Polícia Federal apreende R$ 2 milhões como parte da Operação Patmos

Foto: Divulgação / Polícia Federal

A Polícia Federal apreendeu nesta quinta-feira (18) R$ 2 milhões como parte de um desdobramento da Lava Jato que foi deflagrado nesta quinta-feira (18). A Operação Patmos tem entre seus alvos os senadores Aécio Neves (PSDB-MG), Zezé Perrella (PMDB-MG) e o deputado Rocha Loures (PMDB-PR), além de pessoas ligadas a eles. A irmã de Aécio, Andréa Neves foi presa em casa, em Belo Horizonte. Além de dinheiro, a PF apreendeu documentos, livros contábeis e fiscais, arquivos eletrônicos e aparelhos de telefone. A Operação Patmos foi autorizada pelo ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). O magistrado expediu 41 mandados de busca e apreensão e 8 de prisão preventiva. Com informações do Bahia Noticias

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE