Política







SANDRO RÉGIS LEMBRA QUE INVESTIMENTO NO PORTO SUL É PRIVADO: “NÃO TEM UM CENTAVO DO GOVERNO DA BAHIA”

O deputado estadual Sandro Régis (Democratas), líder da Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), afirmou nesta quarta-feira (25) que a implantação do Porto Sul, em Ilhéus, é feita com investimentos privados, “sem nem um centavo do governo da Bahia”. A afirmação do parlamentar ocorre após visita às obras do empreendimento realizada nesta quarta pelo governador Rui Costa (PT). “É importante lembrar que todo o investimento realizado no Porto Sul é privado.

Não tem um centavo do governo da Bahia nesta obra. Inclusive, o Porto Sul depende muito mais do governo federal, uma vez que ele não faz sentido sem a Fiol (Ferrovia de Integração Oeste-Leste), que é uma concessão federal viabilizada pelo atual governo”, destacou Régis. O deputado recordou ainda que, em maio deste ano, o Ministério da Infraestrutura assinou contratos para exploração de terminais de uso privado (TUPs).

“O Porto Sul é um terminal de uso privado (TUP), e toda autorização para este tipo de terminal é federal. Ou seja, não foi o governo estadual que viabilizou este investimento, mas sim o federal. É preciso deixar isso claro”, frisou o parlamentar. Segundo a Bahia Mineração, o Porto Sul vai ter capacidade para operar, por ano, até 40 milhões de toneladas de minérios, fertilizantes e grãos, dentre outros produtos. A expectativa é que o projeto seja concluído em 2022.

COMPARTILHE

Bolsonaro vai tentar colocar amigo da família na PF, mais uma vez

Foto : Tomaz Silva/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro deve tentar, mais uma vez, colocar o amigo da sua família, Alexandre Ramagem, à frente da Polícia Federal, segundo o Estadão.  De acordo com a publicação, o atual diretor-geral da instituição, Rolando Alexandre, deve ganhar um posto de adido no exterior. Com isso, Bolsonaro vai para a segunda investida de tentar “promover” Ramagem. Em abril deste ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) barrou a nomeação de Ramagem para a chefia da PF.

A decisão do ministro Alexandre de Moraes teve como base principal as afirmações de que Bolsonaro pretendia usar a PF, um órgão de investigação, como produtor de informações para suas tomadas de decisão. O ministro concedeu liminar (decisão provisória) a uma ação protocolada pelo oposicionista PDT, que alegou “abuso de poder por desvio de finalidade” com a nomeação do delegado para a PF. A negativa da Suprema Corte abriu um flanco entre o presidente e o Judiciário, que bradou contra a decisão. l. “Foi um gesto político dele (Alexandre de Moraes, ministro do STF). E tudo tem um limite”, disse à época.

COMPARTILHE

EUNÁPOLIS: EX-PREFEITO É INTERNADO EM UTI DEVIDO À COVID-19

Paulo Dapé I Foto: Reprodução

Paulo Dapé I Foto: Reprodução

O ex-prefeito de Eunápolis, na Costa do Descobrimento, Paulo Dapé, de 63 anos, está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após testar positivo para o novo coronavírus. Dapé é marido da prefeita eleita da cidade, Cordélia Torres (DEM).

Segundo o Bahia 40 Graus, fontes extraoficiais dão conta que o ex-gestor deve ser transferido em uma UTI aérea para um hospital particular de São Paulo. Em relação à prefeita eleita, a assessoria informou que Cordélia Torres apresentou sintomas leves e já está em isolamento domiciliar.

COMPARTILHE

Militares pedem moderação a Bolsonaro após derrota de Trump e fracasso nas eleições municipais

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Depois da derrota de Donaldo Trump nos Estados Unidos e do fracasso nas eleições municipais do Brasil, integrantes do Palácio do Planalto e do núcleo militar do governo passaram a pedir que o presidente Jair Bolsonaro haja com moderação. De acordo com a Folha de S.Paulo, a recomendação é de cautela para fazer adaptações e conseguir sucesso nas urnas em 2022. Na análise dos militares aliados do presidente, o principal aprendizado é que a população passou a rejeitar extremos, e discursos inflamados em relação à pandemia podem levar a queda de popularidade.

