Jaguaquara: Delegada diz ter sofrido ameaça de morte

delegada

O Serviço de Inteligência da Polícia Civil de Jaguaquara descobriu suposto plano para matar a delegada Maria do Socorro Damásio, que comanda as delegacias de Jaguaquara e Itaquara. Informações revelam que o jovem Jeferson Souza da Gama, que morreu em confronto com a polícia no fim da tarde desta terça-feira (7), vinha fazendo seguidas ameaças de morte contra Maria do Socorro, que confirmou ter sido ameaçada durante contato na noite desta terça com o Blog Marcos Frahm. ”Ele vinha fazendo ligações para a delegacia e quando o pessoal atendida o telefone ele afirmava que estava fazendo planos para matar a delegada. Era um indivíduo que oferecia risco a sociedade; além de me ameaçar, falava também que iria matar o agente Dilton Carlos. Estava em liberdade condicional depois de ser preso em novembro por tráfico de drogas”, relata a autoridade policial. Segundo a delegada, Jeferson Souza, que era morador na Rua José Passos, bairro Palmeira, agia na companhia de um comparsa que está sendo procurado pela polícia. ”A delegacia recebeu a informação de que o elemento estava no Entroncamento e nós designamos uma equipe para tendê-lo, mas quando a polícia chegou lá foi recebida à bala por ele. Agora nós estamos tomando cautela. Faz parte do protocolo da Polícia Civil quando acontece um tipo de caso como esse. Mas, a rotina continua a mesma e não é com essa atitude que os bandidos vão nos afastar da investigação”, afirma Maria do Socorro ao comentar ameaças sofridas.(Blog Marcos Frahm)

COMPARTILHE