Eunápolis: Diretor do presídio e mais oito agentes são presos
Polícia Civil conduz Jabes Santana, diretor-adjunto do presídio de Eunápolis, para a delegacia.

Polícia Civil conduz Jabes Santana para a delegacia.

Pelo menos nove funcionários do presídio de Eunápolis foram presos na tarde desta terça-feira (24). Policiais civis e militares cumpriram os mandados de prisão expedidos pelo juiz Otaviano Andrade Sobrinho, da Vara de Execuções penais, em diferentes locais da cidade. Entre os presos está o diretor-adjunto do presídio, Jabes Santana, que também já foi diretor do presídio de Teixeira de Freitas.  Todos são suspeitos de facilitar a entrada de drogas e celulares no conjunto penal, que é administrado por uma empresa privada. Os demais detidos ainda não tiveram os nomes divulgados.

dir_d

Jabes Santana e mais oitos, são suspeitos de facilitar a entrada de drogas e celulares no presídio.

Alguns já não trabalhavam no presídio. O delegado titular, Cícero Daniel Feitosa, que comandou a operação, disse que vai informar todos os detalhes das investigações em uma entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (25), na sede da 23ª Coorpin. O presídio de Eunápolis começou a funcionar há quase um ano. Neste período, diversos celulares e drogas foram apreendidos na carceragem. Além disso, um detento já foi morto e outro teria cometido suicídio. A polícia também suspeita que alguns crimes – como falsos sequestros, são praticados de dentro do conjunto penal por presos que têm acesso a celulares. A operação foi encerrada por volta das 21h. (Radar 64).

COMPARTILHE