Candeias: vigilante é assassinado e tem arma roubada em suposta emboscada

001 (2)

Um vigilante do Grupo MAP foi vítima de latrocínio na madrugada de sábado (12) em Candeias, Região Metropolitana de Salvador (RMS). Roberto Carlos Reis da Silva, 44 anos, estava em serviço na empresa Grafitec Brasil quando saiu em ronda noturna veicular com mais dois colegas de trabalho.  De acordo com o testemunho dos sobreviventes, o carro em que eles estavam foi interceptado por homens que saíram do mato e começaram a disparar contra a viatura. Roberto Carlos foi atingido por um tiro no abdômen e teve o rosto desfigurado por agressões. Outro ocupante foi atingido na perna, mas não corre risco. O motorista não foi atingido. As armas e coletes foram levados pelo grupo. O corpo de Roberto Carlos será enterrado nesta segunda-feira (14), no Cemitério Quinta dos Lázaros, na Baixa de Quintas. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o crime. (Bocão).

COMPARTILHE