Destaques Arquivo

Lutadora defeca no octógono durante luta do UFC

Disputado nesse domingo, o UFC Oklahoma ficou marcado por um momento para lá de atípico: uma lutadora defecou no octógono durante o combate. O incidente ocorreu com Justine Kish, que fez tanta força para se livrar do mata-leão aplicado por Felice Herrig que acabou não conseguindo segurar o “ímpeto fisiológico”.  Mesmo diante da situação e com o octógono sujo, a luta seguiu até o fim com vitória por pontos de Herrig. No Twitter, Kish usou um trocadilho para brincar com a situação: “Sou uma guerreira e nunca vou desistir. Mer*** acontecem(risos)”. Em 2014, o atual desafiante ao cinturão meio-médio do UFC, Yoel Romero, passou pelo mesmo problema e terminou a luta contra Derek Brunson com o calção sujo.

Juiz decide leiloar mansão e joias de Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo

O juiz Marcelo Bretas autorizou o leilão de bens apreendidos na Operação Calicute, que prendeu o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) e a ex-primeira-dama, a advogada Adriana Ancelmo.  Serão colocados à venda a casa de veraneio do casal em Mangaratiba, joias apreendidas no apartamento dos dois no Leblon (zona sul), além de automóveis e embarcações. Os bens estão avaliados em R$ 14,5 milhões, considerando as análises do perito judicial e da Polícia Federal.  A casa de Mangaratiba é o responsável por mais da metade deste total. O perito judicial avaliou o imóvel, dentro do condomínio de luxo Portobello, em R$ 8 milhões. O valor é 40 vezes o declarado por Cabral em seu imposto de renda (R$ 200 mil). Ele comprou o imóvel ainda na década de 1990, e a declaração de bens à Receita Federal não exige a atualização do valor com base em avaliação do mercado.

Também serão colocadas à venda 31 joias e 9 relógios apreendidos no dia 17 de novembro, data da primeira busca e apreensão na residência do casal -outras 118 joias e 4 relógios foram apreendidos em dezembro e na semana passada. O perito judicial não avaliou o lote, mas de acordo com a PF, elas valem R$ 2,1 milhão. Faz parte deste conjunto um par de brincos em ouro branco com safiras pink, adquirido na Antônio Bernardo por R$ 162 mil. Há também o anel de ouro branco com rubi, comprado na mesma loja por R$ 158 mil. Também vai a leilão a lancha Manhattan Rio. A embarcação está em nome de empresa de Paulo Fernando Magalhães Pinto, mas o empresário declarou à Justiça Federal que metade dela pertence a Cabral. Fazem parte do lote três automóveis importados, uma moto aquática e um jetboat.

Em sua decisão, Bretas afirma que a alienação antecipada -antes do trânsito em julgado do processo- tem como objetivo evitar a deterioração dos bens apreendidos. O dinheiro arrecadado será mantido numa conta judicial até a condenação ou absolvição definitiva dos acusados, quando será definido o destino final dos recursos. “O pedido de alienação dos bens vai ao encontro, ao meu sentir, dos próximos interesses dos acusados, na medida em que pretende evitar a depreciação dos bens e a redução exponencial do seu valor, enquanto os acusados não podem deles desfrutar propriamente. Assim, a medida pretende também proteger o patrimônio total dos acusados, caso ele venha a ser absolvido pelos órgãos jurisdicionais”, escreve o magistrado. “Quanto ao imóvel, ainda que se defenda que o valor de mercado não se reduz com tanta facilidade, a medida também é autorizada pela Lei de Lavagem de Dinheiro, tendo em vista que a dificuldade para manutenção é inegável, uma vez que o casal proprietário está custodiado pelo Estado, sem poder dispensar os devidos cuidados à casa”, disse o magistrado em sua decisão. O leiloeiro Renato Guedes foi nomeado como o responsável pela venda. Não há data prevista para o leilão. Com informações da Folhapress.

Doleiro aliado a Cunha prometeu ‘acabar’ com Temer em delação

O doleiro Lúcio Bolonha Funaro, apontado como operador de propinas do ex-deputado Eduardo Cunha, teria prometido “acabar” com o presidente Michel Temer em discussão com o advogado do peemedebista, Antonio Mariz.  “Se eu delatar, vou acabar com o seu chefe”, teria dito Funaro, em conversa que ocorreu antes de ele ser preso no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. As informações são da coluna Radar On-Line, do site da revista Veja, deste sábado (24). Apesar da ameaça de fazer delação premiada, Funaro ainda não fechou acordo de colaboração com o Ministério Público. No entanto, de acordo com a coluna, ele vem sendo incentivado pelo ex-senador Luiz Estevão, colega de cela do doleiro.

Doria chama Dilma de ‘anta’ e Lula de ‘cara de pau’ em evento

Enquanto falava sobre sua motivação para concorrer à prefeitura de São Paulo, nas últimas eleições municipais, João Doria (PSDB) chamou a ex-presidente Dilma Enquanto falava sobre sua motivação para concorrer à prefeitura de São Paulo, nas últimas eleições municipais, João Doria (PSDB) chamou a ex-presidente Dilma Rousseff de “anta”.Rousseff de “anta”. “Quem ama o Brasil, não pode achar que depois de 13 anos de PT, de Lula e Dilma, o Brasil pode voltar para essa gente. Não dá. Eu lembrava do Lula e da Dilma falando aquelas bobagens. Aquelas asneiras da Dilma. Uma anta”, disse o tucano, nesse sábado (24), durante a Expertxp 2017, realizada na capital paulista, evento que reúne empresários e investidores do mercado financeiro.  Ele também não não poupou o ex-presidente Lula. “O Lula com aquela arrogância, com aquele discurso de ‘nunca antes na história desse país’. Aí o Lula tem a cara de pau de voltar no Congresso do PT e dizer que é preciso modernizar o país. Oh, Lula, faça-me o favor. Modernizar o quê? Só se for modernizar a tornozeleira eletrônica”, disse.  Ao fazer as declarações, segundo informações do site Bahia Notícias, o prefeito foi bastante aplaudido pelo público presente ao evento, que ainda contou com a participação do coordenador da Lava Jato no Ministério Público Federal, Deltan Dallagnol.

Cantor sertanejo é morto durante tentativa de assalto em Maceió

O cantor sertanejo Mário Rodrigo Santos Sobral, mais conhecido como ‘Rodrigo Souza’, de 35 anos, foi morto a tiros na noite do sábado (24), no bairro Clima Bom, em Maceió. A morte está relacionada a uma suposta tentativa de assalto. De acordo com o G1, um dos disparos também atingiu a coluna da sua esposa, Thayse Alves da Silva, de 27 anos. Ela foi levada ao Hospital Geral do Estado (HGE). O casal estava dentro de um carro quando foi abordado pelos criminosos.

Fãs pedem para Fábio Assunção aceitar tratamento contra o vício

Fábio Assunção foi preso na manhã deste sábado 24, na cidade de Arcoverde, no sertão de Pernambuco, após se envolver em uma confusão em um bar. Após a repercussão das cenas na internet, muitos fãs foram aos perfis de Fábio Assunção pedir para que o ator faça um tratamento intensivo contra o vício em drogas e em álcool. Desde 2008, o ator enfrenta situações constrangedoras por causa do vício, e chegou a ser afastado de produções da Globo. Durante a novela Totalmente Demais, faltou em diversas gravações e se atrasou em outras tantas. “Fábio, levante a cabeça, não desista de você”, escreveu uma seguidora em seu perfil no Instagram. “Deus tenha misericórdia sobre a sua vida. Que você consiga se libertar verdadeiramente e se tornar livre! Não se importe com a repercussão, se apegue aos seus amigos e namorada. Você consegue sair dessa!”, disse outra. “Que triste o que aconteceu em Pernambuco, era muito fã desse cara. Ele tem que voltar o tratamento urgente”, recomendou outro. “Por favor, procure um tratamento. Você não pode acabar com sua vida deste jeito”, disse um fã. Fábio Assunção viajou a Arcoverde para divulgar o documentário Eu Sonho Para Você Ver, feito em parceria com sua namorada, a atriz Pally Siqueira.

WhatsApp deixa de funcionar em alguns celulares a partir de junho

O WhatsApp vai deixar de funcionar em alguns modelos de celular a partir de 30 de junho. Segundo a empresa, o serviço vai deixar de ser compatível com sistema operacional BlackBerry OS, BlackBerry 10 e Nokia Symbian S60 a partir do final do mês. Quem quiser continuar usando o aplicativo terá que atualizar o telefone para um mais atual. A informação é da Veja. Segundo a empresa, esses sistemas, mais antigos, sofrem com limitações para desenvolvimento de tecnologias de segurança no uso do aplicativo. A empresa havia anunciado a decisão de suspender o suporte a essas plataformas no início do ano passado. Agora, o WhatsApp analisa também parar de funcionar no Nokia S40, mas ainda não há uma data para quando isso irá acontecer. Também segue sem cronograma o desligamento para outras versões, como de Android anteriores a 2.3.3, Windows Phone 7 e iPhone 3GS/iOS6. A empresa afirma que a decisão foi “difícil”, mas necessária. “Quando demos início ao WhatsApp em 2009, a maneira com que as pessoas utilizavam smartphones era bem diferente do que é hoje. A App Store da Apple por exemplo, existia há apenas alguns meses. Cerca de 70%dos smartphones vendidos na época, possuíam sistemas operacionais desenvolvidos pela BlackBerry e Nokia”, afirmou em nota a empresa na época. Correio.

Comissão aprova a volta da obrigatoriedade dos extintores ABC

Quase dois anos após a polêmica da obrigatoriedade ou não dos extintores de incêndio do tipo ABC em automóveis, a Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados voltou a aprovar o retorno do extintor como item obrigatório. Os extintores do tipo ABC iriam se tornar obrigatórios a partir de outubro de 2015. Na época, a medida provocou um grande aumento nas vendas do equipamento. Duas semanas antes do prazo, porém, a resolução 556/15 do Contran tornou sua presença apenas facultativa. Na época, o Contran justificou a decisão com um estudo de 90 dias que constatou a baixa incidência de incêndios dentro do volume total de acidentes com veículos, e que o uso do extintor sem preparo representaria mais risco ao motorista do que o incêndio em si.

O novo texto do Projeto de Lei 3404/15 do deputado Moses Rodrigues (PMDB-CE) questiona essa justificativa. Para o deputado, “não é plausível que o Contran, de um momento para outro, entenda que o extintor de incêndio não é mais considerado item de segurança do veículo e decida tornar facultativo o seu uso, deixando vulneráveis os ocupantes dos veículos em caso de incêndio”. O relator do projeto, o deputado Remídio Monai (PR-RR), concorda com o argumento de Rodrigues. Segundo ele, “ o custo do extintor de incêndio é insignificante em relação ao custo do próprio veículo, ainda mais se considerarmos os benefícios advindos de sua adequada utilização”. Hoje encontráveis por até R$ 50,00, na época os extintores do tipo ABC chegaram a custar R$ 150,00 devido à intensa procura, ocasionando até mesmo fila de espera e acusações de fraudes. Logo após a decisão do Contran de tornar o equipamento apenas facultativo (mantendo a obrigatoriedade apenas para veículos de transporte como ônibus, caminhões, triciclos de cabine fechada e veículos destinados ao transporte de produtos inflamáveis), a procura despencou drasticamente. Após a aprovação pela Comissão de Viação e Transportes, o projeto 3404/15 ainda precisa ser analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania antes de ser votado pelo Plenário.

Empresário da banda Top Gun tem morte cerebral confirmada após AVC

O produtor cultural Marco Veloso, empresário da banda Top Gun, teve a morte cerebral confirmada no início da tarde deste domingo (18) pela equipe médica que o atendia num hospital particular de Teresina. A informação foi repassada por Luana Campos, vocalista da banda.. Veloso passou mal na noite de sábado, quando participava de uma festa junina. Sentindo uma forte dor de cabeça, ele decidiu ir para casa descansar. Pouco tempo depois, ele pediu que a esposa o levasse ao hospital, pois a dor havia aumentado muito.

O produtor chegou ao hospital ainda caminhando, mas durante a madrugada sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) e seu quadro ficou irreversível. “Ele estava com dor de cabeça há uns quatro dias. Ontem [sábado] ele estava numa festinha junina com a família e pediu para ir embora mais cedo. A mulher voltou pra festa, só que ele mandou mensagem pra ela dizendo que estava passando mal e queria ir ao hospital. Ele ainda chegou caminhando no hospital”, detalha Luana Campos. Internado num leito de UTI, Marco Veloso sofreu uma parada cardíaca e uma hemorragia subaracnóidea, que corresponde à ruptura das dilatações arteriais chamadas de aneurismas cerebrais. Esta hemorragia é uma emergência neurológica caracterizada pelo extravasamento de sangue para os espaços que cobrem o sistema nervoso central. O índice de letalidade das pessoas acometidas por esse problema é extremamente elevado. Quando o paciente sobrevive há forte probabilidade de sofrer sequelas graves. Marco Veloso era casado e deixa três filhos. Ele também foi o empresário da extinta Banda Bali, onde foi revelada a cantora Lilly Araújo. Segundo Luana Campos, ainda não estão definidos os horários do velório e do sepultamento, pois Marco Veloso era doador de órgãos, e, portanto, é necessário algumas horas para a realização das cirurgias. (Informações O Dia)

Casa Fácil inaugura nova loja na cidade de Ubaitaba

A Loja Casa Fácil inaugurou recentemente sua mais nova loja no município de Ubaitaba para melhor servir. O local é maior, e mais aconchegante. Todo o investimento foi feito para proporcionar maior conforto para o cliente.

A Casa Fácil está funcionando agora, no prédio da antiga Insinuante, centro de Ubaitaba. A inauguração das novas instalações da Casa Fácil contou com a participação de empresários, autoridades de Ubaitaba e região, além dos vários clientes que esteve presente para aproveitar as promoções de inauguração e conhecer a nova loja. Veja todas as fotos em nosso Facebook clicando (aqui).

STF envia a Moro novos pedidos de investigação contra Lula

Lula poderá ser investigado por cinco crimes citados por delatores da Odebrecht, todos relacionados com o esquema de propinas da empresa e caixa 2 do PT. De acordo com O Globo, os pedidos foram encaminhados por Edson Fachin, ministro relator dos processos da operação no Supremo Tribunal Federal, a Sérgio Moro. A partir de agora, o Ministério Público Federal tem 15 dias para abrir inquéritos referentes às acusações, que poderão ser agrupadas, sem necessidade de serem investigadas individualmente. Entre as denúncias estão envolvimentos em compra de terreno de 12 milhões de terreno para o Instituto Lula e 700 mil para reforma do sítio de Atibaia. Lula deu entrada no STF para que o processo troque de mãos e saia da alçada de Sergio Moro. “Não tem nenhum fato que ocorreu naquela cidade e não há qualquer relação com a Petrobras ou com a Lava Jato”, disse o advogado Cristiano Zanin Martins sobre o fato do processo correr em Curitiba. E completou: “Desde março de 2016, aquele juízo vem praticando grosseiras violações a garantias fundamentais do ex-Presidente que não foram contidas pelas vias recursais internas e por isso foram levadas ao Comitê de Direitos Humanos da ONU, onde aguardam julgamento”.

Contran regulamenta alterações na iluminação de veículos

A Resolução nº 667 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), publicada semana passada, estabeleceu um série de  mudanças, novas normas, características e especificações técnicas para os sistemas de sinalização e iluminação de automóveis, camionetas, utilitários, caminhonetes, caminhões, caminhões tratores, ônibus, micro-ônibus, reboques e semirreboques, novos saídos de fábrica, nacionais ou importados. Dentre as mudanças promovidas pela nova Resolução, destaca-se que os carros novos produzidos a partir de 2021 terão de vir equipados de série com luz de circulação diurna (DRL), que ficam sempre acesas mesmo quando faróis e lanternas estão desligados. Com essa tecnologia o motorista também não precisará mais ligar o farol baixo nas rodovias, como passou a ser exigido desde o ano passado, uma vez que o dispositivo cumpre a mesma função. Além disso, a norma proíbe ainda a substituição de lâmpadas dos sistemas de iluminação ou sinalização de veículos por outras de potência ou tecnologia que não seja original do fabricante, ou seja, a substituição de lâmpadas halógenas por lâmpadas de LED não será permitida.  A medida também se aplica para a troca por lâmpadas de temperatura diferente, mais brancas ou azuladas. A nova determinação estabelece também o limite de instalação e funcionamento simultâneo de no máximo 8 (oito) faróis, independentemente de suas finalidades. Fica proibido ainda a colocação de adesivos, pinturas, películas ou qualquer outro material que não seja original do fabricante nos dispositivos dos sistemas de iluminação ou sinalização de veículos, como por exemplo, máscara negra, verniz vitral e insulfilm nas lentes. A Resolução nº 667 está em vigor desde a data de publicação, porém segundo o Artigo 12 os efeitos da mesma entrarão em vigor somente a partir de 1º de janeiro de 2021. De acordo com a mesma Resolução, até 2023, as fabricantes terão de encontrar uma solução para os demais modelos feitos anteriormente a 2021 e que não possuem a tecnologia DRL- a regra não contempla as motocicletas. Fonte: Portal do Trânsito

Temer escolhe Paulo Rabello de Castro, presidente do IBGE, para assumir BNDES

Poucas horas após a decisão de Maria Silvia Bastos Marques de renunciar à presidência do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), o presidente Michel Temer decidiu chamar Paulo Rabello de Castro, atual presidente do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), para assumir o cargo. Maria Silvia renunciou ao cargo alegando “razões pessoais”. Ela disse ainda ter “orgulho de ter feito parte da história dessa instituição tão importante para o desenvolvimento do país”. A ex-presidente enfrentava forte rejeição de empresários e já estava bastante pressionada, segundo diversos jornais noticiaram. O presidente da República, Michel Temer, convidou o economista Paulo Rabello Castro, atualmente presidente do IBGE, para substituir Maria Silvia Bastos no comando do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Castro aceitou o convite e começará seu trabalho na instituição já na próxima semana.

Delegados da PF veem com preocupação troca de ministro

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) divulgou nota informando que vê com preocupação a troca do titular do Ministério da Justiça. O presidente Michel Temer nomeou o ministro Torquato Jardim para o ministério. A pasta era comandada por Osmar Serraglio, que vai para o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União, antigo posto de Jardim. “Os delegados de Polícia Federal foram surpreendidos com a notícia da substituição, até mesmo porque desconhecem qualquer proposta de Torquato Jardim para a pasta. É natural que qualquer mudança no comando do Ministério da Justiça gera preocupação e incerteza sobre a possibilidade de interferências no trabalho realizado pela Polícia Federal”, informa a nota assinada por Carlos Eduardo Sobram, presidente da ADPF. Para resolver esta situação e evitar dúvidas, segundo ele, é fundamental que seja aprovada a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que garante a autonomia funcional, administrativa e orçamentária à Polícia Federal. “Além da autonomia, também é essencial que seja instituído o mandato para diretor-geral da PF, de modo que mudanças de governo ou de governantes não reflitam em interferências políticas, cortes de recursos e de investimentos que prejudiquem as ações da Polícia Federal.”

Novo ministro da Justiça já questionou Lava Jato

O novo ministro da Justiça, Torquato Jardim, já questionou os procedimentos adotados pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal. “O que mudou com o impeachment de Collor? O que mudou no Brasil depois da CPI do Orçamento, quando os sete anões foram cassados? O que mudou com o mensalão? O que vai mudar com a Lava Jato?”, questionou o ministro  em entrevista publicada em maio de 2016 pelo jornal O Diário do Povo do Piauí. Ao assumir o cargo de ministro da Transparência, em junho passado, ele afirmou que não temia “nenhuma pressão política” no cargo por causa da Lava Jato. “A leniência é para a reintegração econômica. Ela não pode, passo algum, prejudicar a investigação, causar prejuízo à atuação do Ministério Público e do Judiciário”, ponderou. Questionado na ocasião sobre artigos que escreveu defendendo a cassação conjunta da chapa – o que Temer tenta evitar -, Torquato, que é ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral, disse que cada avaliação deve ser analisada no seu tempo e citou o atual presidente da corte, ministro Gilmar Mendes: “A jurisprudência é essa, o desafio é saber se há um novo espaço de compreensão da norma constitucional. Há conceitos que estão abertos na Constituição”.