GERAL







BAHIA AUTORIZA TRATAMENTO QUE ASSOCIA HIDROXICLOROQUINA E AZITROMICINA PARA PACIENTES COM CORONAVÍRUS

O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, anunciou hoje (8) que o Governo do Estado vai liberar, mediante prescrição médica, o uso da associação dos medicamentos hidroxicloroquina e azitromicina para pacientes internados no Sistema Único de Saúde (SUS) com diagnóstico positivo para coronavírus (Covid-19). A deliberação ocorreu durante reunião da comissão científica criada pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) para analisar as evidências científicas envolvendo a Covid-19, que aconteceu na tarde desta quarta-feira.​

De acordo com Vilas-Boas, que preside a comissão, “a recomendação é que os pacientes hospitalizados recebam os medicamentos o mais precocemente possível após a internação”,  ao apontar que temos estoque suficiente para atender até 50 mil pacientes.​ Já o infectologista e presidente do Comitê Estadual de Combate ao Coronavírus, Antônio Bandeira, destaca que “outras alternativas terapêuticas também serão disponibilizadas para emprego no tratamento de pacientes hospitalizados, tais como Ivermectina e Tocilizumabe”. ​

O pesquisador e infectologista Roberto Badaró, integrante do Comitê Científico do Consórcio Nordeste e diretor do Instituto de Ciências da Saúde do Cimatec, explica como funciona a adoção de protocolos. “Há uma evolução muito grande nos modos de tratamento, visto que é uma doença nova e estamos aprendendo como realmente é a epidemia. Os especialistas procuram organizar protocolos de tratamento para não prejudicar os pacientes com remédios experimentais, nem com tentativas desesperadoras de salvar o paciente. Mas a experiência já acumulada nos direciona pra saber quem deve tomar hidroxicloroquina, quem não deve, quem deve ficar em casa e quem deve ser hospitalizado e tratado o mais precocemente possível. E isso só consegue ser ordenado se fizermos esses protocolos. E eles são feitos por quem tem experiência e responsabilidade com a saúde pública”, detalha.​

Participam também do comitê técnico-científico, a subsecretária da Saúde, Tereza Paim, o diretor geral de Gestão das Unidades Próprias, Igor Lobão, a infectologista e diretora geral do Instituto Couto Maia, Ceuci Nunes, o pneumologista Sérgio Jezler e o superintendente de Assistência Farmacêutica, Ciência e Tecnologia em Saúde, Luiz Henrique d’Utra.

COMPARTILHE

BAHIA REGISTRA 515 CASOS DE COVID-19 E 128 PESSOAS CURADAS

A Bahia registra 515 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 5,54% do total de casos notificados. Até o momento, 3.404 casos foram descartados e houve 18 óbitos, sendo onze do município de Salvador e sete nos municípios de Lauro de Freitas (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1),  Ipiaú (1) e Uruçuca (1). Os dois últimos óbitos são de mulheres de 72 e 63 anos, sendo residentes em Ipiaú e Uruçuca, respectivamente. Ambas eram cardiopatas e estavam internadas em hospitais públicos.​

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta quarta-feira (8). Ao todo, 128 pessoas estão recuperadas e 50 encontram-se internadas, sendo 28 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.​

Os casos confirmados estão distribuídos em 59 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (56,31%). A mediana de idade é 40 anos, variando de 4 dias a 96 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 26,80% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100 mil habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (6,87/100.000 hab), indicando o maior risco de adoecer entre essa faixa etária.​

COMPARTILHE

INTERNADO POR COVID-19, MORADOR DE RUA FOGE DO HOSPITAL E PEGA MOTOTÁXI

Internado desde há pouco mais de uma semana por conta do novo coronavírus, um homem que vive em situação de rua na cidade de Parintins, interior do Amazonas, fugiu do hospital onde recebia tratamento e permanecia em isolamento. Na fuga, o homem, que não teve a identidade revelada, ainda carregou colado ao corpo os eletrodos utilizados nos procedimentos.

