Mulher suspeita de mandar matar filho de 7 anos é liberada na Bahia

Uma mulher é suspeita de matar o filho de 7 anos, foi liberada após 30 dias detida na Bahia. A mulher nega a participação no crime. As informações foram passadas pela delegada que investiga o crime, Maria Tereza, titular da Delegacia de Homicídios (DH) do município nesta quinta-feira (27). De acordo com informações da delegada, o padrasto da criança foi o responsável pelo crime, tendo confessado ainda em 2015. O crime aconteceu quando a criança brincava na porta de casa e de repente desapareceu. Após um tempo, a criança foi achada sem vida em córrego perto a onde brincava. Com informações do Varela Noticias

COMPARTILHE