Mulher morre com tiro acidental ao prestar socorro em Dário Meira

Luciene estava na companhia de um vereador prestando socorro.

Uma mulher de 29 anos de idade morreu com um tiro acidental na madrugada dessa segunda-feira (12), na cidade de Dário Meira. A informação foi confirmada pelo Giro em Ipiaú com a PM e o delegado Dr. Almir Fernandes. Segundo as informações policiais, Luciene Almeida Pereira estava na companhia de um vereador prestando socorro a um homem vítima de acidente com motocicleta na zona rural do município. Ao encaminhar o motociclista ferido para dentro do hospital Otto Alencar, um revólver calibre.38 caiu da cintura do condutor da moto e disparou um tiro que atingiu o peito de Luciene. Ela morreu no local. Após receber os atendimentos médicos, o motociclista Valter Jesus de Oliveira, morador da Fazenda Recreio, foi preso pela guarnição da Polícia Militar e apresentado na manhã de hoje na delegacia. “Ele disse que tinha essa arma para se defender da violência na roça e que deixava sempre a arma em casa, mas as vezes que ia em alguma festa ele sempre carregava”, disse o delegado. Preso em flagrante, Valter vai responder por porte ilegal de arma e homicídio culposo. Ele está detido no Complexo Policial de Itagibá. Segundo apurou o GIRO, a vítima deixa 4 filhos. A mãe dela morreu há pouco mais de 30 dias, vítima de um câncer. (Giro Ipiaú)

COMPARTILHE