Guaratinga: Mulher teve morte violenta na zona rural de Guaratinga
Ao lado do corpo foi encontrado papel com anotações de consumo de Iara em bar.

Ao lado do corpo foi encontrado papel com anotações de consumo de Iara em bar.

O delegado Sinésio Júnior abriu inquérito para investigar o violento assassinato da doméstica Iara Amaral de Oliveira, 31 anos, que teve a cabeça esmagada a pedradas na zona rural de Guaratinga. Iara foi encontrada morta, na manhã deste domingo (13), perto de um campo de futebol no distrito de Monte Alegre.O marido de Iara, Clebson de Jesus, contou que a mulher tinha ido para Monte Alegre, que fica a quatro quilômetros de sua casa, cuidar dos filhos de uma amiga que iria viajar. No entanto, testemunhas contaram para a polícia que na noite de sábado Iara teria sido vista em um bar em companhia de alguns amigos. O marido, que preferiu não comentar a informação da suposta presença de Iara no bar, afirmou que só foi avisado da morte às 8h da manhã de domingo. Perto do corpo foi encontrado um pedaço de papel com anotações das cervejas que Iara teria consumido no bar.Iara morava com Clebson há menos de dois anos e deixa cinco filhos, com idades entre 10 e 16 anos. Dois são gêmeos.(Radar 64).

COMPARTILHE