Internacional







AUTORES DE ESTUDO QUE RECOMENDAVA HIDROXICLOROQUINA RETIRAM TRABALHO DO AR

Foto: Cadu Rolim / Fotoarena/Agência O Globo

Pesquisadores franceses, autores de um estudo pioneiro que recomendava o uso da hidroxicloroquina e azitromicina no tratamento da Covid-19, retiraram do ar o trabalho sobre as duas substâncias. De acordo com o portal Bem Estar, da Globo, a equipe responsável pediu, inclusive, que a pesquisa não seja mais referência em outros estudos, sejam eles clínicos ou acadêmicos.

Foi a partir deste estudo, primeiro a encontrar uma suposta substância eficaz contra o novo coronavírus, que o presidente americano Donald Trump passou a defender o uso da hidroxicloroquina. A atitude do político foi reproduzida, posteriormente, pelo presidente brasileiro Jair Bolsonaro.

Alvo de críticas pela análise superficial e metodologia baseada em apenas 30 pacientes, o estudo foi superado por uma pesquisa mais aprofundada divulgada pela revista The Lancet, na sexta-feira (22). Segundo o periódico especializado em assuntos médicos, a nova pesquisa não encontrou relação no uso da cloroquina e melhora dos pacientes diagnosticados com a Covid-19.

O novo estudo, que teve uma base de 96 mil infectados, também alertou que além da cloroquina e hidroxicloroquina não terem eficácia contra a doença, pacientes que foram tratados com ambas as substâncias podem ter piora cardíaca e até mesmo aumento do risco de morte durante a internação.

COMPARTILHE

SEM VACINA, LABORATÓRIO DA CHINA CRÊ QUE PODE DETER PANDEMIA COM MEDICAMENTO

Foto: Reprodução

Pesquisadores chineses afirmam ter desenvolvido um tratamento capaz de interromper a pandemia da Covid-19 enquanto se produz uma vacina contra o vírus. Um medicamento em fase de testes na Universidade de Pequim permitiria não apenas acelerar a cura de infectados, mas também imunizar contra a doença.

Em uma entrevista à agência de notícias AFP, o diretor do Centro de Inovação Avançada em Genômica de Beida, Sunney Xie, explicou que o tratamento funciona em camundongos. O laboratório extraiu anticorpos de 60 pacientes curados da doença e os injetou em roedores.

“Após cinco dias, sua carga viral foi dividida por 2.500. Isso significa que esse medicamento em potencial tem um efeito terapêutico” garantiu. “Somos especialistas em sequenciamento de células únicas, não imunologistas, ou virologistas. Quando constatamos que nossa abordagem nos permitiu encontrar um anticorpo que neutraliza (o vírus), ficamos muito felizes”, completou Xie.

De acordo com ele, o tratamento pode estar disponível antes do final do ano, a tempo de uma nova ofensiva de inverno contra a Covid-19.

COMPARTILHE

Embaixador da China em Israel é encontrado morto em casa

© Jack Guez

O embaixador da China em Israel, Du Wei, de 57 anos, foi encontrado morto neste domingo (17) em sua residência no subúrbio de Herzliya, em Tel Aviv – anunciou um porta-voz policial.

A polícia abriu uma investigação, disse à AFP uma fonte israelense que pediu para não ser identificada, acrescentando que as causas da morte ainda são desconhecidas. A esposa e o filho de Du Wei não estão em Israel.

Du Wei foi embaixador na Ucrânia antes de assumir o cargo de principal representante diplomático da China em Israel em fevereiro, informa sua biografia disponível no site da embaixada.

Sua morte ocorre dias após a visita a Jerusalém do secretário de Estado americano, Mike Pompeo, que pediu a Israel, um aliado dos Estados Unidos, que limite os investimentos chineses em setores estratégicos, segundo reportagens da imprensa.

Os Estados Unidos acusam a China de ocultar informações sobre a pandemia e até de tentar “hackear” sua pesquisa por uma vacina contra o coronavírus. MSN

COMPARTILHE

COVID-19: OXFORD JÁ PREVÊ CONCLUIR PESQUISA DE VACINA ATÉ AGOSTO

O grupo de pesquisadores da Universidade de Oxford que está na corrida para desenvolver uma vacina contra o coronavírus prometeu finalizar em agosto os testes clínicos da vacina, que já foi aplicada em 1,1 mil voluntários no fim de abril.

Mas a Agência Europeia de Medicamentos se mostrou cética quanto à promessa de ter uma cura para a covid-19 no mercado ainda neste ano, pois o desenvolvimento e o licenciamento desse tipo de medicamento leva mais tempo, e, no cenário mais otimista, isso aconteceria no prazo de um ano.

Em entrevista à Rádio 4 da BBC, nesta quinta-feira, o professor de Medicina da universidade e diretor não executivo da farmacêutica Roche, Sir John Bell, disse que, se as etapas da pesquisa de Oxford continuarem a dar certo o governo britânico terá aprovado a vacina no começo de setembro e começado a fabricá-la para a população.

Agora, o grupo precisa avaliar se as pessoas que receberam a dose contra o coronavírus foram infectadas ou não – para ver se encontraram uma vacina com potencial para acabar com a pandemia.

COMPARTILHE

JOGADOR CONFESSA TER MATADO O FILHO QUE ESTAVA INTERNADO COM COVID-19

Um caso de assassinato chocou toda a Turquia. Cevher Toktas, um zagueiro de 32 anos que atua no Bursa Yildirim, das divisões semi-profissionais do país, se entregou à polícia e admitiu, nesta terça-feira, que assassinou o próprio filho, de cinco anos, em um hospital.

No dia 23 de abril, Cevher levou o filho, Kasim, para o hospital. O menino apresentava febre e problemas respiratórios e, por isto, foi internado e isolado em um hospital com suspeita de coronavírus. O garoto morreu poucas horas depois de ter dado entrada no estabelecimento e o COVID-19 foi dado como a causa da tragédia.

Nesse mês, contudo, Cevher contou a verdade do caso. Quando a sala que Kasim estava internado ficou vazia, o jogador o sufocou com um travesseiro até a morte, como o próprio afirmou em documento divulgado pelo jornal “Daily Sabah”.

Como o menino estava internado com suspeita de COVID-19, o vírus foi apontado, de primeira, como a causa da morte de Kasim. Como não houve autópsia, Cevher saiu do hospital sem levantar nenhum tipo de suspeita. Cevher se apresentou à polícia de Bursa, foi detido e responderá nas próximas semanas por prisão perpétua.

– Eu nunca amei o meu filho mais novo, desde o nascimento. Não sei porquê. A única razão pela qual o matei foi porque não o queria. Eu não tenho nenhum problema mental – afirmou. Fonte: MSN

COMPARTILHE

ITÁLIA TEM RECORDE DE PACIENTES CURADOS DA COVID-19 EM UM DIA

Foto : Reprodução / TV Globo

A Itália registrou ontem (17) mais de 2,5 mil pacientes curados da Covid-19 em apenas um dia. Além disso, a quantidade de pacientes nas UTIs apresenta tendência de queda há um mês, o que pode indicar o fim da fase mais mortal da epidemia no país.

Ontem, as autoridades anunciaram 575 mortos em 24 horas, aumentando o balanço para 23 mil óbitos desde o início da epidemia. Mas outros dados instigam otimismo no país, como a estabilização da quantidade de doentes em regiões como Nápoles, Bolonha, Veneza, Florença e Roma. Além disso, em mais de 65 mil testes realizados em um dia – outro recorde – apenas 5% acusaram positivo ao coronavírus.

O presidente do Conselho Superior de Saúde da Itália, Franco Locatelli, avalia que essa é uma prova a mais “da eficácia das medidas de confinamento tomadas para barrar o contágio”. Em vigor desde 9 de março no país, as medidas de confinamento são válidas até 3 de maio.

COMPARTILHE

CHINA REGISTRA 1º DIA SEM MORTES POR COVID-19

Foto : Governo da China

Nas últimas 24 horas, a China não registrou morte por Covid-19. A situação é inédita desde o início da publicação de estatísticas sobre a epidemia do coronavírus em janeiro. A informação foi dada por autoridades de saúde hoje (7). O país onde o novo coronavírus surgiu, no final do ano passado, informou sua primeira morte pela doença no dia 11 de janeiro. Desde então, foram 3.331 mortes.No entanto, o número diário de mortes cai há semanas e ontem (6) ocorreu somente uma morte.

