Brasil







MORRE ATOR E HUMORISTA PAULO GUSTAVO AOS 42 ANOS, APÓS COMPLICAÇÕES DA COVID-19

Foto: Reprodução/Redes Socias

Foto: Reprodução/Redes Socias

Morreu nesta terça-feira (4) o ator e humorista Paulo Gustavo, aos 42 anos, após complicações da Covid-19. O artista estava hospitalizado desde 13 de março, em uma unidade do Rio de Janeiro. Inicialmente, Paulo Gustavo apresentava sintomas leves e foi internado por ter asma, doença que o incluía no grupo de risco para a doença causada pelo coronavírus. A situação se agravou e ele teve que ser intubado e submetido à terapia ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea).

No início de maio o artista chegou a apresentar melhora, segundo informações da assessoria dele. No domingo (2) os médicos reduziram os sedativos e bloqueadores para que Paulo interagisse com médicos e o marido, Thales Bretas. No boletim da segunda-feira (3), a informação foi de que o quadro havia se agravado novamente e o ator teria sofrido uma embolia. Além de ator e comediante, Paulo Gustavo também era roteirista, produtor e diretor. Sua obra mais conhecida foi a peça que posteriormente virou uma trilogia no cinema, a comédia “Minha Mãe é uma Peça”.

Nos filmes ele interpretava Dona Hermínia, personagem inspirada em sua própria mãe. O ator também fez sucesso como Valdomiro na série “Vai Que Cola” do Multishow. Minha Mãe é uma Peça 3, lançado em 2019, se tornou a maior bilheteria da história do cinema nacional, com R$ 143,9 milhões arrecadados em sua passagem pelas salas. Paulo Gustavo era casado com o médico Thales Bretas desde 2015. O casal teve dois filhos: Gael e Romeu, de um ano e meio.

COMPARTILHE

ESTADO DE SAÚDE DO ATOR PAULO GUSTAVO É DE EXTREMA GRAVIDADE, DIZ BOLETIM

Paulo Gustavo teve uma piora em seu estado de saúde.

Paulo Gustavo teve uma piora em seu estado de saúde.

O humorista e ator Paulo Gustavo teve uma piora em seu estado de saúde nesta segunda-feira (3). Segundo a Veja Rio, a equipe médica do humorista detectou uma fístula broncovenosa, abertura entre os pulmões e as veias. Por conta disso, bolhas de ar entraram na corrente sanguínea do artista, causando uma embolia, insuficiência cardíaca e lesões cerebrais.

A extensão dos danos ainda não pode ser medida, mas a equipe avalia a possibilidade de uma nova cirurgia para fechar a fístula, que seria de alto risco por causa do quadro de saúde de Paulo. O humorista está internado devido a complicações causadas pela Covid-19 desde o dia 13 de março. No último boletim de saúde divulgado pela assessoria no dia 26 de abril, foi informado que Paulo estava apresentando sinais de recuperação.

No entanto, ele segue utilizando ventilação mecânica e Ecmo, técnica de pulmão artificial conhecida como terapia por oxigenação por membrana extracorpórea.  A equipe médica do artista emitiu um comunicado confirmando a informação e informando uma piora significativa no quadro clínico do humorista.

“Paulo Gustavo permanece no Serviço de Terapia Intensiva e nas últimas 24 horas surgiram complicações graves. Depois de alguma melhora, Paulo Gustavo subitamente piorou no dia de ontem. […] Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade. A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações para uma recuperação de Paulo Gustavo, assim como das demais pessoas acometidas por essa doença terrível”, diz boletim médico de Paulo Gustavo. (Atualizado às 17h43)

COMPARTILHE

COMEÇA PAGAMENTO DO AUXÍLIO EMERGENCIAL PARA TRABALHADORES NASCIDOS EM FEVEREIRO

Foto: Jackson Cristiano

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em fevereiro podem sacar, a partir desta segunda-feira (3) a primeira parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro havia sido depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 9 de abril.

Os recursos também poderão ser transferidos para uma conta corrente, sem custos para o usuário. Até agora, o dinheiro apenas podia ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br. O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

REGRAS

Pelas regras estabelecidas, o auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não há nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

COMPARTILHE

COELBA É CONDENADA A INDENIZAR PAIS DE MENINO MORTO ELETROCUTADO

Foto: Divulgação

A Justiça baiana condenou a Coelba a indenizar os pais de um menino de 9 anos pela morte dele, em julho de 2011. A criança brincava em cima de uma árvore quando entrou em contato com uma fiação de alta voltagem que estava entre as folhagens. Ao ser eletrocutado, o garoto caiu e foi a óbito.

Na ação, os pais informaram que já tinham solicitado a companhia elétrica a poda dos galhos da árvore, o que só aconteceu após o acidente. Eles pediram indenização por danos morais de 500 salários mínimos, além do pagamento de pensão mensal.

Já a defesa da Coelba alegou que não deveria ser condenada na ação, já que não tem responsabilidade pelo menino brincar no local. A companhia elétrica ainda disse durante o processo que a residência da família foi construída de forma irregular, após a instalação da rede elétrica.

No entanto, o colegiado entendeu que “o acidente jamais teria ocorrido, uma vez que, o menor, em que pese tenha subido na árvore, brincadeira comum de criança no interior do Estado, jamais teria sido eletrocutado se a rede elétrica estivesse em distância segura da árvore, como deveria”.

A Coelba foi condenada a indenizar os pais em R$ 100 mil, sendo R$ 50 mil para o pai e R$ 50 mil para a mãe, além de pagar pensão mensal de um salário mínimo, contando a partir de junho de 2016 até junho de 2027, e posteriormente, parte de um salário mínimo até junho de 2067. O cálculo levou em consideração a baixa renda da família e que, se o menino estivesse vivo, contribuiria para o sustento da casa.

COMPARTILHE

CAIXA PAGA NESTA QUARTA-FEIRA AUXÍLIO EMERGENCIAL A NASCIDOS EM NOVEMBRO

Foto: Jackson Cristiano

Foto: Jackson Cristiano

A Caixa Econômica Federal paga nesta quarta-feira (28) a nova rodada do auxílio emergencial para trabalhadores informais nascidos em novembro. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família. Também nesta quarta, beneficiários do Bolsa Família com o Número de Inscrição Social (NIS) de dígito final 8 poderão sacar o benefício.

Segundo a Agência Brasil, o pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês. O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.

Ainda de acordo com a Agência Brasil, o saque da primeira parcela foi antecipado em 15 dias. O calendário de retiradas, que iria de 4 de maio a 4 de junho, passou para 30 de abril a 17 de maio. Ao todo, 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O calendário de pagamentos foi divulgado pelo governo no fim de março e atualizado há duas semanas.

O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada (veja guia de perguntas e respostas no último parágrafo). Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta.

Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do NIS. O pagamento da primeira parcela aos inscritos no Bolsa Família começou no último dia 16 e segue até o dia 30. O auxílio emergencial somente será pago quando o valor for superior ao benefício do programa social.

COMPARTILHE

ESTUDO INDICA QUE BRASIL PODE ULTRAPASSAR 650 MIL MORTES EM AGOSTO

País se aproxima dos 400 mil óbitos

País se aproxima dos 400 mil óbitos.

Um estudo da Universidade de Washington alerta que o Brasil pode chegar, no pior cenário, a marca de 658 mil mortes pela covid-19 em agosto deste ano, se o vírus continuar se alastrando no país.

A pesquisa projeta que o quadro mais provável até o início do segundo semestre é de que o país tenha aproximadamente 576 mortos em decorrência da doença. Em um cenário mais otimista, o Brasil teria 530 mil óbitos.

De acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) nesta terça-feira, o país registrou 3.086 novas mortes mortes. Desde o início da pandemia, 395.022 não resistiram a doença.

COMPARTILHE

EMPREGADOS DA CAIXA PARALISAM ATIVIDADES EM TODO O BRASIL NESTA TERÇA-FEIRA

Foto: Jackson Cristiano/Ubaitaba Urgente

Os empregados da Caixa em todo o Brasil decidiram paralisar as atividades por 24 horas nesta terça-feira (27), quando também vão entrar em estado de greve. A orientação do Sindicato dos Bancários é que quem tiver em trabalho presencial não compareça ao local e quem estiver em trabalho remoto não deve logar a máquina.

A paralisação acontece, segundo o sindicato, em protesto aos ataques do governo Bolsonaro. O governo vai abrir o capital da Caixa Seguridade nesta quinta-feira (29). Além disso, os bancários pedem contratação dos aprovados no concurso de 2014 para amenizar o déficit de cerca de 20 mil empregados a menos na Caixa.

Os trabalhadores reivindicam maior proteção contra a Covid-19 nas agências, com a inclusão dos que atuam na linha de frente no grupo prioritário da vacina, e pelo pagamento integral da PLR Social.

COMPARTILHE

BRASIL REGISTRA MAIS 2.027 MORTES POR CORONAVÍRUS; TOTAL CHEGA A 383.502

Foto: Pedro Guerreiro/ Agência Pará/ Fotos Públicas

O Brasil registrou, nesta quinta-feira (22), 2.027 mortes por covid e 45.178 novos casos, de acordo com os dados enviados pelos estados ao Ministério da Saúde e ao Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde). O país atingiu, com estes números, 383.502 mortes e 14.167.973 pessoas que já foram diagnosticadas com a doença.

A média móvel de óbitos nos últimos 7 dias é de 2.580 e a média móvel de novos casos é de 60.185.São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul são os estados com o maior número de óbitos. A taxa de letalidade no Brasil é de 2,7%

De acordo com o Ministério da Saúde, o número de recuperados supera a marca de 12 milhões. País soma 27.518.053 vacinados contra a covid-19 com a primeira dose – 13% da população. Destes, 10.949.701 já receberam a segunda aplicação. (Com informações do R7)

COMPARTILHE

BRASIL REGISTRA 3.427 MORTES E 79.719 CASOS NOVOS EM 24 HORAS

Foto: Governo/SC

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) atestou a ocorrência de mais 3.427 mortes causadas pela Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo o mesmo conselho, o país teve ainda 79.719 novos casos. Já o Ministério da Saúde informou que 12.646.132 pessoas já se recuperaram.

Durante a pandemia, o país contabiliza 381.475 mortes e 14.122.795 óbitos. São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul são os estados com o maior número de vítimas fatais. A taxa de letalidade do coronavírus no Brasil é de 2,7%.

A média móvel dos últimos 7 dias é de 2.799 (falecimentos) e 64.184 (infecções diagnosticadas). O R7 informa ainda que 27.344.688 pessoas receberam a primeira dose das vacinas contra a covid-19 no país, o que corresponde a 12,91% da população, sendo que 10.819.784 já receberam a segunda dose.

COMPARTILHE

AVIÃO CAI NO AEROPORTO DA PAMPULHA, EM BH; 2 PESSOAS FICAM FERIDAS

Foto: Reprodução/TV Globo

Foto: Reprodução/TV Globo

A queda de um avião de pequeno porte no aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, está mobilizando equipes do Corpo de Bombeiros, na tarde desta terça-feira (20).

Com o acidente, os dois ocupantes do monomotor ficaram presos às ferragens do veículo, de acordo com a Itatiaia FM. Não há relatos das circunstâncias em que ocorreram o acidente.

COMPARTILHE

BRASIL ULTRAPASSA 4 MIL MORTES POR COVID-19 EM 24 HORAS

Foto: SecomAM/Divulgação

Foto: SecomAM/Divulgação

O Brasil bateu nesta terça-feira (6) novo recorde e registrou mais 4.195 mortes por Covid-19. O número, revelado pelo Conass (Conselho Nacional de Secretários da Saúde), equivale a uma morte a cada 20 segundos. Ao todo, 336.947 brasileiros perderam a vida para a doença causada pelo novo coronavírus.

Segundo dados da plataforma Our World in Data, associada à Universidade de Oxford, apenas dois outros países já tiveram mais de 4.000 vítimas da doença em um só dia: os Estados Unidos, em janeiro deste ano, e o Peru, em agosto de 2020, após a revisão de números represados.

