Bahia: Governador Jacques Wagner diz que PT tem “santos e diabos”, ao comentar sobre mensalão

ft-gilbertoJbocaonews_coletivareveillon (8)

Ao comentar o mensalão, ontem, o governador Jaques Wagner (PT) disse que “o partido tem santos e diabos, como qualquer outro”. De acordo com o jornal A Tarde, ele falou que  quer que o julgamento do mensalão seja uma “página virada” para o partido e assinalou que os fatos ocorridos no episódio não devem ser tomados como uma marca da legenda. “Essa não é a história do PT. Digo sempre que, se o PT não é, e deve pretender ser um partido de anjos, seguramente não é um partido de marginais. Em todo partido, em toda instituição privada ou pública tem santos e diabos. Acho que isso não tira a característica do partido que tem uma história de contribuição à democracia brasileira como outros partidos tem”.  Para Wagner, o julgamento do mensalão “não vai acabar com o PT como alguns pretendem” e sugeriu aos opositores tomarem cuidado “com a posologia” porque podem ser vítimas do mesmo “ataque exagerado” que na sua visão os petistas estão sendo alvo.. Wagner considerou normal supostos manchetes exageradas da mídia ao PT devido a prisão dos mensaleiros. Ponderou que, mesmo jornais que não são simpáticos ao partido publicaram artigos e editoriais “de pessoas equidistantes e isentas do processo político-partidário” que reconhecem eventuais exageros. “É óbvio que entendo que aquela prisão de final de semana para alguém que tinha direito a (regime) semi-aberto… ser levado a uma prisão de confinamento… Houve precipitação desnecessária”, julgou. (Bocão News).

COMPARTILHE