De acordo com o G1, ele deixou a unidade hospitalar a pé e em seguida subiu em um mototáxi. Segundo a Coordenação de Vigilância em Saúde da cidade, a fuga foi motivada por um surto de abstinência.  Parintins possui cinco casos confrimados da doença e o estado do Amazonas 630. (Informações: G1)

COMPARTILHE

JEQUIÉ: PREFEITURA ANUNCIA CANCELAMENTO DO SÃO JOÃO EM DECORRÊNCIA DA PANDEMIA

A prefeitura de Jequié anunciou, nesta quarta-feira (8), o cancelamento do São João deste ano no município. A decisão é motivada pelos efeitos da pandemia do novo coronavírus, que já possui um caso confirmado na Cidade Sol e gerou declaração de emergência de saúde pública.

Em nota, a gestão municipal ressaltou a importância da festa pública de São João para as pessoas e para a economia do município, visto que reúne famílias, impulsiona o turismo e “envolve emocionalmente o povo nordestino, que tem nos festejos juninos a marca de sua identidade cultural”.

A prefeitura também lamentou o cancelamento da festa, destacando que “sociedade civil e autoridades públicas, em todos os níveis, devem somar esforços no sentido de conter o avanço desta pandemia”.

COMPARTILHE

BAHIA REGISTRA O 16º ÓBITO POR COVID-19

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que registrou, nesta quarta-feira (8), o 16º óbito pelo novo coronavírus (Covid-19) no estado. O paciente era um homem de 76 anos, residente em Araci, com comorbidades associadas. O paciente estava internado em um hospital público do município e veio a falecer em 6 de abril, após o início dos sintomas em 4 de abril.

COMPARTILHE

RUI SE REÚNE COM PREFEITOS PRESIDENTES DOS CONSÓRCIOS DE SAÚDE: “TEMOS QUE ESTAR JUNTOS”

Fotos: Mateus Pereira/ GOVBA

Fotos: Mateus Pereira/ GOVBA

Em reunião por videoconferência, o governador Rui Costa conversou com os prefeitos presidentes dos Consórcios Interfederativos de Saúde da Bahia sobre ações de combate ao novo coronavírus.  “Foram quatro horas de conversa em que discutimos estratégias para enfrentarmos juntos esta guerra contra o coronavírus. Um dos pontos de destaque foi a implantação e funcionamento das unidades regionais específicas para atender a pacientes que testaram positivo”, afirmou Rui.

O governador pediu união aos prefeitos para que a Bahia possa superar o momento difícil: “os consórcios são muito importantes porque unem os municípios numa rede. Eu deixei um pedido aos presidentes para que se reúnam, também por videoconferência, com os prefeitos dos municípios que integram os consórcios para repassar as orientações que nós demos. Temos que estar juntos. Só muito trabalho e união para vencer esse inimigo poderoso”. Ao todo, 26 prefeitos participaram da reunião realizada na tarde de segunda-feira(6), que também contou com a participação do Secretário de Saúde do Estado (Sesab), Fábio Vilas-Boas.

No estado já estão implantados os consórcios do Litoral Norte/Agreste Baiano (Alagoinhas), Barreiras, Brumado, Portal do Sertão (Feira de Santana), Alto Sertão (Guanambi), Irecê, Itabuna/Ilhéus, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Nordeste II (Ribeira do Pombal), Metro Recôncavo Norte, Santa Maria da Vitória, Reconvale (Santo Antônio de Jesus), Senhor do Bonfim, Extremo Sul da Bahia (Teixeira de Freitas), Baixo Sul (Valença) e  Vitória da Conquista/Itapetinga. Outros dois consórcios estão em implantação: Itaberaba/Seabra e Serrinha.

COMPARTILHE

BAHIA REGISTRA O 13º ÓBITO POR COVID-19

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que registrou, nesta terça-feira (7), dois novos óbitos pelo novo coronavírus (Covid-19) no estado.  Os pacientes eram homens com 26 e 53 anos, ambos com comorbidades associadas, e estavam internados em estado grave em um hospital público da capital baiana. ​

O paciente de 26 anos foi internado em 2 de abril e faleceu hoje. Era hipertenso, obeso e residente no município de Adustina. Já o paciente de 53 anos era residente  em Lauro de Freitas, com histórico de tabagismo e etilista.

COMPARTILHE

GOVERNADOR ANUNCIA PRORROGAÇÃO DO FECHAMENTO DAS ESCOLAS NA BAHIA

Foto: Paula Fróes/GOVBA

Durante #PapoCorreria, transmitido ao vivo pela internet nesta terça-feira (7), o governador Rui Costa informou que as escolas públicas e privadas de todo o estado terão o período de fechamento adiado por conta da pandemia do novo coronavírus. “Vamos prorrogar o fechamento das escolas. Ainda não está no momento de nós pensarmos na abertura. Vamos acompanhar as próximas duas, três semanas, para ver como se comporta a curva de contaminação na Bahia”, afirmou.

Um decreto estadual publicado em 19 de março suspendia por 30 dias as aulas, mas uma nova data para o fim da medida será definida e anunciada pelo governador nos próximos dias. Rui disse ainda que as cidades baianas sem casos registrados de coronavírus por 15 dias, ou seja, até o próximo domingo (12), terão flexibilidade nas regras de isolamento. “É desta forma que vamos conseguir controlar e manter um ponto de equilíbrio entre a vida humana e alguma atividade necessária pra manter emprego e renda na vida das pessoas.

É preciso um ajuste fino, um controle muito detalhado de cada região e é isto que estamos fazendo dia e noite para garantir o controle e a vida do ser humano”, destacou. Atualmente, 62 cidades baianas estão com transporte intermunicipal suspenso até 15 de abril, por determinação do governador. Também até esta data está proibida a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais, em todo território do Estado da Bahia.

Esta edição do #PapoCorreria teve participação do secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, e está disponível, na íntegra, nos perfis oficiais do governador no Youtube, Instagram e Facebook.

COMPARTILHE

SITE E APP DE INSCRIÇÃO PARA RECEBER AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 600 É LIBERADO; CONFIRA AQUI

O site e o aplicativo disponibilizados pela Caixa Econômica Federal (CEF) para inscrição no Cadastro Único (NIS) já podem ser acessados na manhã desta terça-feira (7). Para receber a renda básica emergencial, que pode ser de R$ 600 ou R$ 1,2 mil, as pessoas de baixa-renda que não estão inscritas em nenhuma base de dados do governo precisam fazer o cadastro no sistema (acesse aqui).

Os requisitos para receber o auxílio são: ter mais de 18 anos; não ter emprego formal; não receber benefícios previdenciários, assistenciais, seguro-desemprego ou ser contemplado por um programa de transferência de renda federal; ter renda mensal de até R$ 522,50 por pessoa ou de até R$ 3.135,00 de renda familiar total; não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28 mil em 2018; e atuar como microempreendedor individual (MEI), ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social ou atuar como trabalhador informal.

Como adiantado pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, o pagamento também deve começar nesta terça para informais já inscritos no CadÚnico. Na ocasião, ele disse que quem tem conta na Caixa ou no Banco do Brasil vai receber o auxílio entre hoje e amanhã. A expectativa do governo é de que essa primeira rodada de pagamentos contemple entre 10 milhões e 18 milhões de trabalhadores. Mas o calendário geral com o cronograma de pagamentos ainda não foi divulgado.

CORONAVÍRUS

A medida visa minimizar o prejuízo de informais que perderam renda em meio à crise provocada pelo novo coronavírus, uma vez que diversas atividades foram suspensas e o Ministério da Saúde recomenda que as pessoas não saiam de casa para conter a disseminação do vírus. Inicialmente, o governo federal estipulou a quantia em R$ 200, mas o Congresso aprovou o aumento para R$ 600, podendo chegar a R$ 1,2 mil se tratando de mães que são chefes de família. O benefício será pago pelo período de três meses para pessoas que atendem aos requisitos expostos acima.

COMPARTILHE

CHINA REGISTRA 1º DIA SEM MORTES POR COVID-19

Foto : Governo da China

Nas últimas 24 horas, a China não registrou morte por Covid-19. A situação é inédita desde o início da publicação de estatísticas sobre a epidemia do coronavírus em janeiro. A informação foi dada por autoridades de saúde hoje (7). O país onde o novo coronavírus surgiu, no final do ano passado, informou sua primeira morte pela doença no dia 11 de janeiro. Desde então, foram 3.331 mortes.No entanto, o número diário de mortes cai há semanas e ontem (6) ocorreu somente uma morte.

Os novos casos de contágio na China continental também caem desde março. No entanto, o país enfrenta uma segunda onda de infecções provocada por viajantes que chegam do exterior. Apenas hoje foram confirmados 32 novos casos de contágio desse tipo. A Comissão Nacional de Saúde afirma que o país registra mil casos importados. Ainda foram registrados 30 novos pacientes assintomáticos, o que eleva o total de infectados no país a 1.033.

COMPARTILHE

ESTADOS UNIDOS TÊM MAIS DE 10 MIL MORTES POR COVID-19

Foto : Keegan Barber

Os Estados Unidos chegou a mais de 10 mil mortes causadas pelo novo coronavírus hoje (06), de acordo com um levantamento da Reuters. Com mais de 338 mil casos confirmados da Covid-19, o país é o terceiro mais afetado, 10.297 pessoas morreram da doença. A Casa Branca alertou hoje que os americanos devem se preparar para enfrentar uma semana marcada pela “morte” e por “tristezas”, à medida que o número de infectados no país aumenta.

“Essa será a semana mais difícil e mais triste da vida da maioria dos americanos, sendo bem franco. Esse será o nosso momento de Pearl Harbor, o momento do 11 de setembro, mas não será restrito a uma área”, declarou em entrevista a Fox News o cirurgião-geral dos EUA, Jerome Adams, que atua como o ministro da Saúde do país. “Isso vai acontecer em todo o país, e eu quero que os EUA entendam isso”, concluiu.

O secretário assistente de Saúde, o médico Brett Giroir, afirmou que os Estados Unidos devem se preparar para o “pico de morte” que acontecerá nesta semana, no país e chamou atenção para a situação de Nova York, Nova Jersey, Connecticut e Detroit, regiões bastantes afetadas pela Covid-19. Apesar do cenário do país, governadores de oito estados americanos relutam em declarar quarentena. Algumas igrejas, de estados diversos, também foram contra a orientação dos especialistas de evitar aglomerações e fizeram grandes cultos neste domingo de Ramos (05).

COMPARTILHE

BAHIA TEM 437 CONFIRMAÇÕES DA COVID-19

Bahia registra 437 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 6,7% do total de casos notificados. Até o momento, 2.511 casos foram descartados e houve dez óbitos, sendo 08 no município de Salvador (05 idosos do sexo masculino, 01 idosa do sexo feminino, 01 pessoa do sexo masculino de 55 anos e 01 pessoa de 41 anos do sexo feminino), 01 óbito no município de Utinga (sexo masculino, 80 anos) e 01 no município de Itapetinga (sexo feminino, 28 anos). A letalidade foi de 2,28%.

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta segunda-feira (6). Ao todo, 83 pessoas estão recuperadas e 46 encontram-se internadas, sendo 26 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais. A mediana de idade é 40 anos, variando de 4 dias a 96 anos.

A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 26,77% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (5,92/100.000 hab), indicando o maior risco de adoecer entre essa faixa etária. Os casos confirmados estão distribuídos em 51 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (59,95%). Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.

COMPARTILHE

BRASIL TEM 12.056 CASOS CONFIRMADOS E 553 MORTES POR CORONAVÍRUS

A atualização nos números do coronavírus no Brasil indicam que as mortes pela Covid-19 chegaram a 553 e o número diagnósticos positivos é de 12.056 no país nesta segunda-feira (6). Os dados são computados pelo Ministério da Saúde com informações das secretarias estaduais de saúde.

A taxa de letalidade da doença no país subiu para 4,6%. No domingo (5), havia 486 mortes e 11.130 casos confirmados. Em relação ao balanço anterior, foram acrescentadas 67 mortes e 926 casos confirmados.

COMPARTILHE

GOVERNO DA BAHIA PRETENDE DISTRIBUIR MÁSCARAS GRATUITAMENTE PARA POPULAÇÃO

Reforçando a necessidade de uso de máscaras pelos baianos para diminuir a contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19), o secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, informou em entrevista para a TV Record Itapoan na tarde desta segunda-feira (06), que o Governo do Estado pretende distribuir o material de forma gratuita.

“Nossa meta é ajudar, através de empresários, a distribuir máscaras gratuitamente para a população. Quem não puder e não tiver acesso, pode construir em sua casa. Qualquer tipo de máscara de tecido é melhor que nenhuma”, ressaltou o secretário.

