Oposição em Itamari exige que prefeita comprove residência no município

Quatro dos nove vereadores da cidade de Itamari, no sul baiano, protocolaram na Câmara municipal um documento dirigido à prefeita Palloma Emmanuela Antas para que ela comprove residência no município sob pena de perder o mandato. Os quatro legisladores compõem a bancada oposicionista e diz que são recorrentes as queixas dos munícipes a respeito da “falta de um prefeito no município”. Segundo o grupo, o pedido de confirmação de residência visa acabar “com o desrespeito que acontece em muitas cidades pequenas onde os eleitores e a população ficam órfãos e de prefeitos que deveriam, além de administrar, morar com a família e demonstrar realmente compromisso com o povo”. De acordo com informações obtidas pela reportagem, a prefeita possui casa no município, mas estaria passando por reformas. Nesse período, a gestora estaria se abrigando na casa do sogro. Segundo uma fonte, o ato dos vereadores tem cunho político. O documento é assinado pelos vereadores Deraldino Neto, Deinner Ribeiro, Paulo César e Erinaldo Araújo. Com informações do Bocão News

COMPARTILHE