Os aliados de Bolsonaro avaliam que a postura de Trump durante a crise sanitária foi decisiva para sua derrota. Por isso, o presidente brasileiro deveria abandonar ou ao menos moderar discursos como o de que o Brasil precisa deixar de ser “um país de maricas”, sob pena de perder apoios até mesmo dentro das Forças Armadas. No lugar de fazer acenos à base mais ideológica de seus eleitores, o principal objetivo do presidente deve ser, pregam auxiliares próximos, trabalhar para aprovar medidas no Congresso que movimentem a economia e façam o Brasil reagir à crise causada pela pandemia.

COMPARTILHE

VIÚVA DE MARIELLE FRANCO É ELEITA VEREADORA NO RIO DE JANEIRO

Marielle Franco ao lado de Mônica Benício I Foto: Arquivo Pessoal

Marielle Franco ao lado de Mônica Benício I Foto: Arquivo Pessoal

A viúva da vereadora assassinada Marielle Franco, Monica Benício, foi eleita para a Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), o mesmo da ex-mulher, morta a tiros no dia 14 de março de 2018.

O crime também vitimou o motorista de Marielle, Anderson Gomes. Monica foi uma das apostas mais altas do partido para a Câmara Municipal. Sem um nome competitivo para a prefeitura da capital fluminense, o PSOL transferiu R$ 124 mil para a campanha da candidata. Com informações do site Metrópoles

COMPARTILHE

COM 21 ANOS, RICARDO MAIA (PSD) É O MAIS JOVEM PREFEITO ELEITO NA BAHIA

Ricardo é filiado ao PSD concorreu a um cargo político pela primeira vez

Ricardo é filiado ao PSD concorreu a um cargo político pela primeira vez.

As eleições municipais de 2020 trouxeram além de uma renovação nos quadros políticos das cidades, como trouxe também a afirmação de que para concorrer a um cargo no Poder Executivo não importa a idade. Sendo assim, na Bahia, por exemplo, o prefeito eleito mais jovem possui 21 anos e o mais velho 77, nas cidades de Tucano e Guanambi, respectivamente. Com a idade mínima permitida para o cargo de prefeito, Ricardo Maia (PSD), com 21 anos, foi eleito com 49,27% dos votos,um total de 14.166 votos, e será o novo gestor do município de Tucano (BA) em 2021.

Ele derrotou os candidatos José Rubens de Santana Arruda (DEM) que ficou em segundo, com 37,20%, João Marcos Araújo Cavalcante (Solidariedade), 5,34%, Flaubert de Miranda Marques (PSL), 4,66%, e Igor Moreira Nunes (PT), 3,53%. Já o novo gestor da cidade de Guanambi, é um velho conhecido da política baiana. Trata-se do ex-governador Nilo Coelho, que foi eleito prefeito com 59,07% dos votos e derrotou o atual gestor do município, Jairo Magalhães (PSD), que teve 38,22% dos votos. Com informações do Bahia.ba

COMPARTILHE

TRE reconsidera proibição e libera carreatas com até 60 veículos

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) decidiu liberar carreatas com até 60 veículos, nesta quarta-feira (11), um dia após proibir qualquer ato de campanha no estado. Também está liberada a distribuição de material gráfico de campanha nos comitês e em residências. Os protocolos sanitários de segurança, contudo, devem ser seguidos para evitar os avanços da pandemia do novo coronavírus.

A proibição, que foi anunciada pelo órgão na terça (10), foi realizada por causa das aglomerações registradas em campanhas eleitorais. O TRE ainda mantém suspensos os comícios, passeatas, caminhadas, motoatas, cavalgadas e eventos similares. Caso a decisão seja descumprida, o partido ou coligação pode ser multado entre R$ 5 mil e R$ 25 mil, ou o valor equivalente ao custo da propaganda, caso seja maior.

COMPARTILHE

TRE proibe eventos de campanha presenciais a partir desta quarta-feira

Foto: divulgação TRE

Foto: divulgação TRE

Os eventos de campanha presenciais ficarão proibidos na Bahia a partir desta quarta-feira (11). A medida foi anunciada pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Jatahy Júnior. De acordo com a resolução 38/2020, não poderão ser realizados comícios, passeatas, bandeiraços, caminhadas, bicicleatas, cavalgadas, motoatas, carreatas e similares. A proibição vale para todos os 417 municípios baianos.

A determinação do presidente da corte impede também a distribuição de panfletos, folhetos, adesivos, entre outros materiais de campanha. Quem descumprir a medida também pode ser investigado por propaganda eleitoral irregular, abuso do poder político, abuso do poder econômico e/ou crime eleitoral.  Também poderá pagar multa de R$ 5 a R$ 25 mil ou o equivalente ao custo da propaganda, se este for maior.

Fundamentando a decisão do presidente, o TRE divulgou os dados do disque-aglomeração. Desde 31 de outubro, foram recebidas 1135 denúncias, motivando 132 decisões punindo o descumprimento do distanciamento social – 82 apenas no final de semana passado. “Diante desses números, resolvemos baixar a resolução suspendendo todo ato presencial de campanha, tudo isso para preservar o bem maior que é a saúde e a vida”, relatou Jatahy Júnior.

Na resolução, o desembargador define que os juízes eleitorais e a coordenadora do plano integrado de segurança do TRE, de ofício ou por provocação, no exercício do poder de polícia, deverão coibir atos de campanha que coloquem em risco a saúde coletiva por violarem as regulamentações sanitárias. É autorizado o uso de reforço policial para garantir o cumprimento da proibição.

COMPARTILHE

Moro e Luciano Huck se reúnem e traçam aliança para disputar presidência em 2022

Luciano Huck e Sérgio Moro Foto: Reprodução

O ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, e o apresentador da TV Globo, Luciano Huck, iniciaram no fim do último mês conversas para formar uma possível aliança para a disputa da presidência da República em 2022. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, ambos iniciaram o diálogo numa reunião no apartamento de Moro, em Curitiba, no dia 30 de outubro, quando acertaram um acordo para ser uma “terceira via” para disputar o Palácio do Planalto. Por se tratar de uma conversa inicial, não se definiu quem seria o cabeça de chapa numa eventual disputa.

Segundo apuração do jornal, esta decisão deve ser tomada durante 2021. Esta foi a primeira reunião que ambos tiveram desde que se conheceram pessoalmente na edição de 2019 do Fórum Econômico Mundial, em Davos, quando Moro ainda era ministro do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). De acordo com a publicação, ambos conversaram sobre uma candidatura construída sob a marca da “racionalidade”. A intenção é formar um projeto de centro desvinculado da direita conservadora liderada por Bolsonaro e da esquerda que orbita em torno de Ciro Gomes (PDT) e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Para viabilizar a aliança eleitoral, no entanto, Moro e Huck precisariam se filiar a partidos políticos até abril de 2022, seis meses antes da eleição. O apresentador é próximo do Cidadania, que já lhe ofereceu legenda. Por conta disto, ele teria que deixar a Rede Globo até, provavelmente, no segundo semestre do próximo ano. Moro, por sua vez, já recebeu sondagens de diversos partidos, entre Podemos, Novo e DEM, presidido nacionalmente pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).

COMPARTILHE

Eleições 2020: Presidente do TRE-BA determina medidas mais duras contra aglomerações

Foto : Divulgação

Foto : Divulgação

Após ser informado de casos de abuso por parte de candidatos das cidades de Iguaí e Barra do Choça, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), Jatahy Júnior, reafirmou que a instituição não vai tolerar o descumprimento das medidas sanitárias durante as campanhas eleitorais.

“Não vamos aceitar esse tipo de comportamento, os juízes eleitorais podem contar com reforço policial, com a parceria do Ministério Público, e o Tribunal pode designar juízes auxiliares para zonas onde se fizer necessário o endurecimento das medidas”, afirma a o desembargador. De acordo com o TRE-BA, o Tribunal baiano foi o primeiro do país a editar a Resolução nº 30/20, medida que regulamenta a atuação dos juízes eleitorais com poder de polícia.

COMPARTILHE

Ibope: Bruno vai a 61% e Denice assume 2º lugar na disputa em Salvador

Foto: Matheus Buranelli/Ag. A TARDE

Foto: Matheus Buranelli/Ag. A TARDE

O candidato democrata à prefeitura de Salvador, Bruno Reis, concentra 61% das intenções de voto e aumenta a vantagem em relação aos adversários, de acordo com pesquisa Ibope divulgada pela TV Bahia nesta sexta-feira (30). O índice sugere vitória de Reis no primeiro turno. O candidato no levantamento anterior tinha 42%.

Major Denice Santiago (PT) subiu para a segunda posição e soma 13%. Antes tinha 6%. O Pastor Sargento Isidório (Avante), que já apareceu em pesquisas anteriores como segundo colocado, agora é o quarto e concentra 5%.

Veja o índice de cada candidato:

Bruno Reis (DEM): 61%
Major Denice (PT): 13%
Olívia Santana (PC do B): 7%
Pastor Sargento Isidório (Avante): 5%
Bacelar (Podemos): 1%
Cézar Leite (PRTB): 1%
Hilton Coelho (PSOL): 1%
Rodrigo Pereira (PCO): 0%
Celsinho Cotrim (PROS): 0%
Branco/Nulo: 6%

O Ibope ouviu 602 eleitores da cidade de Salvador entre os dias 28 e 29 de outubro. Apesquisa está inscrita no TRE-BA com o protocolo 06917/2020. O nível de confiança utilizado é de 95%.  A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos.

COMPARTILHE

Em tratamento contra a Covid, ministro da Saúde é internado em Brasília

Foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados

Foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados

Em tratamento contra a Covid-19, o ministro Eduardo Pazuello (Saúde) foi internado na noite desta sexta-feira (30) em um hospital particular de Brasília. A assessoria de imprensa do Ministério da Saúde, no entanto, nega que o quadro de saúde de Pazuello tenha se agravado. A pasta afirma que o ministro se dirigiu ao hospital apenas para realizar exames.

“O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, compareceu ao hospital DF Star, em Brasília, na noite desta sexta-feira (30) para se submeter a exames de acompanhamento do tratamento da Covid-19. O procedimento faz parte da conduta indicada pela equipe médica do ministro”, informou o ministério por meio de nota. “Pazuello permanece na unidade de saúde para hidratação e acompanhamento médico e deve ser liberado em breve”, completa o texto.

Pazuello foi diagnosticado com a Covid-19 no dia 21 deste mês. Desde então, estava em isolamento no hotel de trânsito dos oficiais militar, na capital federal. Durante seu período de isolamento, o ministro recebeu a visita do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O presidente então iniciou uma transmissão ao vivo, a partir do quarto do ministro. Questionado pelo presidente sobre quais medicamentos estava tomando, o ministro respondeu hidroxicloroquina associada a outros medicamentos. Pazuello afirmou na transmissão que seu quadro havia melhorado após tomar os medicamentos.

COMPARTILHE

Mourão diz que Brasil comprará vacina da China: ‘Lógico que vai’

Foto: Alan Santos/PR

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou nesta sexta-feira (30) que o governo federal vai comprar a vacina chinesa contra a Covid-19. A vacina está sendo desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Para Mourão, as declarações do presidente Jair Bolsonaro, que disse que não iria comprar o imunizante, é “briga política com o Doria”.

“Essa questão da vacina é briga política com o Doria. O governo vai comprar a vacina, lógico que vai. Já colocamos os recursos no Butantan para produzir essa vacina. O governo não vai fugir disso aí”, declarou Mourão, em entrevista à revista Veja.

A polêmica sobre a compra da vacina chinesa iniciou na quarta-feira passada, quando, em menos de 24 horas que o Ministério da Saúde anunciou que iria adquirir cerca de 46 milhões de doses da Coronavac, o presidente Jair Bolsonaro desautorizou o ministro Eduardo Pazuello e afirmou que o imunizante contra o novo coronavírus “não será comprado”.

COMPARTILHE

Candidato a vereador morre vítima do coronavírus em Salvador

Foto: Reprodução/Twitter/Bruno Reis

O candidato à uma cadeira na Câmara Municipal de Salvador (CMS) pelo Democratas (DEM), Marcão Nogueira, morreu nesta sexta-feira (30) aos 51 anos por complicações em decorrência da Covid-19. Colega de partido, o candidato a prefeito Bruno Reis lamentou a morte de Marcão e emitiu nota de pesar em suas redes sociais.

“Acabei de receber a notícia do falecimento de Marcão Nogueira. Ele sempre foi um grande parceiro, trabalhador e contribuiu muito com a nossa gestão. Que Deus conforte seus amigos e familiares nesse momento de dor”, disse Bruno.

Marcão trabalhou na Ouvidoria da Prefeitura e tinha forte atuação na região de São Gonçalo do Retiro. Em nota publicada pela família no perfil oficial do candidato, dizia: “Hoje essa cidade perde um dos seus filhos mais prodigiosos. Obrigado Marcão por toda sua dedicação a melhorar a vida do nosso povo. Deixará saudades eternas. Marcão sempre estará presente em nossos corações”, diz a nota.

COMPARTILHE

DEPUTADO CASSADO DIZ QUE VOLTA EM SEIS ANOS COMO O MAIS VOTADO NA BAHIA

Foto: Sandra Travassos/ AL-BA

Após ficar sabendo da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre a cassação do seu mandato de deputado na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), no final da noite desta terça-feira (27), o agora ex-deputado Marcell Moraes usou as redes sociais para comentar o assunto. Em live no seu perfil do Instagram, o deputado tucano declarou: “Eu fico triste e fico feliz que cumpri minha missão. Saio de cabeça erguida. Não roubei e não peguei dinheiro público.

Estou bem. Todo mundo cai um dia e você precisa estar forte para se levantar. Eu, gracas a Deus, estou firme e forte”, disse Moraes. “Se o TSE e o Conselho de Medicina Veterinária acham que vão me calar, não vão. Eu volto em seis anos e vou ser o deputado mais votado da Bahia”, afirmou. Marcell terá o diploma cassado pelo TSE, perderá o mandato e terá seus votos anulados, além de ficar inelegível por 8 anos, começando a contar a partir de 2018.

COMPARTILHE

BOLSONARO SE IRRITA COM COBRANÇA SOBRE PREÇO DO ARROZ: “VAI COMPRAR NA VENEZUELA”

Foto: Estadão Conteúdo

Durante um passeio pelo Distrito Federal, na manhã de hoje (25), o presidente Jair Bolsonaro irritou-se com um homem que o abordou para cobrar uma solução para a alta no preço do arroz. As informações são do portal O Antagonista.

O homem, não identificado, pediu: “Bolsonaro, baixa o preço do arroz, por favor. Não aguento mais”. O presidente respondeu: “Tu quer que eu baixe na canetada? Você quer que eu tabele? Se você quer que eu tabele, eu tabelo. Mas você vai comprar lá na Venezuela”.

COMPARTILHE

Senador Arolde de Oliveira morre em razão de complicações da Covid-19

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O senador Arolde de Oliveira (PSD), um dos aliados de Jair Bolsonaro no Rio, morreu na noite desta quarta-feira (21), vítima de complicações geradas pelo coronavírus. A presidência do Senado foi informada. De acordo com a Veja, no dia 04 de outubro, o senador foi internado após apresentar piora em seu quadro de saúde.

Ele já estava com coronavírus ao menos desde 11 de setembro, quando teve de ficar fora das convenções estaduais do PSD, partido que preside. Oliveira tinha 83 anos e foi deputado federal por 9 legislaturas. Sua eleição, numa campanha em dobradinha com Flávio Bolsonaro.

COMPARTILHE

Fernando Collor é alvo de operação da Polícia Federal nesta quarta

Foto: Fátima Meira/Futura Press/Estadão Conteúdo

Foto: Fátima Meira/Futura Press/Estadão Conteúdo

Ex-presidente da República e senador, Fernando Collor é alvo de uma operação da Polícia Federal na manhã desta quarta-feira (21). A apuração tenta desvendar um esquema criminoso, ocorrido entre os anos de 2014 e 2015, envolvendo o pagamento de vantagens indevidas para obtenção de licença ambiental do Porto Pontal Paraná, expedida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Segundo a CNN, a investigação é um desdobramento da Operação Politeia, deflagrada pela PF em 2015. Na época, as investigações identificaram que bens de luxo pertencentes a um parlamentar federal teriam sido pagos com a utilização de recursos decorrentes de vantagens indevidas recebidas de empresários que tinham interesse na atuação política do senador Collor junto a órgãos federais, no caso, o Ibama.

No bojo da ação, foram expedidos 12 mandados de busca e apreensão em endereços vinculados aos investigados, além do bloqueio de valores financeiros. Aproximadamente 50 policiais federais estão participando das ações em Curitiba (PR), Pontal do Paraná (PR), Gaspar (SC) e em São Paulo (SP).

COMPARTILHE

Ilhéus: Supremo nega habeas corpus e ex-presidente da Câmara segue preso

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Depois de tentar um habeas corpus no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), o ex-presidente da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Lukas Paiva, teve novo revés. Em decisão desta quarta-feira (21), o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou o mesmo pedido. Conforme o relator do caso na Corte, ministro Alexandre de Moraes, não havia motivo para conceder a liberdade a Paiva, uma vez que as razões apresentadas pelas instâncias anteriores – Primeira Vara Criminal de Ilhéus e TJ-BA – revelam que a prisão preventiva estava fundamentada.

Segundo o ministro, o cumprimento da prisão preventiva é justificada pelo fato de o acusado não ter respeitado medidas cautelares. Moraes manteve o entendimento das instâncias precedentes que afirmaram que Paiva “descumpre frontalmente as decisões judiciais, embaraça investigações ainda em curso, oferece vantagens indevidas à custa de novos danos ao erário municipal, assedia testemunhas, direta e indiretamente, com o objetivo de tumultuar a atuação do sistema de justiça”.

Conforme Alexandre de Moraes, esses fatores, aliada a insuficiência das medidas cautelares diversas, revelam a necessidade de manter o acusado preso. Lukas Paiva é acusado de participar de organização criminosa dentro da Operação Xavier. Deflagrada em 2019, a ação investigava a participação de agentes políticos e empresários em uma esquema de fraudes em licitações e lavagem de dinheiro no âmbito da Câmara de Vereadores de Ilhéus. Lukas Paiva chegou a conseguir um habeas corpus, mas por ter descumprido medidas cautelares foi preso novamente.

COMPARTILHE

Bruno Reis amplia vantagem e atinge 52% em Salvador

 Foto: BNews/Reprodução

Foto: BNews/Reprodução

O vice-prefeito Bruno Reis (DEM) ampliou a vantagem em relação aos adversários e atingiu a marca de 52,1% das intenções de voto nas eleições de 2020 em Salvador. Levantamento presencial feito pelo Instituto Paraná Pesquisas em parceria do Bahia Notícias confirma uma tendência de vitória ainda em primeiro turno na disputa pelo Palácio Thomé de Souza. A candidata do PT, Major Denice, também cresceu e ultrapassou o segundo colocado até então, o deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante).

A petista estreante nas eleições, que pontuou 5,4% na pesquisa realizada em setembro pelo Instituto Paraná Pesquisas, cresceu acima da margem de erro e atingiu dois dígitos: Denice foi citada por 10,6% dos entrevistados. À época não havia definição de todas as candidaturas a prefeito de Salvador. Porém Pastor Sargento Isidório, que chegou a marcar, em um cenário mais restrito, 19,5%, agora foi opção para 9,3% dos eleitores. A deputada estadual Olívia Santana (PCdoB) também seguiu a tendência de Isidório e acabou “desidratando” nas intenções de voto.

Com um pico de 8,7% das intenções de voto em setembro, com um cenário diferente do final, a comunista é opção para 4,3% dos eleitores no levantamento realizado entre os dias 16 e 19 de outubro. Empatados tecnicamente com Olívia aparecem Cezar Leite (PRTB) com 2,7%, Bacelar (Podemos) com 2,4%. Um pouco mais abaixo nas intenções de voto aparece o deputado estadual Hilton Coelho (PSOL). Celsinho Cotrim (Pros) e Ricardo Pereira (PCO) ficam com 0,4%. Votos brancos e nulos somariam 9,6% e apenas 6,8% não sabem ou não responderam.

ESPONTÂNEA

O início da campanha eleitoral coincidiu com o crescimento do vice-prefeito Bruno Reis também na pesquisa espontânea, sendo citado por 33,4% dos eleitores soteropolitanos. Já o prefeito ACM Neto (DEM), que não poderia tentar a reeleição e era o mais citado em levantamentos sem a apresentação dos candidatos, foi opção para 2,8% dos entrevistados.

Major Denice aparece com 4,4% das intenções de voto na espontânea e os demais candidatos oscilam entre 0,5% e 2,3%: A pesquisa ouviu 820 eleitores e tem intervalo de confiança de 95%, com margem de erro de 3,5% para mais ou para menos. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob nº BA-00401/2020.

COMPARTILHE

VICE LIDER DO GOVERNO É FLAGRADO PELA PF COM DINHEIRO ESCONDIDO NAS NÁDEGAS

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O vice-líder do governo Bolsonaro, o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), teria sido flagrado com dinheiro escondido entre as nádegas durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão pela Polícia Federal em Boa Vista, capital de Roraima, nesta quarta-feira (14). A informação é da revista Crusoé. Em contato com a publicação, as fontes que atuam no caso confirmaram que dinheiro em espécie havia sido apreendido, mas não detalharam onde as cédulas estavam escondidas.

Segundo a reportagem, R$ 30 mil teriam sido encontrados no local. O senador é suspeito de desviar recursos públicos que deveriam ser utilizados para o combate à pandemia do novo coronavírus. A Operação Desvid-19 investiga um esquema de desvio de cerca de R$ 20 milhões em emendas parlamentares. O dinheiro seria destinado à Secretaria de Saúde de Roraima. Em nota, o Rodrigues negou qualquer irregularidade e afirmou que teve “o lar invadido por apenas ter feito o seu trabalho”.

“Confio na Justiça, vou provar que não tenho, nem tive nada a ver com qualquer ato ilícito. Não sou executivo, portanto, não sou ordenador de despesas. E como legislativo, sigo fazendo minha parte trazendo recursos para que Roraima se desenvolva. Que a justiça seja feita e que se houver algum culpado que seja punido nos rigores de lei”, completou.

COMPARTILHE

TSE CASSA MANDATO DO DEPUTADO ESTADUAL TARGINO MACHADO (DEM)

Foto: Vagner Souza/BNews

Foto: Vagner Souza/BNews

Após ter seu mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o agora ex-deputado estadual Targino Machado (DEM) criticou a decisão da Corte. Ele disse que sai de “cabeça erguida”, pois sempre combateu a corrupção com provas. “Combati o bom combate contra corruptos, contra traficantes que se tornaram poderosos com a força do dinheiro público e do crime. Hoje o TSE derrubou um político 100% limpo. É a vitória dos corruptos contra os honestos. É muito triste. Em breve, irei nominar os interessados nisto!”, prometeu, em postagem no Twitter. Machado foi cassado por unanimidade após ser acusado de abuso de poder ao realizar atendimentos médicos em Feira de Santana durante a última eleição.

Em sua defesa, ele disse que “usaram a força política” para lhe cassar, “só por servir como médico humanitário por 40 anos”. Na sequência de mensagens, o ex-deputado disse também que a decisão o deixou mais convencido da necessidade de “#MudaFeira”, pois “as forças que aí estão há 20 anos se associaram ao subterrâneo da política para cassarem a única voz”. Ele apoia a candidatura do ex-deputado estadual Carlos Geilson (Podemos), rival de seu correligionário e ex-prefeito do município, José Ronaldo (DEM). Esse último esteve à frente da cidade por três gestões nas últimas duas décadas, mas deixou a prefeitura para disputar o governo do estado, em 2018. Com isso, o então vice-prefeito Colbert Martins (MDB) assumiu a gestão município e atualmente disputa a reeleição.

COMPARTILHE

Bolsonaro diz que próximo indicado ao STF pode ser um pastor

Foto: Reprodução/Isac Nóbrega/PR/Flickr

O presidente Jair Bolsonaro voltou a falar sobre sua próxima indicação para vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo o presidente, o próximo da lista de preferências dele poderá ser um pastor evangélico. A afirmação de Bolsonaro ocorreu na noide de segunda-feira (5), em São Paulo, enquanto participava de um culto de aniversário do pastor Wellington Bezerra da Costa , presidente das Igrejas Assembleia de Deus do Brasil.

No encontro, Bolsonaro julgou ser “precipitado” quem o criticou por não ter sido um ministro evangélico indicado para a vaga de Celso de Mello no STF. O decano vai deixar o Supremo na próxima terça-feira (13) para se aposentar e o presidente indicou Kassio Nunes Marques, desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. A próxima indicação de Bolsonaro para o STF será em julho de 2021. “Imaginemos as sessões daquele Supremo Tribunal Federal começarem com uma oração. Tenham certeza de uma coisa: isso não é mérito meu. É a mão de Deus”, disse Bolsonaro.

COMPARTILHE

Bolsonaro pede que apoiadores votem em candidatos que tenham “Deus no coração”

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro aproveitou a inauguração da primeira fase da segunda etapa do Sistema Adutor de Pajeú, na manhã desta quinta-feira (1º), em São José do Egito (PE), para pedir que seus apoiadores escolham bem seus prefeitos e vereadores, dando preferência para aqueles que tem “Deus no coração”.  “Vamos caprichar para escolher prefeito e vereador, vamos escolher gente que tenha Deus no coração, que tenha na alma patriotismo e queira de verdade o bem do próximo. Deus, pátria e família”, disse o presidente. Bolsonaro já havia dito que não vai participar de campanhas a prefeito e vereador nas eleições deste ano.

Ele inclusive tem se recusado a tirar fotos, no Palácio da Alvorada, com apoiadores que confessam ter ambições políticas. De acordo com informações do site Terra, auxiliares do presidente admitem que ele poderá entrar na campanha no segundo turno, em cidades como Rio de Janeiro e São Paulo, para apoiar candidatos mais alinhadas a ele, como Celso Russomanno (Republicanos), na capital paulista, e o atual prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), que concorre à reeleição.

COMPARTILHE

MDB SE APROXIMA DO GOVERNOR DA BAHIA RUI COSTA

Lucio Vieira Lima (MDB) I Foto: Reprodução

Lucio Vieira Lima (MDB) I Foto: Reprodução

No mês de setembro o governador Rui Costa (PT) recebeu por duas vezes no Palácio de Ondina a cúpula do MDB do estado. O ex-deputado Lúcio Vieira Lima participou das duas reuniões e tratou sobre composição do MDB com candidatos indicados por Rui em algumas cidades. O site Políticos do Sul da Bahia apurou com algumas fontes que o governador trabalha com a hipótese de contar com o apoio do MDB na sucessão de 2022, para isso o partido teria que abandonar a base de ACM Neto.

O ex-deputado Lúcio Vieira Lima é conhecido por ser um grande articulador político. O “namoro” político pode ser visto em Uruçuca, onde o MDB apoia a candidata Fernanda Silva (PT), em Eunápolis, onde o MDB apoia Robério Oliveira (PSD) e em Canavieiras onde o governador pediu para o PT apoiar Almir Melo JR (MDB), mas teve resistência interna. Segundo informações, se Geraldo Jr.(MDB) não for reeleito presidente da câmara de salvador, existe grande possibilidade do MDB ir para base de Rui Costa e Geraldo assumir uma secretaria.

COMPARTILHE