Mundo: Trump assina decreto para vetar ‘terroristas islâmicos’

O presidente americano, Donald Trump, assinou uma ordem executiva nesta sexta-feira para “afastar terroristas islâmicos” dos Estados Unidos. “Só queremos aceitar em nosso país aqueles que irão nos apoiar e amar profundamente nosso povo”, afirmou o republicano, sem dar detalhes sobre o decreto. Trump participou de cerimônia no Pentágono, onde nomeou oficialmente James Mattis como seu secretário de Defesa. Além da medida imigratória, o presidente também anunciou uma ordem para fortalecer as Forças Armadas dos Estados Unidos. “Nunca iremos esquecer as lições do 11 de setembro”, comentou, justificando as duas ações executivas. Apesar de não esclarecer o decreto assinado hoje, Trump disse em entrevista à emissora cristã CBN que cristãos teriam prioridade entre os sírios que pedirem status de refugiado nos Estados Unidos. De acordo com a imprensa local, Trump planeja banir temporariamente a entrada de imigrantes de Síria, Irã, Iraque, Líbia, Iêmen, Sudão e Somália. Durante a campanha, o presidente comentou diversas vezes que proibiria a entrada de muçulmanos no país. Ao assinar a ordem executiva, intitulada “proteção da entrada de terroristas estrangeiros nos Estados Unidos”, Trump olhou para os repórteres e comentou: “Todos sabemos o que isso significa”. (Estadão Conteúdo)

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE