Ilhéus Arquivo

Ilhéus: Após decreto de estado de emergência, ex-secretário confronta atual prefeito

Ex-secretário de Saúde, Antonio Ocké | Foto: Reprodução / Correia Neles

Secretário de Saúde de Ilhéus na gestão passada, Antonio Ocké, refuta os argumentos do atual prefeito, Mário Alexandre (PSD), de que o fim de contratos de fornecimento de bens e materiais provocou a situação de emergência na área da saúde na cidade. Segundo ele, a gestão anterior entregou uma secretaria “totalmente estruturada, com salários referentes ao mês de dezembro pagos, além de saldos financeiros correspondentes a aproximadamente R$ 10 milhões em contas bancárias”. Ocké afirma que todos os contratos firmados pela administração municipal, inclusive os que venceriam no último dia 31, foram apresentados à equipe de transição. “Por solicitação desses representantes, foi possível prorrogar a vigência de inúmeras contratações em diversas áreas, possibilitando a continuidade dos serviços oferecidos à população”, diz o ex-secretário, em nota. Para Ocké, Mário Alexandre reclama que 23 contratos de prestação de serviços e fornecimento de materiais encerraram em 2016, mas não solicitou a prorrogação dos prazos em nenhum momento. O ex-gestor acusa ainda a atual secretária da pasta de nunca ter participado das reuniões da comissão de transição. “Cabe destacar ainda que, mesmo não havendo solicitações expressas para o setor de Saúde, a gestão da pasta à época decidiu prorrogar alguns contratos fundamentais, a fim de evitar prejuízos maiores à população e conduzir visitas às unidades básicas de atendimento para levantar as demandas de cada uma e tomar providências para manutenção dos serviços”, completa o texto. Com discurso contrário, um relatório da atual Secretaria de Saúde do município aponta que toda a rede vem sofrendo com o déficit de produtos básicos, como medicamentos e insumos odontológicos (veja aqui).

Delegado da Polícia Federal morre em Ilhéus

O corpo do delegado da Polícia Federal Rodrigo Reis está sendo velado no SAF (Alto da Conquista) em Ilhéus. Rodrigo estava em casa, na manhã de domingo (15), quando começou a sentir mal-estar e faleceu antes que recebesse socorro médico. Ainda não foi divulgado o horário nem local do enterro do corpo do delegado da Polícia Federal. O sepultamento será em Salvador. Ele deixa esposa, a médica Bárbara Carneiro. De acordo com o repórter Fábio Roberto, do FR Notícias, a causa da morte foi embolia pulmonar. Rodrigo estava trabalhando na PF em Ilhéus há quase cinco anos e participou de uma das maiores operações da Polícia Federal no sul da Bahia, quando a corporação e a Força Nacional de Segurança trabalharam no conflito entre fazendeiros e autodeclarados tupinambás. O conflito envolve uma região de mais de 47 mil hectares, entre Ilhéus, Buerarema e Una.

Prefeitura de Ilhéus decreta estado de emergência na saúde por 60 dias

Mário Alexandre, prefeito de Ilhéus I Foto: Reprodução

A prefeitura de Ilhéus decretou de estado de emergência na saúde pelos próximos 60 dias por causa do fim de contratos de fornecimentos de bens e serviços, o que tem impedido a prestação de serviços. Em nota, a prefeitura da cidade explica que a decisão do prefeito Mário Alexandre (PSD) está fundamentada no Relatório da Comissão de Apuração da Situação dos Contratos, Bens e Serviços da Secretaria Municipal de Saúde, que constatou que 23 contratos na área da saúde terminaram em 31 de dezembro de 2016. Conforme relatório da Secretaria Municipal de Saúde, “toda a rede vem sofrendo com a ausência de produtos básicos, tais como medicamentos e insumos médicos e odontológicos, o que compromete a prestação do serviço público essencial e de natureza contínua”. De acordo com a prefeitura, os contratos não foram disponibilizados à comissão de transição de governo, e a equipe técnica não teve acesso às informações em tempo hábil para providenciar a prorrogação dos serviços. O estado de emergência possibilita à administração pedir dispensa de licitação para contratação de bens e serviços essenciais à cidade. (Bahia Noticias)

Ilhéus: PC desarticula quadrilha que aplicava golpes nas Americanas

Cinco homens foram presos I Foto: Divulgação.

Após investigações de que um grupo de estelionatários da cidade de Itabuna estavam cometendo golpes através de compras nas Lojas Americanas da Rua Bento Berilo, em Ilhéus, policiais civis prenderam em flagrante por volta das 14h, na Av. Soares Lopes, o chefe do bando José Renato Nery da Silva, 36 anos responsável por falsificar documentos de identidade com CPFs, arregimentar pessoas para efetuarem as compras via aquisição de crédito, adquirindo principalmente aparelhos celulares. Na cidade de Ilhéus havia a participação da funcionária da Loja Americana, Tâmara Lopes da Silva, 30 anos, que facilitava as aprovações e fornecia CPFs para o grupo e em contra partida recebia R$100,00 por transações.

Uma funcionária da loja tinha participação nos golpes I Foto: Divulgação.

Foram arregimentados para efetuarem compras as pessoas de Roseli Conceição Andrade, 27 anos, Jailson Alvino Trigueiros 40 anos, George Lucas Nogueira Santos 34 anos, Pablo Soares Goes, 34 anos que foram autuados por associação criminosa. Foram presos em flagrantes logo após efetuarem aquisições de produtos com uso de documento falso, estelionato e associação criminosa as pessoas de Énio da Silva Lisboa 37 anos e Glyce Silva Nascimento 27 anos. Segundo o blog Agravo, o mentor do bando José Renato remunerava os integrantes que se arriscavam a ir a loja Americana com a importância de R$200,00. Foram apreendidos em poder do grupo 04 smartphones de ultima geração avaliados em R$6.000,00 e outros objetos. O líder será autuado por crimes de falsificação de documento, estelionato, e associação criminosa.Já funcionária Tâmara responderá por crime de associação criminosa e estelionato.

Ilhéus: ‘Marão’ diz que sustentabilidade será marca de seu governo

Nazal e Marão se cumprimentam, observados por Lukas Paiva (Foto Clodoaldo Ribeiro).

Empossado ontem (1º) como prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (Marão), do PSD, comprometeu-se a ter como marca de seu governo a sustentabilidade. Segundo ele, sua gestão respeitará os termos de carta-compromisso assinada com a plataforma Cidades Sustentáveis. Marão apontou como uma das linhas de seu governo o compromisso com a área social e o cuidado com o cidadão. “Ninguém será maltratado nas secretarias e o diálogo será constante”, disse ele ao afirmar que todos os secretários deverão agir de forma igualitária no tratamento aos cidadãos. O novo prefeito anunciou uma ação para elevar a autoestima dos ilheenses ao citar uma nova era, de “tempos de alegria”. O vice-prefeito José Nazal disse que não poupará esforços para que a nova gestão seja a melhor da história do município sul-baiano. O discurso de Marão, elencando a sustentabilidade como marca de governo, encheu os olhos do vice, ligado às questões ambientais e à história de Ilhéus.

CENTRO DE CONVENÇÕES LOTADO

A posse de Marão e de Nazal lotou o auditório principal do centro de convenções de Ilhéus. Cerca de 1,5 mil pessoas participaram da solenidade, conforme o cerimonial, dentre elas os deputados federais Bebeto Galvão (PSB-BA) e Paulo Magalhães (PSD) e a deputada estadual Ângela Sousa (PSD), mãe do novo prefeito ilheense, além do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (DEM). A posse ocorreu após Lukas Paiva (PSB) ser eleito, por unanimidade, presidente da Câmara de Ilhéus.

Ilhéus: Prefeitura não paga 2ª parcela do 13º aos servidores

Embora a legislação seja clara obrigando o pagamento do 13º salário dos trabalhadores até o dia 20 de dezembro, a Prefeitura de Ilhéus ainda não quitou a segunda parcela desse direito dos servidores públicos municipais. Pensando na garantia desse direito, os trabalhadores em educação da rede municipal de Ilhéus se reuniram em assembleia na manhã desta segunda-feira, no auditório da APPI, para discutir as ações que serão realizadas caso o governo municipal não efetue de imediato o pagamento do 13º salário. Em nota divulgada pela Secretaria de Comunicação, o governo municipal chegou a afirmar que efetuaria o pagamento do 13º, como manda a lei, mas até o momento não cumpriu. A direção da APPI/APLB-Sindicato procurou por diversas vezes o governo municipal para cobrar a quitação da 2ª parcela 13º salário, bem como para saber sobre a previsão do salário de dezembro, mas não houve qualquer confirmação oficial quanto o pagamento. Preocupada com a situação e com a possibilidade de passar o final sem dinheiro, a categoria resolveu se mobilizar. O 13º salário foi instituído pela Lei 4.090/62 e pela Lei 4.749/65, regulamentado pelo Decreto 57.155/65, as quais dispõem que o pagamento deve ser feito em duas parcelas, sendo a primeira, equivalente a 50% do valor a que o empregado tem direito até o dia 30 de novembro de cada ano e a segunda, equivalente aos 50% restantes, até o dia 20 de dezembro de cada ano. (Políticos do Sul da Bahia)

Ilhéus: Prefeito Jabes Ribeiro anuncia tarifa de ônibus a R$ 3,10

002

O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, anunciou na última segunda-feira (5) um reajuste de 10,71% no valor da tarifa de ônibus. A passagem saltará de R$ 2,80 para R$ 3,10 até o final deste mês. O anúncio ocorreu durante coletiva, no Centro Administrativo, na Conquista. Ontem (6), Jabes se reuniu com os membros do Conselho Municipal de Transportes, no Palácio Paranaguá, antiga sede da prefeitura. A data em que passa a vigorar o reajuste dependerá da reunião de amanhã com os conselheiros municipais. O reajuste também deve ser analisado pela Câmara de Vereadores. Segundo o gestor, as empresas São Miguel e Viametro solicitaram reajuste de R$ 3,48, “alegando aumento dos custos de operação nos últimos 12 meses”. Outro fator que pesa no reajuste é, conforme Jabes, a tarifa única no município. (Pimenta)

Ilhéus: Justiça determina que Banco do Brasil proíba saques irregulares de recursos da União

004

Foto: Reprodução/Fabio Roberto Noticias

A Justiça Federal em Ilhéus determinou que o Banco do Brasil proíba os chamados “saques na boca do caixa”, aqueles não feitos diretamente nos caixas eletrônicos, com verbas de repasses federais para fins específicos. O banco deve ainda, em um prazo de 15 dias a partir da data da decisão, proibir a transferência de valores para outras contas públicas dos municípios abrangidos pela Subseção Judiciária de Ilhéus. De acordo com a determinação, o Banco do Brasil precisa assegurar, ainda, que os repasses federais sejam mantidos em suas contas específicas e retirados, exclusivamente, mediante créditos nas contas dos fornecedores/prestadores destinatários dos valores. Os nomes, conta bancária e CPF/CNPJ devem ser identificados pela empresa, inclusive nos extratos bancários. Também foi determinado que o Banco proibisse, no prazo de 30 dias, transferências com destino desconhecido ou quaisquer movimentações com indicações genéricas, como “pagamentos a fornecedores” e “pagamentos diversos”. A decisão, do último dia 11 de novembro, acatou a pedido liminar feito pelo Ministério Público Federal (MPF) em Ilhéus, de autoria do procurador Tiago Modesto Rabelo. Segundo Rabelo, as transferências ocorrem, geralmente, para aplicação em ações e programas de destinação vinculada, a exemplo do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), dos convênios federais e dos programas do FNDE. De acordo com ele, atos fraudulentos de prefeitos são facilitados por saques “na boca do caixa” e transferências ilícitas para contas do município ou de destinatários não identificados. A Justiça Federal fixou, ainda, multa no valor de R$ 30 mil para cada descumprimento da liminar –por qualquer das partes – e de R$ 1 mil para cada dia de atraso nos prazos fixados.

Suspeito de abusar sexualmente de crianças em Ilhéus é preso

006

Acusado de abusar sexualmente de várias crianças em Ilhéus, um homem identificado como José Luís Moura, foi preso no centro da cidade, durante o final de semana. O criminoso foi descoberto depois que a mãe de uma das vítimas, um adolescente de 13 anos, o denunciou para a polícia. Em depoimento para polícia a mulher afirmou que o filho teria levado um aparelho eletrônico à loja que Moura trabalhava, e ele pediu para o adolescente manter relações sexuais com ele. O menino então contou a versão para a mãe, que armou uma emboscada para o aliciador. Depois de preso, fotos de várias crianças nuas da rua foram encontradas no celular de Moura. Ele está a disposição da Justiça. (Varela Noticias)

Ilhéus: Professores da UESC rejeitam proposta de greve

006

Uesc está ocupada há quase um mês (Foto Robson Duarte).

Os professores da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) rejeitaram proposta de greve por tempo indeterminado. A votação ocorreu durante assembleia realizada nesta quinta (24). A paralisação seria uma das medidas dos docentes contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241-55, do Governo Temer, que poderá congelar investimentos em áreas como Saúde e Educação por até 20 anos, além da reforma do Ensino Médio por meio de Medida Provisória (MP). A proposta de greve foi rejeitada por 104 votos a 67, de acordo com o Blog do Gusmão. Dos presentes, 12 preferirem se abster. A Uesc está ocupada pelos alunos desde o final de outubro. Eles também protestam contra as medidas adotadas pelo Governo Temer. (Pimenta)

Ilhéus: Seminário promovido pela AMURC reúne novos gestores de municípios da região

006

Foto: Reprodução/ Josivaldo Dias

O Seminário Novos Gestores Públicos 2017 – 2020, promovido pela Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc), começou na manhã da última terça-feira (22), no auditório do Hotel Aldeia da Praia, zona sul de Ilhéus. Segundo o presidente da Amurc e prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana, o evento busca “orientar e capacitar os prefeitos eleitos para que desenvolvam gestão pública de qualidade e eficiente, ao longo do mandato”. Na programação, serão discutidas temáticas como Associativismo, Consórcio Público, Assistência Social, Empreendedorismo, Educação, Saúde, Economia Municipal, Gestão Tributária, Sustentabilidade da Gestão Municipal e os convênios com os Governos do Estado e da União. (Pimenta)

Ilhéus: PF prende em flagrante pessoa envolvida em pornografia infantil

003

Foto: Divulgação

A Polícia Federal prendeu em flagrante, nesta terça-feira (22), uma pessoa envolvida em casos de pornografia infantil em Ilhéus, no sul do estado. De acordo com a PF, além da detenção, também foram cumpridos três mandados de busca na Bahia: em Ilhéus, Ururuca e Salvador. A ação faz parte da Operação Darknet II, que cumpriu 70 mandados em 16 estados para combater a rede de distribuição de pornografia infantil na chamada Deep Web. Sessenta e sete pessoas são investigadas em razão da troca e distribuição de fotos e vídeos pornográficos com crianças e adolescentes. A PF é uma das poucas polícias do mundo que conseguiram investigar na Dark Web, junto com FBI, Scotland Yard e Polícia Federal Australiana, e chegou aos resultados após desenvolver investigação e ferramentas para usuários da Dark Web, considerado meio seguro de divulgação de conteúdos variados anonimamente. (Bahia Noticias)

Ilhéus: Jovem morre após perder o controle e bater motocicleta em outdoor

002

Um jovem de 18 anos morreu na noite do sábado (19) após bater a motocicleta que pilotava em um outdoor, no município de Ilhéus, no sul da Bahia. As informações foram confirmadas pela Polícia Militar na manhã deste domingo (20/11). De acordo com a PM, Ruan Santos da Cruz passava por uma curva, por volta das 21h, quando perdeu o controle do veículo e não conseguiu evitar o acidente. Ele morreu na hora. A polícia informou que chovia no momento em que ocorreu a batida.

Cenas fortes: Pescadores encontram corpo carbonizado boiando no mar em Ilhéus; veja fotos

003

Um corpo carbonizado foi encontrado boiando por pescadores de camarão próximo a um hotel em Ilhéus, sul da Bahia, na manhã deste sábado (19). De acordo com a polícia, o corpo aparenta ser do sexo masculino e apresentava sinais de perfuração. Ainda segundo a polícia, a suspeita é de que a vítima foi agredida antes de ser incendiada e atirada ao mar. O Departamento de Polícia Técnica foi acionado para remoção do corpo, que será submetido a perícia para que seja determinada a causa da morte. (Varela Noticias)

Ilhéus: Protesto rejeita aumento de salários dos vereadores e prefeito

008

Fotos: Reprodução/Cidade Informe

Um grupo de estudantes compareceu, na tarde de terça-feira (25), à sessão ordinária na Câmara Municipal de Ilhéus, no Sul do estado, para protestar contra o aumento de 27% nos salários dos ocupantes dos poderes Legislativo e Executivo do município. Durante o ato, os adolescentes exibiam cartazes pedindo “reajuste zero” e “mais educação”. Através de nota, o prefeito eleito Mário Alexandre, o ‘Marão’ (PSD), se posicionou contra o reajuste para o Executivo. Em tempo, aproveitou para alfinetar a atual gestão, do prefeito Jabes Ribeiro (PP), que desde 2012 não reajusta os ganhos dos servidores. “Nesse cenário de dificuldade financeira, não seria justo valorizar apenas os altos cargos da administração pública do Executivo”, diz a nota. Caso o aumento dos vencimentos seja aprovado na Câmara, o salário dos 19 vereadores de Ilhéus será de R$ 12.820,00; enquanto que o do prefeito passaria, a partir de 2017, para R$ 20 mil. O reajuste, conforme o blog Pimenta, também terá impacto sobre o salário dos secretários e demais cargos comissionados.