Ibirataia: Câmara rejeita projeto que pedia redução dos salários dos vereadores

IMG_5190

A Câmara de Ibirataia rejeitou na manhã dessa segunda-feira (23) o Projeto de Lei de iniciativa popular que visava a redução dos salários dos vereadores. A PL foi rejeitada por 9×1. Apenas o edil Heber Câncio foi favorável. O salão da Câmara estava repleto de eleitores que aguardavam a apreciação e votação do projeto proposto pelo Movimento “Ibirataia Uma Cidade Melhor Para se Viver” que estabelecia o subsídio mensal dos vereadores para a próxima legislatura o valor de R$ 1.150,67 (hum mil, cento e cinquenta reais e sessenta e sete centavos). De acordo com Alan Alves, um dos integrantes do Movimento, foram mais de 1 mil assinaturas de eleitores que concordavam com a ideia reduzir os salários dos vereadores e torna-los equivalentes ao de professores da rede de ensino do nível 1. “O Movimento salienta que a PL não pede apenas a redução do teto do subsídio, mas também duas sessões semanais noturnas e desconto nas faltas dos vereadores às sessões. Esperamos que haja outras mobilizações e que a comunidade participe cobrando ações e projetos que beneficiem a nossa população”, comentou Alan. A decisão da Câmara frustrou a maior parte da comunidade que chegou a acreditar que o Projeto de Lei fosse aprovado. Com informações do Giro em Ipiaú.

COMPARTILHE

Faça um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esta matemática é de preenchimento obrigatório. * O prazo está esgotado. Digite novamente o valor CAPTCHA.