Desde a semana passada a pasta tem recomendado que todos que precisem sair às ruas usem a proteção. O Governo do Estado criou uma campanha para estimular o uso e mostrou como fazer um tutorial ensinando como confeccionar máscaras caseiras.

COMPARTILHE

BAHIA REGISTRA NONO ÓBITO PELO NOVO CORONAVÍRUS (COVID-19)

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que registrou, neste domingo (5), o nono óbito pelo novo coronavírus (Covid-19) no estado. O paciente era um homem de 87 anos, que faleceu na última sexta-feira (3) e cujo resultado laboratorial foi divulgado hoje (5).

Ele tinha Alzheimer e foi  internado em estado grave um hospital público na capital baiana em 3 de março, com quadro de insuficiência respiratória. O paciente era residente de Salvador.

COMPARTILHE

BAHIA TEM 401 CASOS CONFIRMADOS DE COVID-19

Bahia registra 401 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). Até o momento, 1914 casos foram descartados e houve nove óbitos, sendo sete de residentes em Salvador, um em Utinga e outro em Itapetinga. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 12 horas deste domingo (5). Ao todo, 63 pessoas estão recuperadas e 27 encontram-se internadas, sendo 19 em UTI.

COMPARTILHE

BRASIL ULTRAPASSA MARCA DE 10 MIL CASOS DE CORONAVÍRUS; 431 MORRERAM

Em transmissão ao vivo, no final da tarde deste sábado (4), o Ministério da Saúde atualizou dados do cenário de pandemia do novo coronavírus no Brasil. São 10.278 pessoas infectadas e 431 mortas pela Covid-19 nas regiões Norte, Nordeste, Sufeste, Centro-Oeste e Sul. País é 16º no ranking da doença no mundo. Ocupa ainda o 14º lugar em óbitos e o 8º quanto à letalidade. Aqui, a mortalidade da doença, com os dados atualizados, passa a ser de 4,2%. São Paulo é líder absoluto em número de infectados (4.466) e número de mortos (260).

Nas últimas 24 horas foram notificados 1.222 casos – aumento de 13% em relação à sexta-feira (3). O mesmo ocorre no número de mortes: um incremento de 72 mortes, 20% em relação ao total de ontem (359). O Ministério da Saúde considera, ainda, que estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Amazonas e Distrito Federal podem viver uma aceleração descontrolada da pandemia. (Informações: Bahia.ba)

COMPARTILHE

HOSPITAL CONFIRMA OITAVA MORTE POR COVID-19 NA BAHIA

Chega a oito o número de mortos pelo novo coronavírus na Bahia. Segundo informações divulgadas pelo Hospital Aeroporto, neste sábado (4), um paciente de 55 anos não resistiu às complicações da doença e faleceu no período da tarde.

A unidade hospitalar, que fica no município de Lauro de Freitas, também informou, na sexta-feira (3), que no local há outro dois pacientes internados com Covid-19. No final da tarde, a Sesab informou em seu último boletim que há 336 pessoas infectadas pelo coronavírus no estado e 63 delas já foram curadas. (Informações: Bahia Notícias)

COMPARTILHE

CORONAVÍRUS ATINGE QUASE 10 PESSOAS NO DEPARTAMENTO DE JORNALISMO DA TV GLOBO

A pandemia de coronavírus já atinge quase 10 pessoas no departamento de jornalismo da TV Globo. A emissora registrou 17 casos suspeitos apenas no setor e, deste total, oito testaram positivo.

Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, dois deles estão internados, cinco manifestaram sintomas leves e um está assintomático. Já os demais casos suspeitos testaram negativo para a Covid-19.

Esses números foram comunicados pela própria direção à equipe. O jornalismo da Globo, assim como o de outras redações no país e no mundo, tem adotado uma série de medidas para manter o trabalho, que é essencial, e proteger os funcionários. No caso da emissora, os repórteres passaram a usar máscaras nas redações e nas ruas.

COMPARTILHE

BAHIA: RUI COSTA PRORROGA SUSPENSÃO DE TRANSPORTE INTERMUNICIPAL ATÉ 15 DE ABRIL

O Governo do Estado prorrogou, até o próximo dia 15 de abril, a suspensão do transporte intermunicipal em cidades da Bahia. A medida foi publicada no Diário Oficial deste sábado (4) e tem como objetivo conter o avanço da contaminação por coronavírus na população baiana.

A suspensão estava programada até este domingo (5), mas foi estendida por mais 10 dias. Além disso, o governador Rui Costa também prorrogou a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais, no território do baiano. Na publicação, o governador incluiu os municípios do Conde, Uruçuca, Itapetinga, Conceição do Coité e Utinga na medida restritiva. Nestas cinco cidades, a suspensão terá início a partir deste domingo.

Com isso, já são 49 municípios com o transporte suspenso na Bahia: Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro, Prado, Lauro de Freitas, Simões Filho, Vera Cruz, Itaparica, Itabuna, Ilhéus, Itacaré, Camaçari, Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Guanambi, Vitória da Conquista, Santa Maria da Vitória, Correntina, Entre Rios, Jequié, Brumado, Conceição do Jacuípe, Juazeiro, Teixeira de Freitas, Nova Soure, São Domingos, Canarana, Ipiaú, Itagibá, Itamaraju, Itororó, Pojuca, Dias D’Ávila, Alagoinhas, Barra, Candeias, Coaraci, Itajuípe, Medeiros Neto, Santa Cruz Cabrália, Barra do Rocha, Eunápolis, Belmonte, Conde, Uruçuca, Itapetinga, Conceição do Coité e Utinga.

Ficam suspensas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. Em algumas cidades sem casos de coronavírus, o sistema de transporte intermunicipal foi suspenso porque está integrado ao de municípios com registros da doença. (Informações: Bahia.ba)

COMPARTILHE

GOVERNO VAI CAPACITAR PROFISSIONAIS DA SAÚDE PARA COMBATER COVID-19

Movimentação de idosos no posto da 612 Sul para Vacinação contra Influenza

O Ministério da Saúde vai capacitar profissionais da área de saúde nos protocolos clínicos oficiais de enfrentamento à pandemia de covid-19, por meio de cursos a distância. A Portaria nº 639/2020 que institui a ação estratégica O Brasil Conta Comigo – Profissionais da Saúde foi publicada hoje (2) no Diário Oficial da União.

O cadastramento é obrigatório e pode ser feito na internet. Após o preenchimento do formulário, o profissional receberá um link de acesso aos cursos de capacitação.

A medida do governo considera a necessidade de mobilização da força de trabalho em saúde para a atuação serviços ambulatoriais e hospitalares do Sistema Único de Saúde (SUS) para responder à situação de emergência em saúde causada pelo novo coronavírus.

Os conselhos nas áreas da saúde deverão enviar ao Ministério da Saúde os dados dos seus profissionais e, por sua vez, o ministério vai identificar e informar aos conselhos os respectivos profissionais que não preencheram o cadastro ou que não concluíram os cursos.

A ação abrange as áreas de serviço social, biologia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia e terapia ocupacional, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, psicologia e técnicos em radiologia.

Será criado, então, um cadastro geral de profissionais habilitados que poderá ser consultado por gestores federais, estaduais, distritais e municipais do SUS, em caso de necessidade, para orientar suas ações de enfrentamento à covid-19.

Ontem (1º), o Ministério da Saúde também publicou edital para o cadastro de alunos dos cursos de medicina, enfermagem, farmácia e fisioterapia para atuar no enfrentamento ao novo coronavírus no país. Agencia Brasil

COMPARTILHE

BRASIL: CAIXA LANÇARÁ NA TERÇA APLICATIVO PARA CADASTRO EM RENDA EMERGENCIAL

Aplicativo Caixa Econômica Federal- FGTS.

A partir da próxima terça-feira (7), dezenas de milhões de brasileiros poderão baixar um aplicativo lançado pela Caixa Econômica Federal que permitirá o cadastramento para receberem a renda básica emergencial, de R$ 600 ou de R$ 1,2 mil, no caso de mães solteiras. O banco também lançará uma página na internet e uma central de atendimento telefônico para a retirada de dúvidas e a realização do cadastro.

O próprio aplicativo avaliará se o trabalhador cumpre os cerca de dez requisitos exigidos pela lei para o recebimento da renda básica. O pagamento poderá ser feito em até 48 horas depois que a Caixa Econômica receber os dados dos beneficiários, mas o presidente do banco não se comprometeu em apresentar uma data específica. Quem não tem conta em bancos poderá retirar o benefício em casas lotéricas.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou que o banco lançará outro aplicativo, exclusivo para o pagamento da renda básica. O benefício será depositado em contas poupança digitais, autorizadas recentemente pelo Conselho Monetário Nacional, e poderá ser transferido para qualquer conta bancária sem custos. Segundo ele, o calendário de pagamentos será anunciado na próxima semana, depois de o banco conhecer o tamanho da população apta a receber a renda básica emergencial.

Segundo Guimarães, o decreto que regulamenta a lei que instituiu o benefício será finalizado hoje, mas ele não informou se o texto será publicado ainda nesta sexta-feira (3) ou no início da próxima semana. Na segunda-feira (6), a Caixa Econômica detalhará o funcionamento dos dois aplicativos.

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, informou que só precisarão se inscrever no aplicativo microempreendedores individuais (MEI), trabalhadores que contribuem com a Previdência Social como autônomos e trabalhadores informais que não estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Caso o trabalhador esteja inscrito no cadastro único, o aplicativo avisará no momento em que ele digitar o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

BOLSA FAMÍLIA

Os beneficiários do Programa Bolsa Família não precisarão baixar o aplicativo. Segundo Onyx, eles já estão inscritos na base de dados e poderão, entre os dias 16 e 30, escolher se receberão o Bolsa Família ou a renda básica emergencial, optando pelo valor mais vantajoso.

O ministro da Cidadania lembrou que o benefício de março do Bolsa Família terminou de ser pago no último dia 30. Para ele, o pagamento do novo benefício a essas famílias antes do dia 16 complicaria o trabalho do governo federal, que ainda está consolidando a base de dados, de separar os grupos de beneficiários.

“A lei cria uma série de regras. Temos de fazer filtragem da base de dados. O que acontece? A base já existe. O maior desafio está nas pessoas que não estão em base nenhuma, por isso criamos a solução via aplicativo, internet e central de telefones”, explicou o presidente da Caixa.

Ele lembrou que, no caso do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), um terço dos 60 milhões de pagamentos foi feito por aplicativo. Para Guimarães, o índice deve ser semelhante com o novo benefício emergencial.

DESAFIO

Para o ministro da Economia, Paulo Guedes, que participou da apresentação, o grande desafio do governo não consiste em eventuais atrasos na aprovação de medidas, mas na própria montagem da logística. “Não são um ou dois dias de atraso ou de antecipação. Desde que começamos a formular o programa, o grande desafio é a logística de entrega. É um cronograma quase físico de capturar os cadastros. Não é a aprovação que vai mudar o cronograma físico”, destacou.

Guedes destacou que, em três semanas, o governo saiu de zero para cerca de R$ 800 bilhões em programas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus e de manutenção dos empregos. A conta, que envolve não apenas gastos novos, mas antecipações de despesas, adiamento de tributos e remanejamentos, está, segundo o ministro, em 3,4% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos). “Nenhum país emergente fez uma movimentação tão rápida de liberação de recursos como o nosso. A implementação está no mesmo ritmo dos Estados Unidos, um país que tem experiências com catástrofes”, declarou.

O ministro cobrou a união de prefeitos, governadores, Executivo federal, Legislativo e Judiciário para andar com as medidas. Em relação à necessidade da aprovação da proposta de emenda à Constituição do orçamento de guerra para a liberação do benefício, o ministro disse que a ala jurídica do Ministério da Economia tinha dado aval para o início do pagamento, mas que a ala econômica da pasta tinha receio de que o descumprimento da regra de ouro, que proíbe a emissão de dívida pública para gastos correntes, prejudicasse o governo, mesmo com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, tendo autorizado os gastos extras. Com informações da agencia Brasil

COMPARTILHE

SEGURANÇA QUE MORREU POR CORONAVÍRUS ‘SÓ SAIU PARA IR AO MERCADO’, DIZ FILHA

Foto: Luís Adorno / Uol

Foto: Luís Adorno / Uol

A filha do segurança particular Edson Oenning, 45, que morreu em decorrência da Covid-19, contou que o pai só tinha saído para ir ao mercado desde o início da quarentena. A morte dele foi registrada nesta quinta-feira (2), em um hospital particular da zona oeste da cidade, de acordo com o Uol. Ele havia sido liberado do trabalho três semanas antes, e estava junto com sua mulher e os três filhos na casa da família, localizada no Brás, região central de São Paulo.

