Bahia: Volta do PDT ao governo de Rui Costa deve mexer no secretariado

001

Com o fortalecimento do PR e a ida do PDT para a base do governador Rui Costa, o secretariado deve ser reformulado para acomodar as duas legendas. Segundo o secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes, ainda é prematura dizer se o PT é quem terá de cortar na carne, entregando pastas para alojar as duas legendas. “Não necessariamente isso terá de acontecer. E não podemos perder de vista que quem bota e tira do governo é Rui Costa. Ele vai tomar a decisão depois de ouvir a sua bancada e as suas bases”, assinalou Josias Gomes ao Bocão News. O ex-presidente do PR, Jonga Bacelar, afirmou que continuar cobrando do governo assento na administração. O presidente atual José Carlos Araújo foi moderado no discurso, mas não descartar cobrar reciprocidade do governo. Vai cobrar de Rui Costa à medida que o partido seja vitaminado. A volta do PDT para a base de Rui e o fortalecimento do PR, com a entrada do superintendente do Procon e da Bahiatursa, Marcos e Diogo Medrado, vão fortalecer o grupo na eleição municipal deste ano. “É importante termos um PR forte e termos a volta dos pedetistas para ampliarmos as nossas condições de disputa no interior”, frisou Josias.

COMPARTILHE