TCM multa ex-prefeito de Guanambi por gastos com festas

Charles Fernandes Silveira Santana I Foto: Reprodução

O Tribunal de Contas dos Municípios julgou nesta terça-feira (13) o ex-prefeito de Guanambi, Charles Fernandes Silveira Santana, e aplicou multa de R$20 mil ao gestor por considerar “irrazoável a realização de gastos com festejos municipais em 2016” no montante de R$694.300,00. O município havia decretado situação de emergência por conta da prolongada estiagem. O conselheiro Raimundo Moreira, relator do processo, considerou que o volume das despesas realizadas contraria seriamente os argumentos apresentados pelo gestor para fundamentar e justificar a decretação da situação de emergência.Conforme o TCM, a prefeitura promoveu a contratação direta das empresas Joaninha Promoções e Eventos, Solegal Serviços, Iguanambi Produções, Eraldo Silva Matos e T & S Produções Artísticas, tendo por objeto a prestação de serviços de eventos festivos no município, ao custo total de R$694.300,00.Também foram identificadas falhas formais nos procedimentos, entre elas à ausência de razões e justificativas da escolha das empresas contratadas, da documentação comprobatória de realização de prévia pesquisa de mercado em, pelo menos, três eventos semelhantes, e de documentos justificadores da inviabilidade de licitação. A decisão, no entanto, cabe recurso.

COMPARTILHE