Polícia considera João de Deus como um homem ‘perigoso’
Foto: Walterson Rosa/Folhapress

Foto: Walterson Rosa/Folhapress

Preso no Núcleo de Custódia de Aparecida de Goiânia, o médium João de Deus é considerado, pela Polícia Civil de Goiás, como uma “pessoa perigosa”.  “O homem João de Deus é perigoso. Essa é a conclusão da Polícia Civil do estado de Goiás. […] Várias vítimas relataram situações de grande gravidade, foram violentadas sexualmente.

Nós temos caso aqui que a mãe foi abusada sexualmente, anos depois a filha também foi abusada sexualmente. Então o homem João de Deus, na verdade, é um criminoso”, disse o delegado Valdemir Branco, segundo o G1. João de Deus é suspeito de abusar mulheres que o procuravam para tratamento espiritual em Abadiânia. Ao todo, nove inquéritos policiais foram instaurados contra o médium. Conteúdo reproduzido do Bahia Notícias

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE