AURELINO LEAL: HOSPITAL GERAL E PSFS DO MUNICÍPIO ESTÃO FECHADOS A MAIS DE UMA SEMANA
DSCF2903

Hospital Geral foi fechado por várias irregularidades, falta de medicamentos e atraso de salários.

No dia 1º de setembro de 2011, a SESAB notificou o Hospital Geral por uma série de irregularidades, dentre elas podemos destacar: local inadequado para acomodação de alimentos perecíveis; falta de colchões nas enfermarias e sala de pre-parto; enfermarias desativas; higienização precária; falta de programa de imunização de profissionais; ausência de medida preventiva de controle de infecção hospitalar; acondicionamento do lixo em saco comum e em locais inadequados; ausência de equipamentos de proteção individual de funcionários e várias outras. A fiscalização deu um prazo de 90 dias para que essas irregularidades fossem sanadas, porém, não houve um mínimo de bom senso por parte da administração pública do município em resolver as questões supracitadas. No final de outubro deste ano a 7ª DIRES esteve em Aurelino Leal para fechar o hospital (lacrar), más atenderam a um pedido feito pela prefeita eleita, Liu Andrade, pois se eles fechassem a unidade, só poderia ser reaberta um anos depois. Hoje nossa equipe visitou o hospital e a situação continua na mesma, é lamentável o resultado dessa falta de compromisso do gestor.

DSCF2910

Prédio onde funciona o PSF Humberto Vieira Barbosa no Centro da cidade está com seis meses de aluguel atrasado.

O Hospital Geral do município encontra-se fechado sem realizar atendimento se quer de emergência. Sem medicamentos suficientes, aparelhos adequados para uso, e com salários atrasados em dois e três meses e alimentação precária, os funcionários decidiram por fechar a unidade hospitalar  (em greve).

ambulancia

Ambulância encostada na oficina a mais de um ano por falta de pagamento de mão de obra e peças.

O município tem três ambulâncias, porém, duas estão paradas em oficinas a mais de um ano. A lavanderia do hospital encontra-se em verdadeiro estado de sucata, a  geladeira enferrujada e o fogão quebrado.

DSCF2964

Lavanderia do hospital foi completamente sucateada pelo atual governo.

DSCF2960

Lixo fica acumulado nas dependências do hospital

Conversamos com alguns funcionários do H.G.A.L e eles confirmaram todas as informações citadas acima, inclusive nossa equipe pode constatar pessoalmente no hospital, porém, o secretário de saúde o Sr Maciel, disse que apenas os salários estão atrasados e que o restante das informações fornecidas pelos funcionários (técnicos de enfermagem, porteiros etc) não são verídicas. Segundo o secretário, os funcionários estão com dois meses atrasados (outubro e novembro) visto que dezembro só vence no dia 31. Ele disse ainda que os funcionários do H.G.A.L, P.S.Fs e  Agentes Comunitários de Saúde só receberão seus vencimentos através da Justiça que está fazendo o bloqueio da verba a pedido do sindicato através de seu presidente o Sr. Cristiano Pablo que foi procurado pela equipe de reportagem do site para comentar sobre o assunto mais não foi encontrado.

DSCF2911

“Maciel” culpa a ex-secretaria pelo descaso na saúde pública

Dos cinco PSFs do município quatro foram desabilitados pela SESAB por falta de prestação de contas, desvio de verbas na gestão da ex-secretária segundo nos informou o secretário atual, (relatório da CGU) o único habilitado é o da sede e encontra-se fechado também. Conforme relatório informado pela equipe de transição de governo, a estrutura física dos PSFs de Lage e Poço Central estão em condições razoáveis de funcionamento faltando alguns itens, como: reparos diversos e materiais para o atendimento aos pacientes. A unidade da sede, encontra-se com aluguéis atrasados em seis (06) meses e por conta desse atraso há uma possibilidade que seja mudado de local pois o proprietário do imóvel não tem pretensões de continuar com o contrato de aluguel do ponto. A Prefeita está com bastante dificuldade em contratar profissionais da saúde (médicos, anestesistas e outros) por conta do descrédito que o município tem impregnado em todos os setores profissionais. A saúde só voltará a funcionar a partir de 1º de janeiro de 2013. (Redação: Carlos Hagge/Ubaitaba Urgente)

Comente pelo Facebook
COMPARTILHE