Desde o início de março, o Brasil é o país em que mais se morre por Covid-19. Os Estados Unidos, segundo lugar com mais casos fatais, tiveram 515 óbitos na segunda, o último dado disponível — menos que a metade dos 1.319 registrados por aqui no mesmo dia. (Com informações da CNN Brasil)

COMPARTILHE

LG decide encerrar operações no mercado de celulares; fábrica brasileira será afetada

A empresa LG divulgou um comunicado nesta segunda-feira (5) com o anúncio de que vai encerrar as operações no mercado de celulares.  O Brasil acabará impactado, já que uma fábrica da empresa voltada para a produção de smartphones está localizada em Taubaté, no interior de São Paulo. A única da empresa nesse setor em toda América Latina. A informação foi publicada pelo portal G1. 

Segundo a reportagem, a fábrica de Taubaté tem cerca de mil funcionários. No local também são produzidos monitores. Cerca de 400 pessoas estão alocados na área de celulares. A expectativa é de que a produção de monitores em Taubaté não seja afetada pela medida. O anúncio desta segunda também não deve afetar a outra fábrica que a LG mantém no país, que fica em Manaus (AM) e produz aparelhos de ar-condicionado, geladeiras e outros eletrodomésticos da chamada linha branca.

A empresa atribuiu o encerramento do setor de smartphones a sucessivos prejuízos na área. Antes, a companhia havia tentado vender todo o setor, mas, sem sucesso, optou pelo encerramento das atividades. “Desde o segundo semestre de 2015, o nosso negócio global de celulares tem sofrido uma perda operacional por 23 trimestres consecutivos, resultando em um acumulado de aproximadamente 4,1 bilhões de dólares (US) [em perdas] até o final de 2020”, informou a LG em nota.

Os trabalhadores da divisão de celulares de Taubaté aprovaram estado de greve em 26 de março. Eles buscam negociação com a empresa diante das incertezas.

COMPARTILHE

AOS 84 ANOS, MORRE CANTOR AGNALDO TIMÓTEO VÍTIMA DO CORONAVÍRUS

Foto: Jardiel Carvalho/Divulgação

Foto: Jardiel Carvalho/Divulgação

O cantor Agnaldo Timóteo, de 84 anos, morreu neste sábado (3) no Rio de Janeiro vítima de complicações do novo coronavírus. O artista estava internado na UTI do Hospital Casa São Bernardo, na Zona Oeste do Rio, desde o dia 17 de março.

Em nota, a família do cantor afirmou que ele faleceu às 10h45 de hoje. “Temos a convicção que Timóteo deu o seu Melhor para vencer essa batalha e a venceu! Agnaldo Timóteo viverá eternamente em nossos corações! A família agradece todo o apoio e profissionalismo da Rede Hospital Casa São Bernardo nessa batalha”, afirmou, segundo o G1.

Em 2019, o cantor sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) pouco antes de se apresentar na cidade de Santa Rita de Cássia, no interior da Bahia. Ao passar mal, ele foi internado em Barreiras e depois transferido para o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), em Salvador.

CARREIRA

Agnaldo Timóteo nasceu na cidade de Caratinga, interior de Minas Gerais, em 16 de outubro de 1936. Ele começou a carreira se apresentando no Grêmio Literário Nossa Senhora das Graças e logo depois começou a cantar nos programas da Rádio Sociedade Caratinga.

Contudo, o sucesso chegou após ele gravar a música “Meu Grito”, de Roberto Carlos. O cantor gravou mais de 50 discos e ficou famoso com canções como “Ave-Maria”, “Mamãe” e “Os Verdes Campos De Minha Terra”.

Em 1982, Agnaldo Timóteo entrou na política e foi o deputado federal mais votado da história do Rio de Janeiro. Em 1994 foi reeleito e dois anos depois venceu a disputa para vereador, também no Rio de Janeiro. Em 2000 ele tentou se reeleger, mas voltou à política mesmo em 2004, quando foi eleito vereador em São Paulo.

COMPARTILHE

3.700 PESSOAS MORRERAM DE CORONAVÍRUS NAS ÚLTIMAS 24H NO BRASIL

Foto: Elineudo Meira/Fotos Públicas

O Brasil registrou 3.769 mortes em decorrência do novo coronavírus. Pelo terceiro dia consecutivo, o país contabilizou mais de 3.700 óbitos por causa da doença. Os dados desta quinta-feira (1) foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Em 72 horas, 11.418 brasileiros perderam a vida para a doença. Conforme o painel, 91.097 pessoas contraíram a Covid-19 nas últimas 24 horas. Desde o início da pandemia, 325.284 brasileiros morreram, 12.839.844 casos foram confirmados, 11.239.099 pessoas se recuperaram e 1.275.461 estão com o vírus ativo.

De acordo com os dados, São Paulo continua sendo o estado com mais casos e óbitos pela Covid-19, seguido de Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

COMPARTILHE

FAMÍLIA PERDE 8 PESSOAS PARA A COVID-19 EM PARINTINS, NO AMAZONAS

Foto: Arquivo/Familiar

O pai, a avó, cinco tios e uma prima. Oito sepultamentos por Covid-19 de pessoas da mesma família foram vivenciados pela vendedora Rebeca Paulain Almada, 23, de Parintins, no Amazonas. A família Almada perdeu sua matriarca, Jandira, 95, 5 dos 22 filhos que ela teve (Heloisa, 79, Heider Augusto, 76, Eduardo Jorge, 67, Gilberto, 61, e Zomar, 56), a neta e o genro de Jandira, Tereza Cristina, 40, e Eduardo Gomes, 57. No dia 22 de junho do ano passado, morreu Tereza Cristina. A primeira perda ficou deslocada da série que viria em 2021. Ela tinha apenas 40 anos e chegou a relatar na rede social o drama antes de morrer. “Pra complicar, pneumonia viral moderada e um agravante, tenho lúpus”. Em janeiro deste ano, enquanto muitos parintinenses se aglomeravam nas ruas, Rebeca se via entre o hospital Jofre Cohen, o cemitério municipal São José e a transferência dos parentes graves para Manaus.

“Eu não sabia o que fazer. Via o vale da sombra da morte na nossa casa.” Parintins é uma das cidades mais atingidas pela Covid-19 no Amazonas, com 9.112 casos e 312 mortos, segundo dados da prefeitura desta segunda-feira (29). No dia 8 de janeiro, morreu Heloísa, no auge do contágio após o surgimento da variante P1. Uma semana depois a família perdeu Heider, em casa, onde montaram uma enfermaria. “Acabou o oxigênio, nós não conseguimos repor a tempo”, relembra Rebeca. Três filhos de Jandira e o cunhado morreram antes de sua partida, no dia 21 de fevereiro. Jandira havia criado 22 filhos em Parintins. A notícia da morte da filha Heloísa a estremeceu. Mortes sem despedida. “Minha avó era forte.

Mas quando a tia Heloísa morreu, ficou arrasada e disse que não suportaria mais viver. Foi quando decidimos não contar mais nada.” Os domingos, os feriados e os aniversários da família Almada não deixavam dúvidas. Aqueles irmãos eram carne, unha e coração. As reuniões em família, as fotos, o violão sobre a perna, a cadeira de balanço, a rede. Tudo lembrava amor, união e felicidade. As filas de ambulâncias e de cortejos no Amazonas evidenciavam o colapso. “Meu pai adoeceu cuidando do meu tio Zomar”, aponta Rebeca. A luta de Rebeca, então, passou a ser a de salvar o tio Eduardo Jorge e o pai, Gilberto. No dia 2 de março, já exausta, Rebeca perdeu o quinto tio. Morre Eduardo. Restava se agarrar às últimas forças pelo pai.

O professor Gilberto, aos 61, intubado por complicações da Covid-19, sofreu um AVC no dia 14 e infelizmente tornou-se a oitava vítima da família. “Recebi a ligação me chamando ao hospital. Meu pai queria muito viver, ele lutou muito, mas havia pouco a ser feito. Quando eu vi os exames, eu sabia”. Restou a saudade e um recado de Rebeca sobre o sofrimento na pandemia. “A minha família acabou se contaminando porque alguém não se cuidou. Evitamos aglomerações, fizemos de tudo. Essas pessoas que andam sem máscaras, vão aos bares abertos, elas carregam um pouco de culpa. Dá uma revolta na gente. Será que essas oito mortes foram em vão?”

COMPARTILHE

3.650 PACIENTES MORRERAM DE CORONAVÍRUS NAS ÚLTIMAS 24 HORAS NO BRASIL

Foto: REUTERS/Amanda Perobelli

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) divulgou, no início da noite desta sexta-feira (26), o novo recorde nacional de mortes por Covid-19 no período equivalente a um dia. Segundo a organização, foram 3.650 óbitos em decorrência da doença nas últimas 24 horas. O país também registrou 84.245 novas contaminações pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas.

Com isso, são 12.404.414 casos confirmados da Covid-19 e 307.112 mortes em decorrência da doença desde a chegada da pandemia no Brasil. Os números reais podem ser ainda maiores, visto que, por problemas técnicos, não foram contabilizados os dados do Ceará nesta sexta-feira. (Com informações do BN)

COMPARTILHE

QUADRO DE SAÚDE DE AGNALDO TIMÓTEO, INTERNADO COM CORONAVÍRUS, PERMANECE GRAVE

Agnaldo Timóteo (Crédito: Reprodução/Instagram)

O cantor Agnaldo Timóteo permanece internado em estado grave em decorrência da Covid-19. Através de um comunicado divulgado pela família nas redes sociais na última quarta-feira (24), foi informado que o artista não teve mudança em seu quadro de saúde. O veterano deu entrada na UTI do Hospital Casa São Bernardo, no Rio de Janeiro, no dia 17 de março. “O quadro permanece inalterado.

A família continua se reunindo todos os dias às 20h para orações e convida os amigos e fãs a participarem dessa corrente de fé”, diz a nota. Os médicos acreditam que o artista tenha se contaminado com a doença no intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina. Apesar da gravidade do quadro, o cantor não foi submetido a ventilação mecânica invasiva.

COMPARTILHE

CANTOR CRISTIANO, DA DUPLA COM ZÉ NETO, CONTRAI CORONAVÍRUS E É INTERNADO EM SP

Foto: reprodução/Instagram @zenetoecristiano

O cantor Cristiano, da dupla com Zé Neto, foi internado nesta quarta-feira (24) por complicações do novo coronavírus. Segundo a assessoria de imprensa em uma publicação nas redes sociais, o artista está no Hospital da Base, em São José do Rio Preto, interior de São Paulo. “O sertanejo, que há alguns dias testou positivo para o vírus, apresentou oscilação em sua saturação e por esse motivo os médicos decidiram interná-lo para monitorar e evitar algum tipo de agravamento em seu estado de saúde. Cristiano está bem e agradece a todos pelo carinho e orações”, afirmou em nota. Na última quarta (17), Cristiano revelou nas redes sociais que havia testado positivo para a doença. Além dele, a esposa, Paula Vaccari, e os filhos do casal, Cristiano e Pietra, também contraíram a Covid-19.

COMPARTILHE

INTUBADO, COMEDIANTE PAULO GUSTAVO APRESENTA MELHORA EM QUADRO DE COVID

Ator está no grupo de risco por ser asmático – Foto: Reprodução | Instagram

Intubado após complicações em seu quadro infeccioso, causado pela Covid-19, o comediante Paulo Gustavo, de 42 anos, apresentou melhoras em seu estado de saúde nesta quarta-feira, 24. De acordo com a assessoria do artista, através do boletim informativo do hospital onde o ator está internado no Rio de Janeiro, o humorista apresentou uma boa resposta ao tratamento. “Paulo Gustavo vem apresentando, nas últimas 72 horas, uma curva de melhora mantida.

Em novo boletim, a equipe médica que o atende informou: ‘Os quadros clínico, laboratorial e radiológico do paciente demonstram boa resposta ao tratamento instituído pela equipe profissional, sobretudo nas últimas 72 horas. Continuamos confiantes em sua plena recuperação’. A família do ator agradece aos fãs pelo carinho e pede que continuem a enviar boas energias e orações para sua plena recuperação, assim como de todos os que se encontram na mesma situação”, informou.

COMPARTILHE

BRASIL ULTRAPASSA MARCA DE 300 MIL MORTES POR COVID-19

O Brasil ultrapassou nesta quarta-feira (24) a marca de 300 mil mortos por Covid-19 desde o início da pandemia. A mudança no sistema de notificação do Ministério da Saúde que causou atrasos no registros de mortes não impediu que o país registrasse a marca negativa. Na terça (23), pela primeira vez, o país teve registro de mais de três mil mortes em apenas 24 horas. O atual panorama apresenta colapso nos hospitais, tanto públicos quanto privados, UTIs lotadas e profissionais esgotados.

Um levantamento feito pela Agência CNN com as secretarias estaduais de Saúde mostra que, até o momento, 300.018 mortes foram registradas. Segundo projeções de população do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2020, somente 95 cidades do país —ou 1,7% do total— têm população superior a 300 mil pessoas. Foi dizimado um contingente humano do tamanho de Mossoró (RN) ou Suzano (SP), ou metade de uma Joinville (SC). Na média dos últimos sete dias, de cada 4 pessoas que morreram de Covid no planeta, 1 estava no Brasil.

COMPARTILHE

PETROBRAS ANUNCIA REDUÇÃO NOS PREÇOS DA GASOLINA E DO DIESEL

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Após cinco aumentos consecutivos, os preços da gasolina e do diesel vão cair nas refinarias a partir desta quinta-feira (25). O anúncio foi feito pela Petrobras na manhã desta quarta (24). Com a mudança, segundo o G1, o preço médio da gasolina passará a ser R$ 2,59 por litro e o do diesel, R$ 2,75. Ambas as quedas são de R$ 0,11. Só neste ano, as constantes altas nos combustíveis geraram uma crise interna no governo federal. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu indicar o general Joaquim Silva e Luna para substituir o presidente Roberto Castelo Branco no comando da Petrobras, o que gerou forte reação do mercado e fez a empresa perder R$ 75 bilhões em valor de mercado em apenas um dia.

COMPARTILHE

LOCKDOWN PASSA A SER DEFENDIDO POR GRANDES EMPRESÁRIOS

(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

A situação cada vez mais crítica do Brasil no enfrentamento à pandemia de Covid-19 tem feito crescer o apoio de grandes empresários ao lockdown. Medida defendida em carta aberta assinada por economistas, banqueiros e empresários, e agora reforçada por grandes nomes do setor privado com o fundador da Totvs, Laércio Cosentino. Na análise dele, faz-se necessário um lockdown curto, mas acompanhado de intensas campanhas para conscientizar a população, bem como um planejamento do transporte público com redução de aglomerações. Assim como ele pensa o presidente do conselho de administração da Ânima Educação, Daniel Castanho, que diz que é preciso agir rápido.

Ele ressalva que os fechamentos não deveriam ser aplicados em lugares onde o contágio estiver controlado, e a medida seria uma forma de corrigir erros de 2020. “Um absurdo ter proibido as escolas de abrirem no ano passado. Agora, neste momento em que os hospitais estão lotados, chegamos a um ponto em que não dá. Eu sou a favor do lockdown agora. E, infelizmente, com impacto na economia, várias pessoas estão desesperadas, passando fome. Tem que distribuir cesta básica. Estamos com uma situação muito complexa”, diz o empresário, segundo a coluna Painel, da Folha. “Só chegamos nisso porque, no momento em que estavam morrendo 300 por dia, as UTIs com ocupação de 10%, fechamentos escolas, restaurantes.

E, do outro lado, não tivemos agilidade para termos as vacinas, para conseguirmos nos estruturar para que pudéssemos voltar o mais rápido possível. Foi feito tudo errado. Mas agora, de maneira bem pragmática, eu sou a favor do lockdown nesse momento porque está faltando UTI. Várias pessoas estão morrendo por falta de infraestrutura. Isso a gente não pode permitir”, acrescentou ele. investidor Lawrence Pih defende o lockdown como única medida efetiva no momento, apesar das dificuldades que traz à população mais carente. “Se as medidas mais restritivas, as aquisições de vacinas, o apoio ao uso de máscaras e o distanciamento social tivessem sido implementados e encorajados, não estaríamos nesta situação dramática de hoje”, afirma Pih.

COMPARTILHE

PAULO GUSTAVO É INTUBADO EM DECORRÊNCIA DA COVID-19

Foto: Reprodução/TV Globo

O humorista Paulo Gustavo precisou ser intubado por causa da Covid-19. A informação foi  confirmada pela assessoria de imprensa do ator neste domingo (21).  “A assessoria do ator Paulo Gustavo confirma, por meio deste comunicado, que o ator, em plena consciência de seu estado, necessitou entrar em ventilação mecânica invasiva, para ser tratado de forma mais segura. Todas as medidas de segurança estão sendo tomadas e a equipe profissional que o atende permanece confiante na sua plena recuperação”, afirmou. Ele foi internado em um hospital privado no Rio de Janeiro no sábado (13), por conta de complicações da Covid-19.

COMPARTILHE

EM QUESTÃO DE DIAS, JORNALISTA DE MATO GROSSO DO SUL PERDE TODA A FAMÍLIA PARA A COVID-19

Foto: Reprodução / Rede Social

Foto: Reprodução / Rede Social

“Este lar era feito de quatro colunas que sustentavam um teto. Em uma semana, três colunas foram arrancadas sem nenhum aviso prévio. Eu me pergunto: como uma única coluna vai sustentar este teto?” Primeiro, a jornalista campo-grandense Súzan Benites perdeu a mãe, Roseneide Nara. Em seguida, morreu o único irmão, Rafael Benites. Na madrugada deste sábado (20), ela despediu-se do pai, Atanacildo Nara. Em um intervalo de oito dias, Benites, de 31 anos, viu toda a família desaparecer, vítima da Covid-19.

O seu namorado, Bruno Nascimento, recebeu alta neste domingo (21) após 11 dias internado com a doença. “Não existe lição, compreensão ou justificativa para um sofrimento tão grande. Há 15 dias, eu tinha um lar de muito amor, parceria, cumplicidade, planos, projetos, e hoje eu tenho nada. A única certeza que eu tenho é que fomos muito felizes juntos e seremos nós quatro para toda a eternidade”, escreveu, em sua página no Facebook. “Não resta nada de mim, porque eu não existo sem vocês. Espero mesmo encontrá-los em breve.

A dor é sufocante, mas meu amor ainda é muito maior”, escreveu. Semanas antes, Benites já havia perdido um amigo e colega do jornal Correio do Estado, onde é subeditora. O repórter fotográfico Valdenir Rezende, 55, morreu em 28 de fevereiro. Deixou dois filhos, que seguem a profissão do pai -um deles trabalha no mesmo veículo. A morte de Rezende e o drama de Benites em meio ao pior momento da pandemia em Mato Grosso do Sul vêm comovendo os jornalistas, que sofrem com hostilidades e insultos durante a cobertura da epidemia.

Na quinta-feira (18), a repórter da TV Morena (afiliada da Rede Globo) Luana Rodrigues gravava diante do Hospital Regional, em Campo Brande, quando uma mulher se aproximou da equipe, fez o sinal da cruz e disse: “Deus me livre desse povo que só fala de Covid”. “A gente fala e vai continuar falando”, disse Rodrigues, na reportagem. “O hospital está lotado. São 120 vagas para pacientes com Covid-19 e já estão todas ocupadas. Eles tiveram de improvisar leitos.

O hospital não tem profissionais em número suficiente para atender os pacientes porque parte deles está afastada por causa da Covid. Temos mais de 3.700 mortes aqui no estado, quase 200 mil casos e 31 mortes só hoje.” Em seguida, do estúdio, a apresentadora Bruna Mendes, com a voz embargada e em lágrimas, perguntou sobre a falta de leitos do hospital ao secretário de Saúde de Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende. “É uma corrida frenética, e infelizmente a gente tem de suportar esse tipo de agressão”, respondeu Resende. “Acredito que haja pessoas com apagão cerebral. Quem faz agressão à equipe de TV, qualquer que seja a emissora, é realmente porque acabou a empatia.”

COMPARTILHE

IDOSO MORRE APÓS ATENDIMENTO NO CHÃO DE UPA DEVIDO A FALTA DE LEITOS

Foto: Reprodução/Redes sociais

Um idoso morreu após ser atendido no chão de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Teresina (PI), devido a falta de leitos. O paciente chegou à unidade com uma parada cardiorrespiratória. Rapidamente a equipe iniciou o procedimento de reanimação no piso do local, mas ele não resistiu. O atendimento no chão da UPA foi registrado por outros pacientes e as imagens estão circulando nas redes sociais. O caso aconteceu na última quarta-feira (17). Não há informações se o homem tinha Covid-19. Com informações do UOL

COMPARTILHE