Bahia: Lúcio cobra execução de obras estaduais que já possuem recursos: ‘Nosso trabalho a gente faz’

Foto: Jornal Grande Bahia.

O deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB) cobrou do governo do estado, nesta sexta-feira (29), a execução de obras baianas que já possuem recursos disponíveis. Entre os projetos estão a requalificação da Praça Castro Alves e do seu entorno, em Salvador; a revitalização da Passarela do Descobrimento (atual Passarela do Álcool), em Porto Seguro; e a construção da Via Expressa do Barradão. “Estou cobrando porque nosso trabalho a gente faz. A inflação como está e o dólar como subiu, não dá para fazer nada. Depois pede aditivo e começa, as pessoas cobram dos parlamentares. Isso é um caso típico”, afirmou o parlamentar. Segundo Lúcio, o contrato para requalificação da Praça Castro Alves foi assinado em 31 de dezembro de 2012, no valor de R$ 10.264.000,00, cujo repasse seria R$ 9.750.000,00. No mesmo dia foi assinada a revitalização da Passarela do Descobrimento, cujo valor de repasse seria R$ 1.706.250,00, diante de R$ 1.881.250,00 do valor do contrato. “Recurso para Via Expressa do Barradão, trabalho nosso junto a Fábio Mota [na época secretário nacional do Ministério do Turismo] e Gastão [Vieira, então ministro do Turismo]e a obra está paralisada. Só fez 2%. Isso é uma manobra para não perder o contrato. Se está licitada, por que não começa?”, questiona o peemedebista, em referência ao contrato assinado no mesmo dia em que os dois já citados, no valor de R$ 18.013.975,00. “Estou cobrando isso, pois não quero que Rui [Costa (PT), governador do estado] seja chamado de ‘Ruileza’, como Jaques Wagner era chamado de ‘Wagareza’”, finalizou. (Bahia Noticias).

COMPARTILHE