GONGOGI: JUIZ MANDA PRENDER O EX-PREFEITO “ROQUE MONTEIRO”
O ex-prefeito foi condenado em 2012 | | Foto: Montagem/Ubaitaba Urgente

O ex-prefeito foi condenado em 2012 | | Foto: Montagem/Ubaitaba Urgente

O juiz federal Jorge Peixoto, da 1ª Vara Federal de Jequié, determinou que a Polícia Federal cumpra mandado de prisão contra o ex-prefeito de Gongogi, Roque Rocha Monteiro, entrando na casa dele se necessário. A PF comunicou ao magistrado que o ex-prefeito estava utilizando a própria residência para se esconder. O ex-prefeito foi condenado em 2012, por conta de uma denúncia proposta pela Procuradoria da República em Jequié. Ela concluiu que, em 1999, uma ex-servidora, por ordem do então prefeito, inseriu anotações falsas na carteira de trabalho de servidores e prestadores de serviço da prefeitura.

O objetivo foi a obtenção fraudulenta de seguro-desemprego por diversas pessoas. Segundo o Ministério Público Federal, as informações falsas eram inseridas nas carteiras de pessoas que nunca trabalharam para o município. A ex-servidora fazia constar que as pessoas envolvidas foram funcionárias de Gongogi. Além disso, nas carteiras de trabalho era informado o encerramento formal do vínculo, o que na prática não acontecia. Com as informações falsas, os participantes da fraude pleiteavam e recebiam seguro-desemprego indevido. Ao longo do ano, a fraude resultou em um prejuízo de mais de R$ 108 mil ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). (Informações: A Região)

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE