PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS GENÉRICOS AUMENTA 65% EM TRÊS ANOS
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A prescrição de medicamentos genéricos aumentou 65% de 2015 a 2018 no país. Essa versão de remédios foi prescrita em 34% das 115 milhões de receitas médicas emitidas entre fevereiro de 2017 e fevereiro deste ano. De acordo com o presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Jarbas Barbosa, os genéricos representam um ramo impulsionador da economia, além de ampliar o acesso da população à saúde. Atualmente, a gama de medicamentos genéricos disponíveis no mercado é constituída por 6.300 produtos, fabricados por 120 laboratórios diferentes e corresponderam a mais de 70% das 4,3 bilhões unidades produzidas no ano passado.

Segundo a Agência Brasil, de 2014 para 2017, o registro de genéricos na Anvisa aumentou de 146 para 336. Nesse período, a Anvisa recebeu 1.830 pedidos de registro de medicamentos e liberou 1.229 para venda. Em 2016 e 2017 foram analisados padrões de qualidade de fármacos que já estão sendo comercializados. Os dados foram apresentados na última quinta-feira (5) na Anvisa, durante a divulgação do balanço de 18 anos do primeiro registro de medicamento genérico no Brasil.

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE