GERAL







TST aprova reajuste a funcionários e determina fim da greve dos Correios

O Tribunal Superior do Trabalho decidiu, em julgamento realizado nesta segunda-feira, encerrar a greve dos funcionários dos Correios, que acontece desde 17 de agosto. De acordo com a decisão, os empregados devem voltar ao trabalho amanhã, sob pena de multa de R$ 100 mil por dia. A decisão de hoje representou também uma derrota parcial à estatal, já que ficou mantida a cláusula que prevê a correção monetária de 2,6% dos salários. Os trabalhadores, no entanto, pediam uma reposição salarial de 5%.

A Corte considerou que o movimento grevista não foi abusivo. Por outro lado, os ministros decidiram seguir a jurisprudência trabalhista e haverá um desconto salarial referente à metade dos dias de greve; nos demais dias, haverá compensação. O fim da greve era defendido pelo ministro das Comunicações, Fabio Faria, e pelo presidente dos Correios, general Floriano Peixoto. Ambos afirmaram que a retirada dos benefícios era necessária para manter a sustentabilidade da empresa.

COMPARTILHE

“Nunca se bebeu tanto e usou tanta droga”, diz coronel Anselmo Brandão sobre a pandemia

Por: Paulo Macedo/Arquivo BNews

O comandante geral da Polícia Militar da Bahia, coronel Anselmo Brandão, disse, nesta segunda-feira (21), que o consumo de álcool e drogas ilícitas aumentou significativamente durante a pandemia do novo coronavírus. “Nunca se bebeu tanto e se usou tanta droga ilícita como neste período de isolamento. 90% das minhas ações em ocorrências é sobre apreensão de drogas ou sobre pessoas que cometeram crimes usando drogas”, disse o coronel, em entrevista ao apresentador José Eduardo, no Jornal da Cidade II Edição, da rádio Metrópole.

Segundo Anselmo Brandão, a polícia tem trabalhado constantemente para enfrentar dois problemas atuais: o vírus e a violência.  “Sobre o vírus, as pessoas não querem entender. Passei outro dia pela Praia do Flamengo e estava cheia de gente. Todo mundo achando que a praia, por ser um local aberto, não tem risco de contaminação. O outro problema é a violência. Mas estamos trabalhando todos os dias contra isso”, garantiu. Com informações do BNews

COMPARTILHE

Cerca de 45% dos infectados no estado têm entre 30 e 49 anos

A Bahia confirmou mais 693 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, subindo para 295.996 contaminados durante toda a pandemia. Os dados são do boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (21), pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Apesar do maior risco de morte ocorrer entre os idosos, o maior número de infectados está em outras faixas etárais. Na Bahia, 24,55% dos casos totais referem-se a pacientes entre 30 e 39 anos. Na faixa entre 40 e 49 anos estão 20,16% dos casos, enquanto o grupo entre 20 e 29 anos concentra 16,86% dos infectados. De domingo para esta segunda-feira, a Sesab registrou mais 784 curados e 44 mortes.

No geral, a Bahia recuperou 282.229 portadores de Coviid-19 e 7.454 pacientes estão com o novo coronavírus ativo. Este contingente que ainda estão com a doença demanda 1028 vagas em hospitas, sendo 507 em terapia intensiva. A ocupação em UTI adulto é de 49%. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 6.313, com taxa de letalidade de 2,13%. O percentual de casos com comorbidade está em 74,05%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (75,81%). A taxa de letalidade média esta em 2,13%. Porém, nos pacientes com 80 anos ou mais ela sobe para 24,5%. Entre 70 e 79 anos o percentual de obitos pelo total de casos ficou em 13,1%.

COMPARTILHE

Brasil confirma mais 13.439 casos de infecção e 377 mortes nesta segunda

O Ministério da Saúde registrou nesta segunda-feira (21) mais 13.439 casos diganosticados e 377 mortes por Covid-19. Desde o começo da pandemia, o Brasil soma 4.558.068 diagnósticos e 137.272 vítimas fatais da doença causada pelo novo coronavírus, sendo o terceiro país com mais casos no mundo, atrás de Estados Unidos e Índia.

Em todo mundo, ocorreram 31,12 milhões de pessoas que testaram positivo e 961,6 mil mortes.No Brasil, São Paulo segue como o estado com a maior incidência do vírus, com 937.332 casos e 33.984 mortes. Segundo o ministério, 533.597 pessoas estão em acompanhamento e outras 3.887.199 já se recuperaram.

Os estados com mais morte são São Paulo (33.984), Rio de Janeiro (17.727), Ceará (8.834), Pernambuco (8.016) e Minas Gerais (6.727). Os locais com menos vítimas fatais são Roraima (613), Acre (649), Amapá (693), Tocantins (867) e Mato Grosso do Sul (1.179). Com informações da CNN e da Agência Brasil.

COMPARTILHE

MÃE E FILHO MORREM VÍTIMAS DA COVID-19 NO INTERVALO DE 8 HORAS

Foto: Reprodução / G1

Após ficarem internados na mesma ala de unidade de terapia intensiva em Xanxerê, em Santa Catarina, por quase duas semanas, mãe e filho diagnosticados com o novo coronavírus morreram em intervalo de oito horas. De acordo com o G1, a a professora Erenita Isotton, de 60 anos, morreu às 19h30 de sábado (19) e o filho dela, Ademar Isotton Júnior, de 32 anos, morreu às 3h30 deste domingo (20).

Ambos tinham comorbidades. Eles eram funcionários públicos municipais: ela professora do ensino infantil e ele, motorista da Secretaria Municipal de Saúde. Até a tarde de sábado (19), Xanxerê tinha registrado 27 mortes por coronavírus e total de 2.017 diagnosticados, segundo último boletim do governo estadual. Em todo estado são mais de 205 mil casos confirmados e 2.635 mortes.

COMPARTILHE

Justiça Eleitoral já registrou mais de 55 mil pedidos de candidaturas

Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já registrou mais de 55 mil pedidos de candidatura para concorrer aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador nas eleições municipais de 2020, até as 17h deste sábado (19). Seguindo a tradição brasileira, os homens são maioria na disputa, representando 66,9% dos pedidos, enquanto as mulheres 33,1%. A faixa etária predominante é de pessoas entre 40 anos e 44 anos de idade e mais da metade se declararam casados 53,1%. A plataforma desenvolvida pelo TSE DivulgaCandContas aponta ainda que brancos e pardos estão em maior número entre os postulantes a uma vaga eletiva municipal, 53,61% e 33,94%, respectivamente, seguidos de pretos, 10,4%.

Amarelos e indígenas não chegam a 1% dos registros até agora. Em relação ao grau escolaridade, a plataforma aponta que 37,56% têm ensino médio completo, na sequência vem os que têm nível superior completo, 26,3% , fundamental incompleto, 12,4%, fundamental completo, 11,74%, superior incompleto, 4,83%, ensino médio incompleto, 4,68%. Os que declararam que apenas leem e escrevem somavam 2,48%. A maioria dos candidatos não se encaixou em nenhuma das ocupações mais frequentes listadas pela Justiça Eleitoral e marcou “outros” nessa opção. Já servidores públicos, agricultores e empresários aparecem na sequência, com 7,16%, 6,92% e 6,54% dos registros. Comerciantes, vereadores e donas de casa representam 5,51%, 5,14% e 3,76%, respectivamente. A quantidade exata de candidatos nas eleições de novembro ainda está muito aquém da previsão do TSE, de 700 mil.

O prazo de entrega da documentação exigida pela Justiça Eleitoral para a solicitação dos registros pela internet expira às 8h do dia 26 de setembro. Após esse horário, a entrega terá que ser presencial e agendada, exigindo deslocamento ao cartório e os devidos cuidados sanitários. O agendamento para atendimento presencial será feito pelos meios informados por cada TRE e cartórios eleitorais, e estará disponível das 8h30 às 19h. O atendimento será marcado conforme a ordem de chegada dos pedidos – o interessado não poderá escolher o horário. Depois de receber os requerimentos, a Justiça Eleitoral valida a documentação e a encaminha à Receita Federal para emitir o CNPJ. Tendo CNPJ e o registro, os candidatos já podem abrir conta corrente da campanha e estão aptos para iniciar a arrecadação de recursos após o dia 26 de setembro.

NOVA DATA

Por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19), a data do primeiro e do segundo turnos das eleições municipais deste ano foram alteradas para os dias 15 e 29 de novembro, respectivamente. A mudança foi feita por meio da aprovação de uma emenda constitucional por deputados e senadores.

COMPARTILHE

DEZESSETE FUNCIONÁRIOS DA POLICLINICA DE JACOBINA TESTAM POSITIVO PARA COVID-19

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Dezessete funcionários de uma policlínica em Jacobina, cidade ao norte da Bahia, testaram positivo para a Covid-19 na quinta-feira (17). Outros 33 aguardam, nesta sexta (18), resultado dos testes do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). Por causa da situação, existe a possibilidade da unidade fechar temporariamente. A policlínica teve atendimento suspenso por três meses durante a pandemia, entre maio e julho, quando foi reaberta. Desde então, os funcionários já foram testados para saber se contraíram o coronavírus cinco vezes.

A policlínica de Jacobina atende a pacientes da própria cidade e de outros 16 municípios da região norte, entre eles Caldeirão Grande, Caém, Capim Grosso e Miguel Calmon. Os prefeitos desses locais integram o consórcio e estão aguardando o restante do resultado dos exames para decidir se a unidade segue em atendimento ou se será fechada.

A direção da policlínica informou que tem seguido todas as medidas de segurança para evitar os riscos de contaminação dos pacientes. Por enquanto, a unidade segue em atendimento, realizando diversos procedimentos como ressonância, tomografia, raio-x e consultas médicas. Atualmente, a policlínica funciona com capacidade de 75%, realizando cerca de 200 atendimentos por dia. Desde o início da pandemia, não estão sendo feitas mamografias e eletrocardiogramas por causa da redução do número de funcionários. Com informações do G1

COMPARTILHE

ACM Neto deve anunciar nesta sexta flexibilização das praias de Salvador

Foto: Sedur/Reprodução

Foto: Sedur/Reprodução

O prefeito ACM Neto deve anunciar amanhã (18) a reabertura gradual de praias em Salvador, que estão fechadas desde março, quando a pandemia de coronavírus atingiu o Brasil.

‘Amanhã teremos anúncios importantes. As pessoas que estão na ansiedade, por exemplo, para abertura das praias, verão que as coisas vão começar a andar. Talvez não como a maioria deseja, mas já será um avanço”, afirmou o prefeito durante entrevista coletiva.

Neto reforçou, no entanto, que o acesso será limitado e terá regras específicas para uso. “Já disse e vou repetir: essa abertura será lenta e gradual. Não vamos permitir todas as praias e muito provavelmente vamos limitar os horários, dias e atividades que poderão ser realizadas”, explicou. Com informações do Metro 1

COMPARTILHE

Cinco empresas de varejo e logística têm interesse em comprar Correios, afirma ministro

Foto: Elza Fiúza/ Arquivo Agência Brasil

Cinco empresas demonstraram interesse em comprar o serviço postal dos Correios, conforme informou o ministro das Comunicações, Fabio Faria (PSD-RN). Segundo ele, entre elas estão Magazine Luiza e os estrangeiros Amazon, DHL e Fedex.

A estatal está inscrita no programa de desestatização do governo federal mas, para sua venda, será preciso modificar a Constituição para permitir que a entrega de correspondências seja feita por uma empresa privada. Hoje é competência exclusiva da União.

“Quem comprar vai ter de continuar entregando [correspondências] em Tabatinga (AM), Macapá (AP), Santarém (PA) e Caixas do Sul (RS). Ainda estamos discutindo composição acionária, mas será decidido pelo Congresso Nacional. O importante é que há cinco players interessados”, disse Faria em uma live realizada pelo site de investimentos Traders Club. Com informações da Folha de S.Paulo.

COMPARTILHE

Gasolina sobe 2,53% na primeira quinzena de setembro e retoma patamar de março

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O preço médio da gasolina comum no Brasil subiu 2,53% na primeira quinzena de setembro em comparação com o mês de agosto, segundo levantamento realizado pela ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas. Nas duas primeiras semanas do mês, o preço médio do combustível no país foi de R$ 4,581 por litro. Em agosto, o valor médio cobrado nos postos do País foi de R$ 4,468. Com a elevação, o preço da gasolina retoma o mesmo patamar de março, no primeiro mês da pandemia, quando o valor médio no País era de R$ 4,598.

O aumento reflete a retomada das atividades econômicas no território nacional. A maior alta de preços na quinzena ocorreu no Distrito Federal (5,27%). Os únicos estados a registrarem redução no valor do combustível no período foram Amapá (-1,56%), Bahia (-0,57%) e Piauí (-1,39%). Obtidos por meio do registro das transações realizadas de 1º a 14 de setembro com o cartão de abastecimento da ValeCard em cerca de 20 mil estabelecimentos credenciados, os dados mostram que, entre as capitais, Curitiba (R$ 4,107) e Salvador (R$ 4,186) registraram os valores mais baixos na quinzena.

COMPARTILHE

Pesquisa indica que contaminação por coronavírus está desacelerando no Brasil

Foto: Marcelo Seabra/Agência Pará

A quarta etapa da pesquisa EpiCovid-19 BR, desenvolvida pela Universidade Federal de Pelotas (Ufpel), indica que o novo coronavírus está em desaceleração no país. Amostras sorológicas coletadas de 33.250 pessoas, entre 27 e 30 de agosto, em 133 cidades, aponta prevalência de anticorpos em 1,4% das pessoas testadas. De acordo com informações do jornal O Globo, na terceira fase o percentual era 3,8%. Essa diminuição indica que o vírus circula com menos intensidade no país, apesar de que a menor prevalência não significa que a população está menos protegida.

Por outro lado, o reitor da Ufpel e coordenador do estudo, Pedro Hallal, alerta que ainda não é o momento de relaxar. Distanciamento social e uso de máscaras seguem sendo importantes. “Sim, [a pandemia] está diminuindo. Acabou? Não. Ainda estão morrendo mais ou menos 700 pessoas por dia, de acordo com a média móvel. Significa: estamos no caminho de eliminar essa pandemia, mas precisamos estar atentos”, disse ele em entrevista à TV RBS.

PREVALÊNCIA DO VÍRUS

A região norte teve a maior prevalência do vírus, com 2,4%. O Nordeste aparece em seguida, com 1,9%. No Sudeste, Sul e Centro-Oeste, o percentual foi de 0,5%. A pesquisa indica também interiorização da Covid-19, com maior prevalência em Juazeiro do Norte e Sobral, no Ceará, com 8,0% e 7,2%, respectivamente.

Quando analisada por renda e faixa etária, a pesquisa mostra que a doença tende a atingir mais pretos e pardos; os 20% mais pobres têm o dobro de prevalência em relação aos 20% mais ricos. Entre os indígenas, a prevalência diminuiu conforme a epidemia desacelerou no Norte do país.

COMPARTILHE

CASOS ATIVOS DA COVID-19 NA BAHIA FICAM ABAIXO DE 7 MIL PELA PRIMEIRA VEZ

O número de casos ativos da Covid-19 na Bahia nesta quarta-feira (16) ficou abaixo dos 7 mil pela primeira vez desde 18 de maio. O boletim da Secretaria da Saúde (Sesab) mostra que o estado soma 6.983 pessoas ainda doentes.

Os casos confirmados da doença na Bahia são 287.685 e as mortes 6.085. Nas últimas 24 horas o estado contabilizou 2.237 novos casos e 45 óbitos causados pela  Covid-19. A ocupação total dos leitos Covid na Bahia nesta quarta está em 41%. Em relação aos leitos de UTI a taxa é de 48%.

COMPARTILHE

15 CRIANÇAS PASSAM MAL E UM BEBÊ MORRE APÓS INGERIR ÁGUA EM ARACI

Foto: Reprodução/TV Subaé

Foto: Reprodução/TV Subaé

Um bebê de 1 ano e 8 meses morreu e outras 15 crianças foram hospitalizadas na cidade de Araci, a cerca de 220 km de Salvador, depois de passarem mal ao ingerir água. A suspeita da vigilância epidemiológica é que a água esteja contaminada. Resultados de testes devem sair nesta terça-feira (15). A morte da criança aconteceu na última quarta-feira (9), na semana em que as crianças foram hospitalizadas com os mesmos sintomas: vômitos, diarreia e dores abdominais. Cinco crianças seguem internadas no Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana, nesta terça.

Outros 20 adultos também tiveram sintomas leves. Eles foram atendidos e medicados no Hospital Municipal de Araci. Dois deles foram transferidos para o Hospital Português, em Salvador. A prefeitura notificou a Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A (Embasa) para que o abastecimento na zona rural do município fosse suspenso. Amostras da água foram colhidas e encaminhadas para serem examinadas no Laboratório Central de Saúde Pública, também na capital baiana.

Por meio de nota, a Embasa disse que suspendeu a distribuição da água na localidade, embora não veja indícios de problemas, já que é a mesma água que abastece outros 50 povoados entre Araci, Tucano e Santa Luzia. A Embasa disse ainda que os resultados dos exames bacteriológicos devem sair nesta terça. Por causa da suspensão da água na localidade, a prefeitura disponibilizou carros-pipa para abastecer os moradores da região. Com informações do G1

COMPARTILHE

Coronavírus já é a maior causa de mortes registradas em um único ano no Brasil

Foto: Altemar Alcantara/Semcom

Foto: Altemar Alcantara/Semcom

O novo coronavírus se tornou a causa-morte com mais vítimas em um único ano já registrado no país, que até agora soma mais de 132 mil óbitos em decorrência da doença. A primeira morte brasileira por Covid-19 ocorreu em 12 de março, segundo revisão do Ministério da Saúde. Reportagem do portal UOL analisou os dados do SIM (Sistema de Informação sobre Mortalidade), do Ministério da Saúde, que contabilizam essas informações desde 1979.

Segundo levantou a publicação, entre as classificações de causas naturais ou externas de mortalidade do SIM, as doenças isquêmicas do coração (que incluem os infartos) lideraram historicamente a lista de causa-morte e atingiram seu auge em 2019, com 116 mil óbitos em 12 meses, segundo dados ainda preliminares do SIM. No caso de doenças respiratórias, a pneumonia sempre foi a que mais matou, e o recorde de óbitos em único ano ocorreu também em 2019, quando ela causou 83 mil óbitos.

Entre os cânceres, o de pulmão, brônquios e traqueia é o que leva o maior número de mortes no Brasil, mas nunca chegou a 30 mil em um ano. Ainda em termos de comparação, as mortes causadas pelo coronavírus em apenas seis meses já correspondem a mais que o dobro do recorde histórico de homicídios, ocorrido em 2017, quando foram mortas 62 mil pessoas de forma violenta. Já os acidentes de trânsito tiveram seu maior número na década em 2012, com 46 mil vítimas.

COMPARTILHE

CANTOR DO TRIO PARA DURA, PARRERITO MORRE DE COVID-19

Foto: Reprodução

Integrante do Trio Parada Dura, o cantor Eduardo Borges, conhecido como Parrerito, morreu aos 67 anos, na noite deste domingo (13), em Belo Horizonte, por complicações causadas pela Covid-19. De acordo com comunicado oficial divulgado pelo grupo musical, o artista foi internado há 16 dias no Hospital Unimed, na capital mineira, com sintomas do novo coronavírus.

“Por ser do grupo de risco pela idade e diabético, precisou ser mantido na UTI em estado grave. Batalhou muito, mas infelizmente não resistiu às complicações da doença”, informa. “Igual a andorinha, Parrerito parte voando e deixa um Brasil inteiro já com saudade de sua voz que por quase quatro décadas marcou gerações no Trio Parada Dura. Ficará para sempre em nossos corações e na memória da música sertaneja”, diz nota.

Fundado em 1973, a atual formação do Trio Parada Dura era composta pelos Parrerito, Creone e Xonadão. Segundo informações do G1, os demais integrantes da banda testaram negativo para a Covid-19. A esposa de Parrerito, no entanto, foi diagnosticada com a doença e se recupera em casa.

COMPARTILHE

Audiência entre Correios e funcionários acaba sem acordo, e TST julgará caso

Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Terminou sem acordo nesta sexta-feira (11) a audiência de conciliação entre os Correios e os trabalhadores da empresa pública. Com isso, informou o Tribunal Superior do Trabalho (TST), o dissídio coletivo da greve será julgado no próximo dia 21 de setembro. Os trabalhadores estão em greve desde 17 de agosto e, segundo o TST, os Correios não apresentaram proposta na audiência desta sexta. Procurada, a assessoria da empresa informou que divulgará uma nota sobre a reunião.

De acordo com a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect), os grevistas são contra a privatização da estatal, reclamam do que chamam de “negligência com a saúde dos trabalhadores” na pandemia e pedem que direitos trabalhistas sejam garantidos.

No julgamento do próximo dia 21, os ministros do TST podem decidir o valor do reajuste salarial e outras cláusulas que passarão a vigorar no novo acordo coletivo de trabalho. No julgamento do último dissídio coletivo da categoria, os ministros do TST decidiram, por exemplo, pela exclusão de pais e mães do plano de saúde da empresa.

COMPARTILHE

DURANTE VISITA A BAHIA, BOLSONARO DIZ QUE O BRASIL ESTÁ PRATICAMENTE VENCENDO A PANDEMIA

Foto : Alan Santos/PR

Foto : Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (11), em evento na Bahia, que o país está “praticamente vencendo” a pandemia da Covid-19. A informação foi divulgada pelo portal G1.

“Estamos praticamente vencendo a pandemia, o governo fez tudo para que os efeitos negativos da mesma fossem minimizados. Quer seja com auxílio emergencial que atingiu 65 milhões, quer seja auxílio a micro e pequenas empresas com crédito. Ou seja investindo também massivamente meios e recursos para que governadores e prefeitos não faltassem junto à saúde como atender os infectados”, afirmou o presidente.

Desde o início do de setembro, o Brasil vem registrando quedas na média móvel de novas mortes por Covid-19. No entanto, para especialistas, os dados devem ser observados com cautela pois ainda não é possível dizer que essa é a tendência da pandemia no país.

COMPARTILHE

COVID-19: BRASIL TEM 129 MIL MORTOS E ULTRAPASSA 4 MILHÕES DE CASOS CONFIRMADOS

Foto: Amazônia Real

Os dados sobre a pandemia do coronavírus no Brasil atualizados pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira (10), confirmou que o país chegou a 129.522 mortes em razão da Covid-19.

Foram 983 novos óbitos. O total de ocorrências da doença chegou a 4.238,446. Os novos casos em 24h somara 40.557 registros.  Do total de registros,  611.587 pessoas estão em acompanhamento e mais 3.497.337 se recuperaram.

COMPARTILHE

PREÇO DO ARROZ PODE SUBIR AINDA MAIS, DIZ ASSOCIAÇÃO DE SUPERMERCADOS

Foto: White Rice/Reprodução

A tendência para o preço do arroz é de nova alta nos próximos dois meses, se o consumo se mantiver no ritmo atual, afirma Ronaldo Santos, presidente da Apas (Associação Paulista de Supermercados). “Se a saca de 50 kg se mantiver na faixa de R$ 100, em 30, 60 dias podemos ver o repasse total ao consumidor no varejo. Pode ser que não chegue [ao repasse total], depende do mercado. A tendência é de alta, mas não em cima dos R$ 40 que estão comentando”, afirmou em entrevista à reportagem nesta quinta-feira (10).

Segundo ele, o preço médio do pacote de arroz vendido em supermercados paulistas é de R$ 20 (variando entre R$ 18 e R$ 23), e o preço poderia aumentar para cerca de R$ 30 nesse prazo. Os supermercados ainda não transmitiram todo o valor do alimento da indústria à gôndola, segundo Santos. Se o consumo não diminuir, o varejo terá de acessar novos estoques e um repasse seria inevitável, já que o preço na indústria deve se manter nessa faixa no curto prazo, afirma.

COMPARTILHE

MINISTRO DAS COMUNICAÇÕES DIZ QUE GREVE DOS CORREIOS NA PANDEMIA É INADEQUADA

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Ministro das Comunicações do governo Bolsonaro, Fábio Faria (PSD-RN) publicou nas redes sociais que considera a greve de servidores dos Correios durante a pandemia da Covid-19 totalmente inadequada.

“Os Correios oferecem um serviço essencial aos brasileiros, que chega a cada município. É legítimo os servidores reivindicarem, mas greve em plena pandemia é totalmente inadequado. No momento da privatização, todos terão oportunidade de levar suas demandas ao Congresso Nacional”, escreveu.

Os trabalhadores dos Correios estão parados há mais de três semanas. A greve reúne 70% do quadro operacional da empresa em São Paulo. Os empregados se opõem à exclusão de cláusulas trabalhistas pelos Correios após a expiração do acordo coletivo de 2019, e pedem a extensão do dissídio até 2021.

COMPARTILHE

PREFEITO DE BARREIRAS É TRANSFERIDO PARA SALVADOR DE UTI AÉREA APÓS TESTAR POSITIVO PARA COVID

O prefeito de Barreiras, município da região oeste da Bahia, foi transferido em uma UTI Área, para Salvador, nesta quarta-feira (9). O chefe do Executivo municipal foi diagnosticado com Covid-19 e está tratando a doença. De acordo com a assessoria, a transferência se trata de precaução.

Zito Barbosa tem 60 anos e faz parte do grupo de risco da doença. Ainda segundo a assessoria, o prefeito está no estágio final da doença. Zito estava internado no Hospital Central, no Centro, em Barreiras. Não há informações sobre qual unidade ele foi internado em Salvador.

COMPARTILHE

BAHIA MATEM QUEDA DE CASOS ATIVOS DA COVID-19 PELO 6º DIA

Foto: Corona Borealis Studio/Shutterstock.com

Foto: Corona Borealis Studio/Shutterstock.com

Os casos ativos da Covid-19 na Bahia vem caindo há seis dias. Nesta quarta-feira (9) o boletim da Secretaria da Saúde (Sesab) traz a informação de que o estado possui 7.830 pacientes nessa condição. A última vez em que o número esteve nesse patamar foi no mês de maio. O auge dos casos ativos na Bahia foi em 13 de julho, quando eram 30.221.

Nas últimas 24 horas foram registrados 2.274 novos casos da doença causada pelo novo coronavírus. O estado soma 275.088 infectados e 5.774 mortos desde o início da pandemia.

Os casos confirmados ocorreram em 416 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,36%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (6.067,14), Almadina (5.911,41), Itabuna (5.264,44), Dário Meira (4.967,32), Salinas da Margarida (4.793,92).

COMPARTILHE

APÓS VOLUNTÁRIO CONTRAIR DOENÇA ESTRANHA, VACINA DE OXFORD É SUSPENSA

A farmacêutica AstraZeneca suspendeu os testes da vacina contra a Covid-19, que é desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford, após suspeita de “reação adversa séria”. A informação foi confirmada nesta terça-feira (8) pelo site Uol. Segundo a publicação, a Anvisa já recebeu a mensagem de suspensão enviada pelo laboratório.

“Como parte dos estudos clínicos randomizados e controlados da vacina de Oxford contra o coronavírus em andamento, nosso procedimento padrão de revisão foi acionado e voluntariamente pausamos a vacinação para permitir a revisão dos dados de segurança por um comitê independente. Esta é uma ação rotineira que deve acontecer sempre que for identificada uma potencial reação adversa inesperada em um dos ensaios clínicos, enquanto ela é investigada, garantindo a manutenção da integridade dos estudos”, disse o laboratório.

Segundo o jornal The New York Times, um voluntário do estudo teve mielite transversa, que é uma inflamação da medula espinhal, mas não é possível identificar se o problema está relacionado à vacina. O laboratório ainda não confirmou qual seria a “reação adversa séria” que interrompeu os estudos.

COMPARTILHE

Bolsonaro deve vir à Bahia nesta sexta para entregar trecho de obra da Fiol ao Exército

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), deve vir à Bahia nesta sexta-feira (11) para participar da solenidade que entregará ao Exército a responsabilidade pela construção de um trecho de 20 km da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol). A cerimônia acontecerá na cidade de São Desidério, no oeste baiano.

A assessoria do Palácio do Planalto informou que a agenda de Bolsonaro no estado está prevista, mas destacou que mais detalhes serão divulgados nos próximos dias. A lista de compromissos do presidente costuma ser confirmada apenas na noite anterior aos eventos e, por isso, pode sofrer alterações. Nesta sexta, deve ser assinado o Termo de Execução de Serviço (TED), instrumento que permitirá o convênio entre o Exército e a Valec, estatal brasileira responsável pela construção e administração de ferrovias federais.

Segundo a empresa, o investimento previsto na obra é de R$ 110 milhões. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, também é esperado no evento.  Está é a primeira vez, desde 1990, que um batalhão rodoviário assume um serviço do tipo. A empresa que tocava a obra anteriormente entrou em recuperação judicial. De acordo com a Valec, a previsão é de que o novo trecho fique pronto em 2022. O trecho da área onde o Exército estará possui 485 km de extensão, indo da cidade de Caetité até Barreiras. O investimento total previsto é de R$ 3 bilhões.

COMPARTILHE

Mais 3 cidades baianas adotam suspensão do transporte intermunicipal

As cidades baianas de Contendas do Sincorá, Ipupiara e Ituaçu terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de amanhã (10). A medida, que visa combater o avanço do coronavírus, foi publicada no Diário Oficial do Estado de hoje.

Ficam suspensas nesses municípios a circulação, a chegada e a saída de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

O decreto ainda autoriza a retomada do serviços em América Dourada, Ibipitanga, Matina e Rio do Pires, cidades que estão há 14 dias ou mais sem novos casos da Covid-19.

COMPARTILHE