No começo da semana passada, o segurança foi ao mercado, acompanhado da esposa, para comprar alimentos e álcool gel. Assim que voltou para a casa, os sintomas começaram. Edson sentiu falta de ar e dor no corpo, principalmente na região do peito. Na terça-feira (24), a família o levou para um pronto-socorro particular, e foi-lhe dito para voltar para casa. Na quinta-feira (26), o segurança retornou ao hospital por não conseguir respirar, e em seguida foi entubado na UTI de outra unidade.

Uma melhora foi apresentada na terça desta semana (31). No entanto, na quinta (02), o rim dele tinha parado de funcionar e havia água em seu pulmão. A morte ocorreu às 6h. Apesar de a filha, Jaqueline Gomes da Silva, de 22 anos, ter contado sobre a saída ao mercado, é difícil detectar o momento da infecção, já que os sintomas costumam demorar alguns dias para aparecer. (Informações: UOL)

COMPARTILHE

EUA TEM 1.169 MORTES PELA COVID-19 EM 24 HORAS; NÚMERO É RECORDE MUNDIAL DE MORTOS

Os Estados Unidos contabilizaram 1.169 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Os dados são da Universidade Johns Hopkins, que computou os dados nesta quinta-feira (2). O número é o recorde mundial de mortos desde o início da pandemia da Covid-19.

O número é referente a quarta-feira (1) a partir das 20h30, até às 21h30 desta quinta-feira (2), indicando o total de 5.926 mortos no país.  Já o número de infectados nos Estados Unidos, segundo a  universidade é de 244.678. (Informações: Universidade Johns Hopkins)

COMPARTILHE

PESQUISA REALIZADA NA UESB TRAZ ESPERANÇA PARA NOVAS DROGAS CONTRA O CORONAVÍRUS

Com a pandemia do Coronavírus se espalhando pelo mundo e alterando a vida da humanidade, professores e cientistas de universidades e institutos de pesquisas têm se concentrado em investigações científicas para frear o avanço do vírus Covid-19.  No Brasil, pesquisadores da Uesb  realizaram um estudo inédito nas áreas de Bioinformática, Química Computacional e Virologia com o objetivo de  encontrar novas moléculas de fontes naturais que possam ser usadas como candidatas a novas drogas contra o Coronavírus (SARS-CoV2).

O professor Bruno Andrade, do Departamento de Ciências Biológicas (DCB), juntamente com sua equipe, coordenou o estudo  utilizando um banco de dados computacional com 50.000 moléculas de fontes naturais. Assim, os pesquisadores descobriram, por meio de computador,  com uma técnica de comparação de drogas antivirais já conhecidas (a Hidroxicloroquina e o Remdesivir, que estão em fase de testes pelo órgão de controle americano), uma lista de 40 compostos químicos que podem ser testados contra o Coronavírus (SARS-CoV2) em testes de triagem de drogas.

De acordo com  o pesquisador, as ferramentas computacionais são capazes de informar as interações das moléculas com a proteína viral. Segundo a pesquisa, o agente causador da pandemia é um vírus de RNA  da família Coronaviridae. “Esses estudos, apesar de altamente complexos são possíveis de serem realizados rapidamente pelo computador.

As novas moléculas que descobrimos como possíveis drogas podem ser utilizadas por outros pesquisadores. Para a comunidade em geral, é uma esperança científica para o movimento mundial de combate ao vírus”, explicou. O grupo de pesquisa é vinculado ao Programa de Pós-graduação em Química da Uesb (PPGQui), e faz parte alunos de graduação, mestrandos e doutorandos dos departamentos de Ciências Biológicas (DCB), Departamento de Saúde (DSII) e Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT).

Participaram deste recente estudo, também, colaboradores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Virginia Commonwealth University (EUA), Institute of Integrative Omics and Applied Biotecnology (Índia) e da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Com informações do agora sudoeste

COMPARTILHE