MULHER SUSPEITA DE MORTE DE BEBÊ PODE TER TIDO DEPRESSÃO PÓS-PARTO EM ILHÉUS
Lidiane pode ter desenvolvido depressão pós-parto.

Lidiane pode ter desenvolvido depressão pós-parto.

Um caso de depressão pós-parto pode ter sido a motivação que levou Lidiane Bruna Sales, de 22 anos ter assassinado o próprio filho recém-nascido, no último fim de semana. A possível autora do crime foi posta em liberdade, na última segunda-feira (5), depois de uma audiência de custódia no Fórum de Ilhéus.

Segundo informações do Blog do Gusmão, Lidiane pode ter desenvolvido depressão pós-parto. Bastante abalada emocionalmente, ela mal conseguia falar durante audiência. A delegada Andréa Oliveira ressaltou que ainda não há confirmação de que a morte do recém-nascido tenha sido provocada por perfurações feitas com uma faca. A perícia que vai determinar a causa da morte do bebê somente será divulgada em 30 dias. (Redação: Ubaitaba Urgente)

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE