ITABUNA: SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS REBATE VERSÃO DA PM SOBRE ASSASSINATO DE DELEGADO
Delegado da Polícia Civil José Carlos Mastique | Foto: Reprodução

Delegado da Polícia Civil José Carlos Mastique | Foto: Reprodução

Através de nota oficial, o SINDPOC (Sindicato dos Policiais Civis) rebateu a versão apresentada pela Polícia Militar da Bahia e “repudia a conduta adotada pela guarnição de policiais militares” diante do assassinato delegado da Polícia Civil José Carlos Mastique, no município de Itabuna, na manhã deste domingo (28) (relembre aqui). Segundo informações do sindicato, a vítima tentou proteger a namorada de um policial militar que estava de folga e embriagado. O delegado foi alvejado com um tiro no peito em um posto de combustível, próximo ao Shopping Jequitibá e veio à óbito no local.

CONFIRA A NOTA DE REPÚDIO DO SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS:

“O  SINDPOC repudia a ação desastrosa perpetrada por uma guarnição de policiais militares, onde o cabo da PM Cleomario, assassinou o delegado da Polícia Civil Mastique, após a vítima tentar evitar uma agressão de um policial militar de folga contra a sua acompanhante. Os policiais civis Mastigue e Figueiredo ao serem abordados se identificaram serem policias e estarem armados. O Delegado ao pegar a arma, para entregar aos policiais militares foi alvejado, vindo a óbito no local, com objetivo de modificar o cenário do ocorrido,  simularam socorro à vítima. Os investigadores da Polícia Civil iniciaram a investigação para esclarecer a sociedade com a verdade dos fatos, responsabilizando  o autor dessa truculência que ceifou a vida do nosso colega”.

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE