Salvador: Jovem que tirou selfie mostrando ‘baculejo’ da PM é preso durante Carnaval
Jovem foi preso dias depois de foto por suspeita de participar de morte de PM

Jovem foi preso dias depois de foto por suspeita de participar de morte de PM

Um jovem que ficou conhecido nas redes sociais por publicar uma selfie durante o Carnaval em que policiais apareciam abordando outros dois jovens, foi preso suspeito de envolvimento na morte do policial militar Bruno Moura dos Santos, que aconteceu em 2012. Segundo informações da 15ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Itapuã), o suspeito, identificado apenas como Edmilson, foi  reconhecido depois da publicação da foto. Ele foi preso durante o Carnaval em uma festa de rua em Itapuã e levado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A notícia da prisão foi celebrada por PMs. O capitão Alden José, famoso por publicar uma cartilha sobre as tatuagens no mundo do crime, divulgou em sua conta no Instagram a prisão. “Lembram dessa foto? Do risadinha? Pois bem, vagabundo aqui não tem vez. Já foi capturado em Itapuã”, escreveu ele. “O que temos para hoje é orgulho”. O PM Bruno foi baleado na cabeça em abril de 2012, na praia de Vilas do Atlântico, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador, depois de levar a namorada em casa. O PM morreu em junho, dois meses depois de ser ferido na tentativa de assalto. Com informações do Correio.

COMPARTILHE