Os novos casos de contágio na China continental também caem desde março. No entanto, o país enfrenta uma segunda onda de infecções provocada por viajantes que chegam do exterior. Apenas hoje foram confirmados 32 novos casos de contágio desse tipo. A Comissão Nacional de Saúde afirma que o país registra mil casos importados. Ainda foram registrados 30 novos pacientes assintomáticos, o que eleva o total de infectados no país a 1.033.

COMPARTILHE

ESTADOS UNIDOS TÊM MAIS DE 10 MIL MORTES POR COVID-19

Foto : Keegan Barber

Os Estados Unidos chegou a mais de 10 mil mortes causadas pelo novo coronavírus hoje (06), de acordo com um levantamento da Reuters. Com mais de 338 mil casos confirmados da Covid-19, o país é o terceiro mais afetado, 10.297 pessoas morreram da doença. A Casa Branca alertou hoje que os americanos devem se preparar para enfrentar uma semana marcada pela “morte” e por “tristezas”, à medida que o número de infectados no país aumenta.

“Essa será a semana mais difícil e mais triste da vida da maioria dos americanos, sendo bem franco. Esse será o nosso momento de Pearl Harbor, o momento do 11 de setembro, mas não será restrito a uma área”, declarou em entrevista a Fox News o cirurgião-geral dos EUA, Jerome Adams, que atua como o ministro da Saúde do país. “Isso vai acontecer em todo o país, e eu quero que os EUA entendam isso”, concluiu.

O secretário assistente de Saúde, o médico Brett Giroir, afirmou que os Estados Unidos devem se preparar para o “pico de morte” que acontecerá nesta semana, no país e chamou atenção para a situação de Nova York, Nova Jersey, Connecticut e Detroit, regiões bastantes afetadas pela Covid-19. Apesar do cenário do país, governadores de oito estados americanos relutam em declarar quarentena. Algumas igrejas, de estados diversos, também foram contra a orientação dos especialistas de evitar aglomerações e fizeram grandes cultos neste domingo de Ramos (05).

COMPARTILHE

EUA TEM 1.169 MORTES PELA COVID-19 EM 24 HORAS; NÚMERO É RECORDE MUNDIAL DE MORTOS

Os Estados Unidos contabilizaram 1.169 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Os dados são da Universidade Johns Hopkins, que computou os dados nesta quinta-feira (2). O número é o recorde mundial de mortos desde o início da pandemia da Covid-19.

O número é referente a quarta-feira (1) a partir das 20h30, até às 21h30 desta quinta-feira (2), indicando o total de 5.926 mortos no país.  Já o número de infectados nos Estados Unidos, segundo a  universidade é de 244.678. (Informações: Universidade Johns Hopkins)

COMPARTILHE

ITÁLIA BATE MAIS UM RECORDE E TEM 919 MORTES POR COVID-19 EM 24H

A Itália registrou 919 mortes por Covid-19 nesta sexta-feira (27). O país já totaliza 9.143 totais. O último recorde foi no dia 21 de março, quando o país registrou 793 mortes. A região mais atingida da Itália é a Lombardia.

O país reconheceu recentemente que errou ao estimular as pessoas a descartarem as orientações do isolamento social.  O governo brasileiro, no entanto, lançou nesta sexta=feira (27) uma campanha intitulada ‘ O Brasil não pode parar’, estimulando a população a ir para as ruas e descumprir a quarentena.

COMPARTILHE

ESTADOS UNIDOS ACUSAM NICOLÁS MADURO DE ENVOLVIMENTO COM NARCOTRÁFICO

Os Estados Unidos devem anunciar nesta quinta-feira (26) acusações formais contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, por envolvimento com o narcotráfico, segundo o senador republicano Marco Rubio.

“Será acusado indiciado pelo Departamento de Justiça e acusado de narcoterrorismo”, disse o parlamentar, que tem grande influência junto ao governo do presidente Donald Trump, para assuntos sobre a América Latica.

Ainda nesta quinta também foi anunciado que o governo norte-americano vai oferecer US$ 15 milhões (R$ 76 milhões) como recompensa por informações que levem à captura do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Ficou estipulado valores para a captura e prisão de outros integrantes do alto escalão chavista.

Por Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Nacional Constituinte, o Parlamento oficial do país sul-americano, e braço direito do mandatário venezuelano, o valor é de US$ 10 milhões (R$ 50,7 milhões).  (Informações:EFE)

COMPARTILHE

HOMEM MORRE APÓS SE AUTOMEDICAR COM CLOROQUINA NOS ESTADOS UNIDOS

Na tentativa de se tratar do novo coronavírus, um homem na faixa dos 60 anos morreu no estado do Arizona, nos Estados Unidos, após usar sem orientação médica a cloroquina, usado para tratamento de malária, lúpus e atrite.

A sua esposa também se automedicou com a substância e segue internada no Hospital Banner Health.A cloroquina ganhou destaque mundial na última semana por ser um medicamento considerado promissor no tratamendo da Covid-19. O uso, no entanto, ainda necessita de testes e requer cuidados.

“Dada a incerteza em torno da covid-19, entendemos que as pessoas estão tentando encontrar novas maneiras de prevenir ou tratar esse vírus”, disse Daniel Brooks, diretor médico do Centro Banner Poison e Drug Information.

No último sábado (23), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, publicou no Twitter que hidroxicloroquina e azitromicina, juntas, tinham uma chance real de ser uma das maiores mudanças na história da medicina.

Em território brasileiro, a Anvisa barrou a venda dos medicamentos sem receita. Os resultados positivos geraram uma corrida às farmácias, gerando falta para os que realmente precisam dos medicamentos. (Informações:CNN)

COMPARTILHE

ITÁLIA DESACELERA E TEM MENOS CASOS DE CORONAVÍRUS

Com 63.927 infectados pelo novo coronavírus, a Itália registrou desaleceração no número de casos, nesta segunda-feira (22). A diminuição é progressiva, contabilizando os últimos três dias, segundo o respontável pela pasta da Saúde da Lombardia, Giulio Gallera. A cidade é epicentro da crise na Europa.

A alta no número de casos, nas últimas 24 horas, é de 8,1%, contra os 10% diariamente registrados na semana passada. “Hoje podemos confirmar que a tendência é de desaceleração”, disse Giulio. “Não é ainda hora de cantar vitória, mas podemos ver uma luz no fim do túnel”, completou.

Ao menos 601 pessoas morreram em decorrência do Covid-19 nas últimas 24 horas. Até o momento, são 6.077 mortos.

COMPARTILHE

INTERNACIONAL: ITÁLIA REGISTRA 793 MORTES POR CORONAVÍRUS EM APENAS UM DIA

© Reuters/Remo Casilli/direitos reservados

O número de mortos em decorrência do coronavírus na Itália aumentou em 793 em um dia, chegando a 4.825, disseram autoridades neste sábado, um aumento de 19,6%, o maior crescimento diário em termos absolutos desde o surgimento da epidemia um mês atrás. Na quinta-feira, a Itália ultrapassou a China no número de mortes em decorrência do vírus altamente contagioso.

O número total de casos na Itália subiu para 53.578 em relação aos 47.021 anteriores, um aumento de 13,9%, informou a Agência de Proteção Civil.

A região norte da Lombardia, a mais atingida, permanece em situação crítica, com 3.095 mortes e 25.515 casos. Das pessoas originalmente infectadas em todo o país, 6.072 haviam se recuperado totalmente até sábado, em comparação com 5.129 no dia anterior. Havia 2.857 pessoas em terapia intensiva contra as anteriores 2.655. (Agencia Brasil)

COMPARTILHE

NÚMERO DE MORTOS NA ITÁLIA POR CORONAVÍRUS ULTRAPASSA TOTAL DE VÍTIMAS NA CHINA

O número de mortes causadas pelo novo coronavírus na Ítalia chegou a 3.405 nesta quinta-feira (19), segundo balanço das autoridades italianas divulgado pela agência Reuters. Com isso, ultrapassou o total de vítimas na China pelo vírus, que é de 3.245.

Ainda de acordo com as autoridades, o país europeu registrou 427 mortes em um dia, e já são 41.035 casos confirmados. (Informações: BN)

COMPARTILHE

INTERNACIONAL: PARAGUAI FECHA PONTE DA AMIZADE, EM FOZ DO IGUAÇU (PR)

O governo paraguaio anunciou que, a partir desta quarta-feira (18), está bloqueado o tráfego de pedestres e veículos na Ponte Internacional da Amizade que liga Cidade de Leste, no país vizinho, a Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. A medida é válida por 15 dias e afeta cerca de 100 mil pessoas que transitam diariamente na via.

Os veículos que transportam mercadorias estão liberados, mas passam por controle sanitário. A medida ainda prevê outras exceções, a serem analisadas caso a caso. Podem deixar o país vizinho, por exemplo, turistas sem documento paraguaio e paraguaios em tratamento médico no Brasil. Mas, só os cidadãos do país podem entrar no Paraguai.

Com as restrições, há relatos em veículos locais de imprensa de que brasileiros que vivem no país vizinhos estão sendo obrigados a pagar propina para atravessar a fronteira. A ordem do governo paraguaio determina ainda que todos que entrarem no país, sejam nacionais ou estrangeiros, devem se manter por 14 dias em quarentena. (Informações: Notícias ao Minuto/FolhaPress)

COMPARTILHE

INTERNACIONAL: TRUMP DECLARA CORONAVÍRUS UMA EMERGÊNCIA NACIONAL

© REUTERS/Jonathan Ernst/Direitos Reservados

O presidente norte-americano, Donald Trump, declarou sexta-feira (13) uma emergência nacional devido ao rápido crescimento do coronavírus, abrindo a porta para fornecer o que ele disse ser cerca de US$ 50 bilhões em ajuda federal para combater a doença. Trump fez o anúncio em uma entrevista coletiva nos jardins da Casa Branca.

O presidente dos Estados Unidos disse que estava declarando emergência nacional para “liberar todo o poder do governo federal”. Ele fez um apelo para que todos Estados criem centros de emergência para ajudar a combater o vírus.

Trump estava sob pressão para declarar uma emergência de doenças infecciosas sob lei de 1988 que permitiria à Agência Federal de Gestão de Emergências (Fema, na sigla em inglês) fornecer fundos de desastres para governos estaduais e municipais e equipes de suporte de implantação. Esse poder raramente é usado. O ex-presidente Bill Clinton, em 2000, declarou tal emergência para o vírus do Nilo Ocidental. Informações da Agencia Brasil/Reuters

COMPARTILHE

TRUMP RECEBE BOLSONARO E DIZ QUE NÃO FARÁ PROMESSA SOBRE TARIFAS IMPOSTAS AO BRASIL

"Donald Trump e Jair Bolsonaro se encontraram nos EUA| Foto: Alan Santos"

“Donald Trump e Jair Bolsonaro se encontraram nos EUA| Foto: Alan Santos”

“O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se encontrou com o presidente Jair Bolsonaro em uma jantar na Flórida no sábado (7). Ao ser questionado por jornalistas se o bom relacionamento com Bolsonaro poderia resultar na retirada de tarifas impostas pela Casa Branca contra o Brasil sobre exportações de aço e alumínio, Trump afirmou que “a amizade é provavelmente maior agora do que no passado.” Perguntado novamente se iria abdicar dos impostos, Trump respondeu: “Eu não faço nenhuma promessa”. Além das tarifas, na pauta estava a situação na Venezuela, acordo comercial bilateral e entrada na OCDE.” Com informações do Gazeta do Povo

COMPARTILHE

KATHERINE JOHNSON, MATEMÁTICA NEGRA QUE AJUDOU A NASA A IR PARA A LUA, MORRE AOS 101 ANOS

Katherine Johnson, uma das matemáticas da Nasa retratadas no filme “Estrelas além do tempo”, morreu nesta segunda-feira (24), informou a agência espacial americana. Ela tinha 101 anos. Katherine “foi uma heroína americana e seu legado pioneiro nunca será esquecido”, escreveu o administrador da NASA Jim Bridenstine no Twitter. As grandes missões científicas são fruto do esforço combinado de grandes equipes em que todas as contribuições contam, como a de Katherine e de outras mulheres afro-americanas, cujo trabalho ficou desconhecido para o grande público durante anos, até a chegada do filme, indicado ao Oscar em 2016. No longa, ela foi interpretada por Taraji P. Henson.

Katherine foi uma das mulheres negras que formavam uma equipe no Centro de Pesquisa Langley para calcular a trajetória dos primeiros lançamentos espaciais, operações que hoje são feitas por computadores. Mas nos anos 1960 os “computadores usavam saias”, segundo suas palavras, recolhidas em vários documentos que a Nasa dedica à cientista especial em seu site na internet. Foram seus cálculos que ajudaram a missão Apolo 11 a ter sucesso e Neil Armstrong a pisar na Lua (1969), mas também os que estabeleceram a trajetória da primeira viagem ao espaço de um americano, Alan Shepard (1961).

Quando a Nasa começou a usar computadores para a missão em que John Glenn orbitou a Terra pela primeira vez (1962), Katherine foi consultada para verificar os cálculos da máquina. “Se ela diz que são bons, então estou pronto para ir”, disse o astronauta, segundo lembrou a própria Katherine. De fato, a Nasa reconhece em seu site que “não teria sido possível fazer essas coisas sem Katherine Johnson e seu amor pela matemática”.

Katherine foi uma menina curiosa e brilhante, nascida em 26 de agosto de 1918 em White Sulphur Springs (Virgínia, EUA), que aos dez anos já cursava o ensino médio. Entrou para a Universidade Estadual de West Virginia onde se graduou em Matemática e Francês com honras máximas em 1937 e aceitou um trabalho como professora em uma escola pública para negros. “Sempre estava cercada de gente que estava aprendendo coisas, eu adoro aprender. Você aprende se quiser”, afirmou. (Com informações do G1)

COMPARTILHE

TIME DE RUGBY HOMENAGEIA MENINO QUE PEDIU PARA MORRER DEVIDO A BULLYING

Time de rugby homenageia menino que pediu para morrer devido a bullying

foto: NRL/Quaden

Os jogadores do time de rugby NRL All-Stars Indígena, da Austrália, homenagearam, neste sábado (22/2), o menino Quaden Bayles, que comoveu o mundo, dias atrás, após sua mãe publicar na internet um vídeo em que ele chora e diz que preferia morrer a continuar sofrendo bullying na escola. Quanden, que tem nanismo, recebeu apoio mundial após o vídeo dele viralizar na internet. A mãe do menino, que tem 9 anos, decidiu publicar as imagens em que o filho chora e chega a pedir uma faca para se matar para mostrar os efeitos do bullying sobre as crianças.

Neste sábado, Quaden Bayles entrou em campo de mãos dadas com o capitão do time, Joel Thompson, e o estádio se comoveu. Ele estava vestindo a camisa dos jogadores e segurando a bola que foi usada no jogo. A partida foi entre o NRL All-Stars Indígena e o Maori All-Stars. A treinadora do time, Laurie Daley, afirmou que todos os atletas querem manifestar apoio e carinho ao menino. “Queremos abraçá-lo e incluí-lo em algumas de nossas atividades nas próximas 48 horas, ele e sua família, para mostrar que nos importamos e que estamos aqui para ele”, declarou.

APOIO DE CELEBRIDADES

Desde que o vídeo do menino em desespero por causa do bullying que sofre foi ao ar, muitas manifestações de apoio a ele surgiram, inclusive de celebridades, como o ator Hugh Jackman. Já o comediante Brad Williams, que também tem nanismo, iniciou uma vaquinha on-line para arrecadar US$ 10 mil para levar Quaden e a mãe dele à Disney, na Califórnia, nos Estados Unidos. (* Com informações da Agência Estado)

COMPARTILHE

CHINA ‘RECRUTA’ 100 MIL PATOS PARA DETER AVANÇO DE 400 BILHÕES DE GAFANHOTOS

China 'recruta' 100 mil patos para deter avanço de 400 bilhões de gafanhotos

foto: PX Here

A Índia enviou drones para pulverizar os gafanhotos no céu. Uganda tentou exterminá-los por terra, usando 2 mil soldados para borrifar pesticida. A China fez diferente: enviou um “exército” de 100 mil patos para combater a nuvem de 400 bilhões de gafanhotos que se aproximam do país, informou na quarta-feira, 19, a emissora estatal CGTN.

Os insetos se aproximam da China por meio da fronteira com o Paquistão. Em um vídeo postado pela CGTN é possível ver “tropas” de patos caminhando por rodovias do país. A emissora afirma que eles estão se reunindo para enfrentar uma “possível emergência”. Vizinho da China, o Paquistão enfrenta a pior infestação de gafanhotos das últimas duas décadas. O país declarou uma emergência nacional por causa dos enxames no início deste mês. Os gafanhotos do deserto, grandes herbívoros, chegaram do Irã e já danificaram algodão, trigo e outras culturas. Condições climáticas favoráveis e uma resposta tardia do governo ajudaram os insetos a atacarem as áreas de cultivo, e seu potencial para destruição em larga escala está aumentando o medo de insegurança alimentar no país.

Khusro Bakhtiar, ministro de Segurança Alimentar do Paquistão, informou que o enxame está atualmente na fronteira entre o país e a Índia. “Foram tomadas medidas contra o inseto em mais de 121 milhões de hectares e 20 mil hectares foram pulverizados”, disse ele. Nos últimos meses de 2019, enxames de gafanhotos do deserto invadiram o leste da África, devastando colheitas, dizimando pastagens e aprofundando uma crise de fome. As Nações Unidas dizem que centenas de milhões de insetos invadiram a região do Chifre da África no pior surto em um quarto de século. (Estadão Conteúdo / Com agências internacionais).

COMPARTILHE

EM 24 HORAS, NOVOS CASOS DE CORONAVÍRUS FORA DA CHINA AUMENTAM 14%

Em 24 horas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) foi notificada de 149 novos casos de coronavírus fora da China, segundo informou nesta sexta-feira, 21. O número representa um aumento de 14% em relação ao total de casos que já tinham sido identificados em outros países. A entidade disse estar preocupada com o potencial do vírus continuar se espalhando, especialmente em países com sistemas de saúde mais frágeis.

O aumento fez com que o Ministério da Saúde do Brasil ampliasse o número de países com alerta e vigilância para doenças respiratórias. A partir desta sexta-feira, além da China, serão considerados casos suspeitos o de pessoas que apresentarem sintomas e tiverem vindo do Japão, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Cingapura, Vietnã, Camboja e Tailândia.

Segundo os dados, o caso mais alarmante verificado no último dia foi o da Coreia do Sul que praticamente dobrou o número de casos confirmados em 24 horas. O país tinha 104 casos confirmados e identificou mais 100. A situação de alerta fez com que 9 mil pessoas fossem colocadas em quarentena.

Depois da China e Coreia do Sul, o Japão é o país com o maior número de casos confirmados, já são 706 (nove foram identificados nesta sexta-feira) – incluindo os 634 que estão em quarentena em um cruzeiro. O cruzeiro foi colocado em quarentena com pouco mais de 3.700 pessoas a bordo (entre passageiros e tripulação) em 3 de fevereiro, depois que um passageiro desembarcado foi infectado com o coronavírus COVID-19.

Durante entrevista coletiva em Genebra, na Suíça, a OMS demonstrou preocupação com a situação do Irã, onde 18 casos foram confirmados em apenas dois dias, com 4 mortes. O diagnóstico de uma mulher no Líbano, que recentemente havia estado em solo iraniano, causou temores de que uma nova rede de contagio possa estar sendo formada.

“Nossa preocupação continua a ser com o potencial do vírus de se espalhar em países com sistemas de saúde mais frágeis”, ressaltou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. (Notícias ao minuto)

COMPARTILHE

SUCESSOR DE GENERAL IRANIANO MORTO TERÁ MESMO DESTINO SE MATAR AMERICANOS, DIZ ENVIADO DOS EUA

Foto: Reuters/TASNIM NEWS AGENCY

O sucessor do comandante iraniano morto em um ataque de drone dos Estados Unidos sofrerá o mesmo destino se seguir um caminho semelhante de matar norte-americanos, disse o representante especial dos EUA para o Irã, Brian Hook, segundo o jornal Asharq al-Awsat. Os EUA culparam Qassem Soleimani pelos ataques de milícias alinhadas ao Irã contra forças norte-americanas na região. O presidente dos EUA, Donald Trump, ordenou o ataque com drone no dia 3 de janeiro no Iraque após uma escalada iniciada em dezembro com ataques com mísseis que mataram um norte-americano, que, segundo Washington, foi realizado por uma milícia alinhada ao Irã no Iraque.

O Irã respondeu ao assassinato de Soleimani lançando mísseis contra alvos dos EUA no Iraque em 8 de janeiro, sem causar a morte de nenhum soldado dos EUA. Após a morte de Soleimani, Teerã rapidamente nomeou Esmail Ghaani como novo chefe da Força Quds, uma unidade de elite da Guarda Revolucionária que lida com ações no exterior. Ghaani prometeu seguir o caminho de Soleimani. “Se (Esmail) Ghaani seguir o mesmo caminho de matar americanos, ele encontrará o mesmo destino”, disse o enviado dos EUA Brian Hook ao jornal em língua árabe Asharq al-Awsat.

Ele declarou na entrevista em Davos que Trump há muito tempo deixou claro “que qualquer ataque aos interesses americanos ou contra americanos teria uma resposta decisiva”. “Esta não é uma ameaça nova. O presidente sempre disse que sempre responderá decisivamente para proteger os interesses americanos”, disse Hook. “Acho que o regime iraniano entende agora que eles não podem atacar os Estados Unidos e se safar”. Após sua nomeação, Ghaani afirmou que “continuaria neste caminho luminoso” adotado por Soleimani e que o objetivo era expulsar as forças dos EUA da região, política há muito tempo declarada do Irã.

O comandante aeroespacial da Guarda Revolucionária disse que quatro bases militares dos EUA na região foram usadas para implantar aeronaves e drones que desempenharam um papel no ataque de 3 de janeiro que matou Soleimani, incluindo duas bases no Iraque e outra no Kuweit. “A maioria dos drones” decolou do Kuweit, disse Amirali Hajizadeh, chefe da unidade aeroespacial da Guarda, à televisão estatal, embora ele não tenha dito se um drone do Kuweit foi o responsável pelo ataque a Soleimani. As tensões entre Washington e Teerã têm aumentado desde que Trump se retirou do acordo nuclear do Irã com as potências mundiais em 2018 e impôs novas duras sanções que atingiram a economia iraniana. (Reportagem de Nafisa Eltahir e Parisa Hafezi / MSN)

COMPARTILHE

Homem rouba banco e joga dinheiro nas ruas dizendo ‘feliz Natal’

 

Colorado Springs Police Department / Handout via REUTERS

Se Papai Noel não existe, ao menos um homem tentou ser um por um dia. Não da maneira mais correta possível. David Wayne Oliver, de 65 anos, um homem de barba branca, roubou um banco nos EUA dois dias antes do Natal e começou a distribuir todo o dinheiro pelas ruas do Colorado Springs, desejando a todos um “feliz Natal”. Em comunicado, a polícia norte-americana confirmou que um “homem branco idoso” roubou o Academy Bank, depois de ameaçar os funcionários com uma arma não identificada e sair com uma quantia indeterminada de dinheiro na segunda-feira ao meio-dia.

À rede local KKTV 11 News, a testemunha do caso Dion Pascale afirmou: “Ele começou a tirar dinheiro da sacola e jogá-lo e disse ‘Feliz Natal’!”. O homem foi preso sem incidentes em um Starbucks próximo após o evento, confirmou o departamento de polícia do Colorado. Os agentes também disseram à imprensa local que não havia indicação de que o homem estava armado no momento de sua prisão.

COMPARTILHE

MULHER FICA COM CABEÇA PRESA EM PORTÃO APÓS TENTAR ESPIAR CASA DA VIZINHA

Foto: Reprodução

Uma mulher ficou com a cabeça presa, por cinco horas, em um portão após tentar espiar a casa da vizinha. O fato aconteceu na cidade de La Virginia, na Colômbia. A mulher só conseguiu se soltar após a chegada do Corpo de Bombeiros. Segundo a Radio La Roca FM 103.9 no Facebook, a mulher introduziu a sua cabeça para observar se a sua vizinha se encontrava ao interior de sua casa. O nome da colombiana não foi divulgado.

COMPARTILHE