• WhatsApp: 73 8137-9333

UBAITABA – POLICIA MILITAR PRENDE ASSASSINO E ESCLARECE ASSASSINATO DE EX-JOGADOR

Diego disse ainda que não cobrou nada do amigo para cometer o crime.

O ex jogador da seleção de futebol de Ubaitaba ,  José Carlos Francisco de Miranda de 40 anos que era conhecido como Carlinhos ou Padeiro foi estrangulado na noite do ultimo domingo (18) em um bar que fica debaixo da ponte do Maria Olímpia em Ubaitaba.

Carlinhos foi estrangulado

 Carlinhos era bastante popular, jogou durante um bom tempo na seleção de futebol de Ubaitaba e era filho da popular D. Loura do Terreiro de Candomblé do bairro Conceição. Atualmente Carlinhos estava morando e trabalhando como Padeiro em uma panificadora na praia de Saquaira em Maraú onde era chamado de Padeiro.

O crime

De acordo com informações da policia, a vitima bebia com amigos no referido bar quando um elemento identificado como “Diego” chegou por trás puxou seu pescoço e o degolou com uma faca do tipo peixeira e fugiu em seguida. A vitima ainda foi socorrido ate o hospital de Ubaitaba e morreu a caminho do hospital de Base em Itabuna.

O corpo de Carlinhos (foto) foi encaminhado para o DPT de Itabuna e liberado para sepultamento. Na tarde desta segunda feira (19) policiais sob o comando do Ten. Ramos efetuaram diligencias na cidade e conseguiram prender no bairro Novo Olímpia o elemento Diego.

Motivo

Rosenilda foi "Pivô" do assassinato de Carlinhos

Na delegacia Diego confessou o crime e disse que matou a mando de um tal de Silvan que ficou enciumado em ver sua ex mulher Rosenilda Nascimento dos Santos de 26 anos (foto) conversando com a vitima momentos antes do crime.

Amigos da vitima revoltados estiveram na delegacia para ver o assassino

Diego disse ainda que não cobrou nada do amigo para cometer o crime, mais segundo informações e ganhou R$ 50 reais pelo serviço. Diego foi autuado em flagrante pelo crime, já o mandante ainda não foi localizado pela policia. Durante toda a tarde desta segunda feira (19) foi grande a movimentação de amigos e familiares da vitima na porta da delegacia para ver o assassino.

Por: Jackson Cristiano