AURELINO LEAL: TRABALHADOR RURAL FOI MORTO POR TER DESLIGADO “WI-FI” DE FAZENDA
Irmãos mataram o gerente de fazenda porque a vítima desligou o Wi-Fi

Irmãos mataram Gerente de Fazenda porque a vítima desligou o Wi-Fi.

Após mandado judicial de prisão expedido pela justiça de Ubaitaba, o Delegado titular de Aurelino Leal, Drº Lane Andrade, com o apoio da 7ª Coorpin/Ilhéus, prendeu na tarde desta quarta-feira (9/5), os irmãos Venicios da Silva dos Santos, 18 e  Reinan Oliveira da Silva, 20. Os irmãos são acusados de matarem com “requintes de crueldade” o Gerente de Fazenda, Miguel Mário Oliveira dos Santos, 51. O crime aconteceu no dia 21 de dezembro de 2017 na Fazenda Probidade, município de Aurelino Leal. Segundo o delegado Lane Andrade, os irmãos mataram o gerente só porque o mesmo desligou o Wi-Fi da fazenda, para que os trabalhadores não ficassem o tempo todo acessando o WhatsApp.

Revoltados com a atitude de Miguel em ter desligado a internet, Venicios e Reinan mataram a vítima, arrancaram sua mão, a cabeça, e ainda enterraram o corpo em cova rasa. A arma utilizada no crime foi um facão. O corpo de Miguel foi encontrado enterrado a cerca de 15 metros de sua residência, próximo a um pé de caju. “Nós ouvimos os acusados e eles negaram tudo, agente continuou as investigações e pedimos ao juiz o mandado de prisão, que foi liberado hoje à tarde. Com o Mandado de Prisão em mãos, prendemos os verdadeiros acusados em quanto eles brincavam bola tranquilamente em um campo de futebol na fazenda Probidade”, disse o delegado Drº Lane ao UBAITABA URGENTE.

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE