TRÊS MULHERES QUE MORAVAM NA MESMA CASA FORAM MORTAS A FACADAS POR VIZINHO EM SALVADOR
 Cristiane, Priscila e Patrícia Foto: Reprodução/Priscila Natividade /CORREIO

Cristiane, Priscila e Patrícia Foto: Reprodução/Priscila Natividade /CORREIO

Três mulheres foram mortas a facadas na Rua Manuel Barros de Azevedo, no bairro do Caminho de Areia, na Cidade Baixa. O crime aconteceu por volta das 19h de sexta-feira (17) depois de uma briga entre vizinhos. Cristiane Alves Tergentino, 37 anos, sua esposa, Priscila Ângelo de Castro, 33, e a cunhada, Patrícia Ângelo de Castro, 33, foram mortas pelo vizinho, o gesseiro Ricardo Santana Borges Pitanga, 35, também conhecido como Soró. As três mulheres viviam juntas, enquanto Soró e a esposa moravam no andar de cima do imóvel. “Era confusão todo dia. Tudo era motivo de briga. Um dia era por causa do barulho, no outro por conta do cachorro. Eles já vinham brigando”, contou ao CORREIO uma das vizinhas que também mora no conjunto de casas.  Ainda segundo ela, o ‘pivô’ teria sido a esposa de Ricardo. “Ele passava o dia trabalhando e quando ele chegava ela enchia a cabeça dele de problema e de queixa. As meninas moravam há menos de dois anos aqui. Mas Soró já era morador de muito tempo”, completa. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Ainda não há informações sobre a investigação.

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE