhão é empregado na compra de medicamentos. Aproximadamente R$ 800 milhões são usados para pagar impostos e os R$ 800 milhões restantes, para pagar o setor varejista. No programa, farmácias credenciadas podem vender remédios contidos em uma lista preparada pelo ministério com descontos de 90%. Alguns medicamentos para asma, hipertensão e diabetes são dados de forma gratuita. O valor da diferença ou o preço total, no caso dos remédios gratuitos, é pago pelo Ministério da Saúde. O problema é que, com essa transação, o governo acaba arcando indiretamente impostos que o setor varejista paga para Estados. Para tentar evitar esses impostos, a alternativa estudada é que a pasta se encarregue de fazer a compra para distribuição nas farmácias credenciadas. A ideia se assemelha a que foi cogitada pelo ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), mas abandonada por esbarrar em problemas jurídicos. O Farmácia Popular é um dos programas federais de saúde com mais popularidade na classe média. Ministro da Saúde que assumiu há pouco mais de um mês, Gilberto Occhi, já começou a sondar o setor produtivo. O presidente do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), Nelson Mussolini, avisou ser contrário. “A coparticipação existe em todos os países e evita desperdícios”, defendeu. “Hoje, todos podem participar do programa. Basta ter uma receita, seja de médico particular ou da rede pública”, observou Sérgio Mena Barreto, da Associação Brasileira da Rede de Farmácia e Drogaria (Abrafarma). “Já alertamos que a mudança é insustentável. Vai haver descredenciamento em massa assim que as farmácias esgotarem seus estoques e tiverem de fazer novas compras”.

COMPARTILHE

JUSTIÇA FIXA MULTA DIÁRIA DE R$ 500 MIL A MANIFESTANTES NO ENTORNO DA PF EM CURITIBA

A Justiça do Estado do Paraná fixou multa de R$ 500 mil por dia aos movimentos sociais que ocupam o entorno da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, onde está preso o ex-presidente Lula. A decisão é da sexta-feira (13) e deve ser cumprida imediatamente.

O despacho, assinado pelo juiz substituto Jailton Juan Carlos Tontini, da 3ª Vara de Fazenda Pública de Curitiba, cita que os manifestantes, pró e contra Lula, estão descumprindo uma ordem liminar do dia 8, que determinava que os réus não impedissem o trânsito de pessoas na área e que não fossem montados acampamentos e estruturas semelhantes nas proximidades da PF.

O magistrado fala na decisão em evitar “a necessidade de medidas mais enérgicas, como, por exemplo, o uso de força policial”. Desde a condução do ex-presidente Lula à sede da PF em Curitiba, no dia 7, cerca de 500 pessoas acampam na vizinhança do prédio da instituição, conforme contagem da Polícia Militar (PM). Informações: G1

COMPARTILHE

Grupo se inspira em série “La Casa de Papel” e tenta roubar banco

Algumas séries penetram tão rapidamente o imaginário popular que chegam a ser usadas como inspiração para as mais diversas ações cotidianas. É o caso da série “La Casa de Papel”, disponível na Netflix. Se nos blocos de Carnaval brasileiro, a produção virou até fantasia, no Chile a “brincadeira” chegou mais longe.

Como noticiou o jornal La Cuarta, um grupo de dez criminosos vestidos com macacões vermelhos – mesmo traje de personagens da série – tentou explodir um caixa eletrônico de uma agência no bairro de Maipu, em Santiago, capital do país. Apesar da semelhança com a ficção, contudo, os suspeitos não usavam a máscara do pintor espanhol Salvador Dali, outro adereço característico da série.

Segundo a polícia local, o alarme do caixa eletrônico soou imediatamente e a polícia chegou ao local em menos de um minuto, o que impediu que os assaltantes levassem o dinheiro. Durante a fuga, os criminosos teriam trocado disparos com os agentes. Um dos ladrões foi atingido e levado ao hospital. Ao menos dois suspeitos foram presos.

A repercussão do caso chegou às redes sociais da emissora Antena 3, que transmite a série na Espanha. “A influência da série atinge limites inimagináveis: tentaram roubar um caixa no Chile, disfarçados de #LaCasaDePapel”, compartilhou a página do canal no Twitter (veja abaixo).

Vale lembrar que, apesar de ser uma produção sobre crime, “La Casa de Papel” traz uma série de lições de liderança e negociação (confira a reportagem completa aqui). Ou seja, o aprendizado que se pode tirar da trama depende de cada um. Informações: Exame

COMPARTILHE

SALÁRIO MÍNIMO PODE IR A R$ 1.002 EM 2019

SALÁRIO MÍNIMO PODE IR A R$ 1.002 EM 2019

O salário mínimo poderá chegar a R$ 1.002,00 em 2019.

O salário mínimo poderá chegar a R$ 1.002,00 em 2019 no Brasil, conforme proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) apresentada pelos ministros Esteves Colnago (Planejamento) e Eduardo Guardia (Fazenda). O reajuste será de R$ 48,00.

Em 2019, a fórmula atual de reajuste será aplicada pela última vez. Pela regra, o mínimo deve ser corrigido pela inflação do ano anterior medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) de dois anos anteriores.

Em 2017, o PIB cresceu 1%. Para a estimativa de inflação, o governo considerou a previsão de 4% para o índice de inflação que consta do Boletim Focus, pesquisa com mais de 100 instituições financeiras divulgada toda semana pelo Banco Central.

A LDO define os parâmetros e as metas fiscais para a elaboração do Orçamento do ano seguinte. Pela legislação, o governo deve enviar o projeto até 15 de abril de cada ano. Caso o Congresso não consiga aprovar a LDO até o fim do semestre, o projeto passa a trancar a pauta.

COMPARTILHE

ESTUDANTES DA REDE ESTADUAL PODEM SOLICITAR ISENÇÃO DE TAXA DO ENEM ATÉ DOMINGO

Estudantes que vão fazer ENEM deverão se inscrever no site oficial.

Estudantes que vão fazer ENEM deverão se inscrever no site oficial.

Quem for estudante da rede estadual de ensino e quiser obter isenção da inscrição no Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM) 2018 deverá realizar a solicitação até domingo (15). De acordo com a Secretaria da Educação do Estado da Bahia, o resultado será divulgado na página do participante no dia 23 de abril.

Os estudantes que vão fazer ENEM deverão se inscrever no site oficial entre os dias 7 e 18 de maio independentemente de terem pedido de isenção aceito ou não, já que a aprovação não significa que a inscrição está automaticamente realizada. As pessoas que solicitaram e foram aprovadas no processo de isenção de taxa no Enem de 2017 e que faltaram aos dois dias de aplicação da prova devem justificar a ausência no sistema de isenção.

A relação de documentos aceitos para cada motivo de ausência está listada no edital, no site ENEM 2018 e no Portal do INEP. Os que tiveram pedido da taxa de isenção negado e quiserem entrar com recursos tem o prazo entre 23 e 29 de abril, para apresentar novos documentos. Se o recurso for negado, o candidato ao ENEM 2018 ainda terá a opção de se inscrever, em maio, e pagar a taxa de R$ 82. Para conferir os perfis beneficiados com gratuidade acesse: https://enem.inep.gov.br.

COMPARTILHE

‘PERDA DE CARGA’ PROVOCOU QUEDA DE ENERGIA NO NORTE E NO NORDESTE, AFIRMA ONS

apagão atinge norte e nordeste

Foto: Reprodução

Uma “perda de carga” provocou a queda de energia nas regiões Norte e Nordeste do país durante a tarde desta quarta-feira (21). Conforme nota divulgada pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o problema foi registrado às 15h48 órgão já está trabalhando na recuperação do serviço. “Uma perturbação no SIN causou o desligamento de cerca de 18.000MW, majoritariamente localizados nas regiões Norte e Nordeste, correspondendo a 22,5% da carga total do SIN naquele momento”, relata o texto. Moradores de diversos bairros de Salvador e de cidades baianas já relataram problemas no fornecimento de energia elétrica. A ONS ainda apura o que provocou o problema. “As equipes do ONS estão neste momento dedicadas à recomposição dos sistemas Norte e Nordeste, já em curso”, diz o texto do Operador.

COMPARTILHE

APAGÃO ATINGE REGIÕES NORTE E NORDESTE DO PAÍS

apagão em ubaitaba

Foto: Reprodução

Um apagão deixou as regiões Norte e Nordeste do país sem energia na tarde desta quarta-feira (21). Na capital baiana, a falta de luz foi registrada por volta das 15h50. De acordo com uma fonte do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) ao Bahia Notícias não há informações sobre a quantidade de estados atingidos e nem qual foi a origem do problema. A queda de energia também afetou o Esquema Regional de Alivio de Carga (Erac), causando instabilidade em outras regiões do país.

COMPARTILHE

CNH VAI FICAR MAIS CARA; CONFIRA VALORES PARA RENOVAÇÃO E 1ª HABILITAÇÃO

carteira nacional de habilitação

Foto: Reprodução

A partir desta quinta-feira (22), será aplicada uma nova tabela de preços dos serviços prestados pelo Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA). Segundo o Detran, os estudos técnicos para a adequação das taxas cobradas começaram em 2016, com o acompanhamento da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz). Em matéria publicada no G1, o Detran informou que, baseado nos estudos, o governo encaminhou à Assembleia Legislativa o projeto de lei que tratava da revisão das taxas, e foi aprovado pelos deputados em dezembro de 2017. No caso de serviços que tiveram os valores reajustados, o órgão de trânsito afirma que seguiu os índices da inflação e dos custos para a realização dos procedimentos.

REAJUSTES
Permissão para dirigir veículos automotores – 1ª Habilitação Impressa
Era R$ 168,00. Passa para R$ 190,00

2ª via ou Alteração de licença de aprendizagem
Era R$ 87,50. Passa para R$ 90,20

Renovação da CNH Impressa
Era R$ 141,00. Passa para R$ 159,00

Mudança de categoria
Era R$ 168,00. Passa para R$ 173,00

Segunda via da permissão ou CNH
De R$ 65,10 passa para R$ 67,10

Reexame de direção veicular 2 e 4 rodas
De R$ 29,45 passa para R$ 30,35

Reexame de legislação
De R$ 29,45 passa para R$ 30,35

Transferência de propriedade com emissão de CRV Impresso
De R$ 171,00 passa para R$ 200,00

REDUÇÕES
Guincho – Motos
Passou de R$ 306 para R$ 70

Guincho – Carros
Passou de R$ 306 em R$ 255

Diária de pátio destinada a veículos de duas ou três rodas 
Houve redução de R$ 49,50 para R$ 29

Taxas da Permissão Internacional para Dirigir (PID)
Custava R$ 612 e passa a ser R$ 316

Escolha de placa especial
Era R$ 700 e agora será R$ 350

COMPARTILHE

APÓS SEMANAS DE QUEDA, PREÇO DA GASOLINA VOLTA A TER ALTA E CHEGA A R$ 4,205

Agência Nacional do Petróleo

Foto: Reprodução

O preço da gasolina voltou a registrar alta após cinco semanas de queda. Dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) indicam que o valor médio cobrado ao consumidor foi R$ 4,2015 na última semana. No período anterior, o combustível custou R$ 4,189 por litro. O etanol também acompanhou o aumento, passando de R$ 3,015 para R$ 3,032. O diesel, por sua vez, teve queda de R$ 3,503 para R$ 3,502. O levantamento foi feito com informações de 5.777 postos de combustíveis. Já nas refinarias, o preço da gasolina cobrado pela Petrobras aos distribuidores cresceu 3,42%, após seis reajustes.

COMPARTILHE

REGRA QUE EXIGIA CURSO E PROVA PARA RENOVAÇÃO DE CNH SERÁ REVOGADA, DIZ MINISTÉRIO

CNH I Foto: Reprodução/Internet

CNH I Foto: Reprodução/Internet

Regra entraria em vigor em junho e previa, por exemplo, novo curso teórico e prova para renovar a CNH. Governo diz que objetivo da revogação é não alterar a vida de quem precisa renovar carteira. O Ministério das Cidades informou na noite deste sábado (17) que a norma que mudava as regras para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) será revogada. Segundo a pasta, o objetivo da revogação é não alterar a vida de quem precisa renovar a carteira, além de “reduzir custos e facilitar a vida do brasileiro”. Pela resolução, que entraria em vigor no próximo dia 5 de junho, os motoristas que fossem renovar a CNH precisariam fazer um curso teórico e uma prova, além do exame médico (atualmente obrigatório). A resolução também previa que o motorista deveria fazer duas balizas para tirar a 1ª CNH e estabelecia que a carteira para moto passaria a exigir exames nas ruas. “Por determinação do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, o diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e presidente do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), Maurício Alves, revoga a resolução 726/2018 que torna obrigatória a realização e aprovação em Curso de Aperfeiçoamento para renovação da Carteira Nacional de Habilitação”, diz a nota do ministério. De acordo com a assessoria da pasta, a revogação será formalizada “no próximo dia útil”, entre segunda (19) e terça (20) da próxima semana. Informações: G1

COMPARTILHE

RENOVAÇÃO DA CNH VAI EXIGIR CURSO E PROVA TEÓRICA A PARTIR DE JUNHO

CNH I Foto: Reprodução/Internet

CNH I Foto: Reprodução/Internet

Os motoristas que precisarem renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) das categorias A e B a partir do dia 5 de junho vão precisar fazer um curso teórico e uma prova teórica, além do exame médico que já era exigido. O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determinou a mudança na última semana por meio de uma resolução que alterou a configuração da formação de condutores no Brasil. Ainda não há definição sobre o preço do curso e da prova teórica. O curso para renovação da CNH terá duração de 10 horas/aulas, com um limite de 5 horas por dia. Ele pode ser presencial ou à distância e o motorista deve ter 100% de frequência nas aulas. Já a prova teórica terá 30 questões de múltipla escolha e a exigência é que o participante tenha pelo menos 70% de acerto. Com informações do BN

COMPARTILHE

Conta de luz acumula alta média de 31,5% entre 2014 e 2017, diz estudo

Conta de luz acumula alta média de 31,5% entre 2014 e 2017, diz estudo.

A conta de luz tem pesado cada vez mais no bolso do brasileiro. Entre 2014 e 2017, a tarifa média dos consumidores residenciais acumula alta média 31,5% no país e a estimativa é de que, ao final de 2018, o aumento acumulado chegue a 44%. É o que mostra um levantamento da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace) feito a pedido do G1. O encarecimento da conta de luz nos últimos quatro anos superou a inflação acumulada no período, de 28,86%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Na terça-feira (6), o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, declarou que o patamar da tarifa de energia está em um nível preocupante. “Isso [encarecimento das contas de luz] de fato nos incomoda também, e acho que a todos, às distribuidoras, aos consumidores, ao regulador, porque o valor da tarifa está assumindo um patamar muito preocupante”, disse. De acordo com a Abrace, o aumento no custo de produção da energia, devido ao uso mais intenso de termelétricas, e os subsídios embutidos nas tarifas, são as razões para a alta das contas de luz no período. Com informações do G1

COMPARTILHE

Advogado limpa o fundo de previdência dos deputados e foge

Advogado limpa o fundo de previdência dos deputados e foge

advogado Leandro Cezar Vincentin

A Câmara dos Deputados está investigando o sumiço de dinheiro pertencente ao fundo de previdência dos deputados federais. O suspeito é o advogado Leandro Cezar Vincentin, que segundo informações teria deixado o país com cerca de R$ 5 milhões desviados. O advogado era funcionário da casa e paralelamente abriu uma empresa com o mesmo nome do Plano de Seguridade Social dos Congressistas (PSSC). A contribuição dos parlamentares, paga através de boleto, ao invés de ir para o PSSC, o plano de previdência, ia para a PSSC, a empresa do servidor. O ‘golpe’ só foi descoberto quando Vincentin saiu de férias. No início do mês de fevereiro um processo administrativo disciplinar foi aberto e o funcionário afastado. Informações: jornaldacidadeonline

COMPARTILHE

Jovem de 19 anos, já flagrado com maconha, autoriza pagamentos de até meio bilhão no governo Temer

Jovem de 19 anos, já flagrado com maconha, autoriza pagamentos de até meio bilhão no governo Temer

Mikael Tavares Medeiros 19 anos

O PTB da deputada Cristiane Brasil, no maior ‘quieto’, conseguiu em outubro encaixar em um cargo importantíssimo no Ministério do Trabalho, um jovem de 19 anos, sem qualquer experiência, recém saído de uma adolescência complicada e que já chegou a ser surpreendido portando 13,6 gramas de maconha, tendo sido por este motivo levado à Justiça. Mikael Tavares Medeiros ocupa o cargo de coordenador de documentação e informação do Ministério do Trabalho. Na sua função ele é o responsável pela autorização de pagamentos de até meio bilhão de reais. O que o qualificou para que fosse nomeado foi a sua filiação. O pai é um conhecido delegado de polícia de Goiás, aliado político do deputado Jovair Arantes, o ‘dono do cargo’. O jovem acabou de ser aprovado no vestibular e também recebeu a benção do ex-deputado Roberto Jefferson, o ‘dono do ministério’.

COMPARTILHE

Governo pensa em mudar nome do programa Bolsa Família para Bolsa Dignidade

Foto: Reprodução

O governo federal pensa em alterar o Bolsa Família ainda durante a gestão do presidente Michel Temer. De acordo com informações do jornal O Globo, uma das ideias é mudar o nome do programa para Bolsa Dignidade. Outra proposta é reajustar o valor do benefício para repor a inflação, que fechou o ano de 2017 em 2,95%, e parte do aumento do botijão de gás. O governo também pensa em pagar um adicional de R$ 20 para os beneficiários que realizarem trabalho voluntário. Ainda de acordo com o jornal O Globo, Temer pediu ao ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, para apresentar uma proposta concreta de mudanças para o Bolsa Família ainda em março. A intenção do ministro é anunciar o projeto antes de deixar a pasta para disputar a eleição deste ano.

COMPARTILHE

Ministério da Educação prorroga prazo para finalizar inscrição no Fies

Foto: Reprodução

O Ministério da Educação prorrogou mais uma vez o prazo para os estudantes pré-selecionados na chamada única do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) complementarem sua inscrição no Fies Seleção. Agora, os candidatos têm até a próxima quinta-feira (15) para fechar a contratação. A prorrogação abrange as 80 mil vagas a juro zero, destinadas, neste primeiro semestre, aos estudantes que comprovarem renda per capital mensal familiar de até três salários mínimos. O período de divulgação dos resultados da pré-seleção da modalidade P-Fies começa no dia 16 de março, segundo informações da Agência Brasil. A lista de pré-selecionados na chamada regular do Fies foi divulgada na noite de segunda-feira (5), e, desde então, candidatos relataram problemas para concluir a inscrição. O MEC já tinha adiado o prazo para a finalização da inscrição, que terminaria nesta sexta (9). Segundo o MEC, a nova prorrogação do prazo busca preservar os interesses dos candidatos pré-selecionados em chamada única e que estiverem classificados em lista de espera.

COMPARTILHE

TRT-BA terá concurso de 10 vagas; 30 aprovados no último edital podem ser nomeados

Foto: Reprodução

A Secretaria-Geral do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) divulgou nesta terça-feira (6) a autorização da nomeação de 30 aprovados no último edital do concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª região (TRT5-BA), que vence no dia 30 de abril. No segundo semestre de 2018, o CSJT autorizou a contratação de mais 10 pessoas (três analistas e sete técnicos), o que será ser realizado mediante a concurso público. O TRT5-BA, entretanto, não tem previsão para lançamento de edital de provimentos de novos servidores. De acordo a assessoria, uma comissão está realizando estudos preliminares de necessidades, que deverão ainda ser aprovadas pelo CSJT. Clique aqui para ver a lista de vagas.

COMPARTILHE

Importação de gasolina cresceu 82% e a de diesel 67% em 2017, diz ANP

Foto: Reprodução / LED10

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou nesta sexta-feira (2) que as importações de gasolina e diesel subiram 82% e 67% em 2017, respectivamente, refletindo a mudança da política de preços dos combustíveis da Petrobras. Segundo o superintendente de distribuição e logística da ANP, Cezar Issa, as importações já mudaram o panorama do mercado, com 12,5% do consumo de gasolina no Brasil sendo atendido pelo produto externo, e 24,7% no caso do diesel. Após anos de preços congelados, a Petrobras passou a ajustar diariamente o preço dos seus combustíveis com o mercado internacional, o que abriu oportunidade para importadores suprirem o mercado brasileiro.

COMPARTILHE

Economia brasileira registra crescimento de 1% em 2017, aponta IBGE

Foto: Reprodução/André Prado

Ao longo do ano de 2017, a economia brasileira apresentou um crescimento de 1%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No último trimestre do ano passado, o Produto Interno Bruno (PIB) cresceu 0,1% em relação aos três meses anteriores. Segundo informações da Folha de S. Paulo, os resultados foram um pouco abaixo do esperado, tanto por analistas do mercado financeiro quanto pelo governo. De acordo com a publicação, a projeção central dos economistas consultados pela agência Bloomberg era de um crescimento de 1,1% em 2017 e de 0,4% no quarto trimestre. Ainda assim, segundo a matéria, os números indicam avanços no processo de recuperação econômica do país com o fim da recessão, que ocorreu no primeiro trimestre do ano passado. Em seguida, os níveis de consumo e investimento saíram do negativo e a indústria voltou a produzir. Com o período de outubro a dezembro consolidando essa recuperação, o consumo cresceu 0,1% nessa época e 1% na média do ano. O investimento, que despencou 30% durante a recessão, cresceu 2% no quarto trimestre. Já o resultado teve uma alta de 3,8%, ficando positivo pela primeira vez desde 2014. A taxa de investimentos foi fixada em 15,6%.

COMPARTILHE

Polícia apreende na Dutra arsenal de guerra que seria entregue no Rio

Agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreenderam, em uma blitz realizada na Via Dutra, um “arsenal de guerra” que seria entregue no Complexo da Maré, zona norte do Rio. Segundo a assessoria de comunicação da PRF, os agentes de plantão suspeitaram de um motorista e resolveram abordá-lo. Com ele foram encontradas dezenas de fuzis, pistolas, acessórios para armas e milhares de munições.

Com auxílio dos cães farejadores, os policiais descobriram que algo estava sendo transportado em cilindros na caçamba do veículo. Na revista foram achados 12 fuzis, 33 pistolas, 106 carregadores, uma granada e cerca de 40 mil munições. O motorista confessou o crime e informou que trazia o material de Foz do Iguaçu, no Paraná. A ocorrência foi encaminhada à Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos

COMPARTILHE

Senador Romário teria ocultado bens para burlar dívidas milionárias

Aspirante ao governo do Rio de Janeiro, o senador Romário (Podemos-RJ) teria ocultado imóveis e um veículo de alto padrão para burlar dívidas milionárias. O patrimônio em questão seria composto por dois apartamentos na Barra da Tijuca, uma casa em condomínio de luxo do mesmo bairro e um carro Porsche Macan Turbo – todos estiveram ou estão em nome de terceiros, como no da irmã de Romário, Zoraidi de Souza Faria, e são avaliados em R$ 9,6 milhões.  Segundo levantamento compilado pelo jornal O Globo, que publicou as informações, o ex-jogador e duas de suas empresas estariam devendo R$ 36,7 milhões à União, a outras companhias e a pessoas físicas. Em despacho expedido em outubro do ano passado pela 4ª Vara Cível da Barra, a juíza Érica de Paula Rodrigues da Cunha afirma que não é preciso “maior dilação para se concluir pela ocultação de patrimônio para fraudar credores”. Em resposta às informações de O Globo, Romário diz que tem dívidas (“como qualquer outro cidadão”) e que elas vêm sendo quitadas ao longo dos anos. Alega também que todo seu patrimônio vem sendo declarado à Receita Federal (“Totalmente dentro da legalidade”), que sua empresa de marketing – a Romário Sports – tem a irmã como sócia (“Portanto, todo patrimônio declarado em seu nome é compatível com sua renda”) e que a matéria estaria sendo usada politicamente.

Isso porque eles tentam, mas não conseguem, associar meu nome a qualquer caso de corrupção, então eles atacam a minha vida privada. Vale lembrar que em ano eleitoral, ataques como esses são comuns. Especialmente quando se é pré-candidato a governador”, o senador escreveu nas redes sociais.

COMPARTILHE

Sistema que bloqueia celulares piratas começa a funcionar efetivamente no Brasil

Em estudo desde 2012, o sistema que bloqueia celulares piratas enfim deixou de ser uma lenda urbana. A partir desta quinta-feira (22), aparelhos considerados irregulares que forem habilitados no Distrito Federal e no estado de Goiás serão notificados por meio de mensagens de texto e deixarão de funcionar nas redes das operadoras móveis em 75 dias. O bloqueio vale somente para novos aparelhos, ou seja, quem já utilizava um celular irregular antes do início das notificações não será desconectado, desde que não altere o número da linha. Mas os dispositivos novos receberão, em até 24 horas após a ativação, a mensagem “Operadora avisa: Pela Lei 9.472 este celular está irregular e não funcionará nas redes celulares em 75 dias”. 75 dias é o prazo estabelecido para que o usuário regularize a situação. Isso significa que os celulares piratas habilitados em Goiás e no Distrito Federal em 22 de fevereiro não poderão mais fazer ou receber chamadas telefônicas, mensagens de texto e dados móveis a partir de 9 de maio. Outras regiões do Brasil seguirão o cronograma:

  • Acre, Rondônia, São Paulo, Tocantins, região Sul e demais estados da região Centro-Oeste: notificações a partir de 23 de setembro de 2018; bloqueios a partir de 8 de dezembro de 2018;
  • Região Nordeste e demais estados das regiões Norte e Sudeste: notificações a partir de 7 de janeiro de 2019; bloqueios a partir de 24 de março de 2019.

E o que é um celular irregular? São os que não possuem um número IMEI registrado no banco de dados da GSMA, associação global de operadoras móveis. O IMEI DB é internacional e tem acesso restrito por fabricantes, operadoras e agências reguladoras. Celulares com IMEI válido, mesmo que não tenham sido homologados pela Anatel (modelos vendidos apenas no exterior, por exemplo), não serão bloqueados. A Anatel diz que mais de 1 milhão de novos aparelhos irregulares entram nas redes das operadoras a cada mês, e que eles “podem ser perigosos para a saúde do usuário por apresentarem grande quantidade de chumbo e cádmio, não possuírem garantias em relação a limites de radiações eletromagnéticas e utilizarem materiais de baixa qualidade, como baterias e carregadores mais sujeitos a quebras”. Informações: Tecnoblog

COMPARTILHE

Aposta única leva prêmio de R$ 104,5 milhões da Mega-Sena

Uma aposta da cidade de Curitiba acertou as seis dezenas da Mega-Sena neste sábado (17) e levou um prêmio de aproximadamente R$ 104,5 milhões. O sorteio aconteceu na cidade de Vinhedo, no interior de São Paulo. As dezenas sorteadas foram 17 – 18 – 27 – 32 – 39 – 58. Outras 130 apostas acertaram a Quina e levaram R$ 51,5 mil. Além disso, outros 12.558 apostadores acertaram quatro dezenas e ganharam R$ 762 com a Quadra. O próximo sorteio da Mega-Sena está marcado para acontecer na próxima quarta-feira (21) e a estimativa de prêmio é de R$ 3 milhões.

COMPARTILHE

Inscrições para o ProUni encerram nesta sexta; mais de 1 milhão se inscreveram até quinta

Os candidatos a uma bolsa de estudos por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até as 23h59 (horário de Brasília) desta sexta-feira (9) para fazer sua inscrição pela internet, na página oficial do programa. De acordo com informações do Ministério da Educação, já tinham sido registradas 1.032.680 inscrições até as 18h da quinta-feira (8). Podem concorrer as bolsas integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior cidadãos brasileiros sem diploma de curso superior que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e que não tenham zerado a prova de redação. O interessado atenda pelo menos uma das seguintes condições: ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou em instituição privada como bolsista integral; ter alguma deficiência; ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa. A bolsa integral é concedida a pessoas com renda per capita mensal de até 1,5 salário mínimo; a parcial, para candidatos cuja renda familiar mensal seja de até três salários mínimos. O processo seletivo é composto por duas chamadas: o resultado da primeira chamada deve ser divulgado no dia 14 deste mês e a segunda chamada está prevista para 2 de março.

COMPARTILHE