TCM EMITE NOVO PARECER E APROVA CONTAS DE EX-PREFEITO DE ITAGIBÁ
Foto: Blog Marcos Frahm

Foto: Reprodução/Blog Marcos Frahm

Na sessão desta quarta-feira (22/05), por quatro votos a três, o Tribunal de Contas dos Municípios deu provimento parcial ao pedido de reconsideração formulado pelo ex-prefeito de Itagibá, Marcos Valério Barreto, emitindo um novo parecer, dessa vez pela aprovação com ressalvas das contas relativas ao exercício financeiro de 2016. O conselheiro Paolo Marconi apresentou voto divergente, pela manutenção do mérito das contas, que inicialmente foi pela rejeição, sendo acompanhado pelos conselheiros Fernando Vita e Francisco Netto. Os conselheiro José Alfredo Rocha Dias e Raimundo Moreira acompanharam o voto do relator, conselheiro Mário Negromonte. O presidente Plínio Carneiro Filho emitiu o voto de desempate, opinando pela aprovação com ressalvas. No novo parecer, o relator também determinou a redução da multa, de R$15 mil para R$5 mil, bem como a redução do ressarcimento imputado de R$72.653,68, para R$1.265,57, em razão da regularização das irregularidades apontadas anteriormente. O gestor comprovou, no pedido de reconsideração, que o montante aplicado na despesa total com pessoal foi reduzido de R$22.422.488,57 para R$21.670.586,54, e, por via de consequência, o percentual aplicado de 61,67% para 59,60% da Receita Corrente Líquida. Devido a crise econômica em que o país se encontrava no ano de 2016, a maioria dos conselheiros considerou que não deve ser aplicada a sanção máxima. Em relação ao não recolhimento de multas aplicadas pelo TCMl, o gestor comprovou o pagamento dos débitos, sanando esta irregularidade. A multa de R$21.600,00, em razão da ausência de recondução das despesas com pessoal aos limites impostos pela LRF, no entanto, foi mantida. Cabe recurso da decisão. Conteúdo reproduzido do site do TCM

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE