Jussari: Ex-prefeita Neone é punida pelo TCM por contratar empresas fantasmas

SL370961

O Tribunal de Contas da Bahia determinou que a ex-prefeita de Jussari, Neone Barbosa, devolva R$ 52.387 aos cofres públicos. Ela foi punida por causa de uma série de irregularidades. As principais ilegalidades são a compra de produtos e a contratação de serviços de empresas com endereços falsos em Itabuna, Itajuípe e Ibicaraí. Foi verificado que a ex-prefeita superfaturou até compra de panela de pressão. De acordo com o relatório do TCM, cada panela de pressão foi comprada por R$ 75, quando o mesmo modelo custava R$ 25 no comércio. Ou seja, ela pagou cada paenla pelo o preço de três. O TCM apontou ainda falhas em processo de licitação para contratar empresas para reforma de escolas e praças públicas. As irregularidades ocorreram nos exercícios de 2009 e 2010. Além de punir a ex-prefeita de Jussari, o órgão de fiscalização está encaminhando representação ao Ministério Público para abertura de processo por improbidade administrativa. (A Região).

COMPARTILHE