Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Para Geddel, mudança de regimento da Alba é um “estupro democrático”

geddel_vieira_lima_entrevista_bocaonews_111113rv (71)

A aprovação da mudança do regimento interno da Assembleia Legislativa da Bahia, nesta segunda-feira (20) causou repúdio ao presidente do PMDB Bahia, Geddel Vieira Lima. Para o pré-candidato ao governo do estado, a alteração é um “estupro à democracia”. “Cassar o exercício dos direitos das minorias nos parlamentos foi atitude perpetrada por regimes autoritários. O contraditório, o debate amplo contra a imposição, é algo que, ao reverso de fragilizar, fortalece as decisões de governo”.

Em uma nota de repúdio, Geddel classifica os projetos encaminhados pelo governo maléficas para a população. “Como homem com larga experiência no parlamento, acostumado ao proselitismo como forma de conquistar prosélitos, repudio de forma veemente a tentativa do Governo de emascular a voz daqueles que foram eleitos não para constituírem a maioria construída na desavergonhada cooptação, mas, sim, para manter as suas vozes firmes num importante papel de fiscal do Governo e críticos de postulações que consideramos absurdas e maléficas para o Estado.

O presidente ainda garante que irá acionar a Justiça para que a peça seja revogada. “Como presidente do PMDB da Bahia, buscarei, certamente em conjunto com outros dirigentes de partidos da oposição, proteção na Justiça, que espero, altiva e independente, aos direitos da minoria na Assembleia Legislativa, para que a democracia não seja arranhada”. (Bocão News).

COMPARTILHE

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

1 comentário
  1. Olho no olho Diz

    Sem comentario

Deixe uma resposta

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do UBAITABA URGENTE. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.