‘Perdi tudo’, lamenta marido de pastora sequestrada e morta em Vitória da Conquista
Pastor fugiu dos sequestradores | Foto: Reprodução / TV Sudoeste

Pastor fugiu dos sequestradores | Foto: Reprodução / TV Sudoeste

Marido da pastora e professora universitária sequestrada e morta a pedradas em Vitória da Conquista (veja aqui), o também pastor Carlos Eduardo de Souza afirmou nesta quinta-feira (21) ter “perdido tudo” após o assassinato da esposa. Em entrevista à TV Sudoeste, ele não escondeu a emoção e revolta com a tragédia. “Eu perdi tudo, menos a graça do Senhor. Uma mulher educadora, pastora, tão querida por todos”, desabafou. O pastor foi também vítima do sequestro que terminou ainda na morte da sobrinha de Marcilene Sampaio Souza, Ana Cristina Santos Sampaio. Agredido pelos criminosos, Carlos provocou um acidente com o carro no qual era conduzido para o local do crime e fugiu. De acordo com informações de dois presos por participar da ação, o mandante do crime foi o pastor Edmar Santos. O crime teria sido motivado por vingança e disputa por fiéis. Segundo relatos de Fábio de Jesus Santos e Adriano Silva Santos, Edmar queria dar “um susto” na família. Ele estaria irritado com a perda de fiéis para a nova igreja aberta pelos pastores em um bairro da cidade e havia brigado com Carlos Eduardo.

COMPARTILHE