Prefeitura de Gongogi ainda não pagou o 13º da maioria dos servidores públicos

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Gongogi, sob a gestão Edvaldo Santos (PR), o Kaçulo, ainda não pagou o 13º salário da maior parte dos servidores públicos municipais. Há inclusive, diversos registros de servidores que receberam o benefício ‘depenado’. Até o momento só registros do pagamento do 13º – ‘retalhado’ – aos profissionais da educação. Aos servidores concursados, a gestão municipal não quitou ainda o salário de dezembro e deve novembro e dezembro aos servidores contratados. “Estamos vivendo um caos administrativo e sofrendo com atrasos salariais e ausência de serviços públicos importantes”, resumiu um professor ao Ubatã Notícias. Segundo apurou o blog Ubatã Notícias, a gestão Kaçulo torrou 74% da receita corrente líquida do município com pagamento de pessoal em 2017 quando o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) limita este tipo de despesa a 54%. Por ora, servidores aguardam o capilé cair na conta. 

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE