Após 3ª invasão, presos que não fugiram da Delegacia de Ibirapitanga são transferidos

Os dois presos que ficaram na carceragem da Delegacia de Ibirapitanga, no sul da Bahia, após a invasão seguida de fuga na unidade, foram transferidos na tarde desta quinta-feira (6) para a sede da 7ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin), em Ilhéus. A informação foi confirmada pelo delegado Evy Paternostro, que é coordenador regional da Polícia Civil. Segundo o delegado, os homens ficarão na carceragem da unidade até que o Conjunto Penal de Valença, para onde deveriam ser levados por determinação da Justiça da Bahia, possa abrigá-los. De acordo com o delegado, ainda não há um dia definido para a nova transferência, mas ela deve ocorrer dentro do prazo de até 4 dias, seguindo a decisão. Os dois presos foram os únicos que restaram na carceragem da Delegacia de Ibirapitanga após as três invasões registradas na unidade neste ano (veja aqui aqui aqui). A última invasão ocorreu na madrugada desta quinta-feira. Segundo o delegado Evy Paternostro, um homem ainda não identificado serrou os cadeados do portão de entrada da delegacia e da cela onde os presos estavam. Durante a ação, conforme informou o delegado, três presos com idades entre 19 e 22 anos fugiram. Já os dois presos que foram transferidos para Ilhéus optaram por permanecer no local. Ainda segundo o delegado Paternostro, os fugitivos tinham sido presos no distrito de Itamarati e eram suspeitos de tráfico de drogas e roubo na região. O delegado informou que policiais militares e civis realizam buscas na região para capturar os presos. Até o fechamento desta reportagem, nenhum deles havia sido encontrado. Com informações do G1.

COMPARTILHE

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esta matemática é de preenchimento obrigatório. * O prazo está esgotado. Digite novamente o valor CAPTCHA.