Engenheiros que prestaram serviço à Vale são presos após tragédia em Brumadinho
Foto : Ricardo Stuckert

Foto : Ricardo Stuckert

O Ministério Público de São Paulo e a Polícia Civil do estado cumprem manhã de hoje (29) dois mandados de prisão expedidos pela Justiça Estadual de Minas Gerais contra engenheiros que atestaram a segurança da barragem de Brumadinho.  Segundo o site G1, em Minas, foram cumpridos outros três mandados de prisão.

As ordens são de prisão temporária, com validade de 30 dias, e foram expedidas pela Justiça no domingo. Na noite de ontem (28), a Defesa Civil de Minas Gerais informou que há 65 mortos e 279 desaparecidos após a tragédia provocada pelo rompimento da barragem da mineradora Vale, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE