STF PROÍBE CONDUÇÃO COERCITIVA

O STF formou na última quinta-feira (14), maioria a favor da proibição da condução coercitiva, com placar de 6 votos contra 4. O relator do caso, Gilmar Mendes e os ministro Rosa Weber, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio e Celso de Mello votaram pela proibição. O ministro Luiz Fux votou a favor da condução coercitiva.

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE