Brasil: Acidente entre micro-ônibus e carreta mata pelo menos 15 pessoas no Norte de Minas

acidente1

Um grave acidente entre um micro-ônibus e uma carreta matou pelo menos 15 pessoas e feriu outras dez, na manhã desta segunda-feira, no Norte de Minas Gerais. De acordo a assessoria de Comunicação CISRUN/SAMU Macro Norte, o veículo do Serviço de Transporte em Saúde (SETS), que levava pacientes de Rubelita para tratamento em Montes Claros, se envolveu na batida com o veículo de carga, na altura do km 361 da BR-251, a cerca de 30 metros trevo de entrada para a cidade de Padre Carvalho. A batida frontal aconteceu por volta de 6h30 e os feridos foram encaminhados para hospitais de Salinas e Taiobeiras.

Os que sofreram apenas escoriações foram atendidos pelos socorristas e levados de volta para a cidade de Rubelita nas ambulâncias da cidade. Todos os mortos estavam no micro-ônibus e o condutor da carreta, identificado como José Carlos Vieira, de 37 anos, ficou preso às ferragens. Consciente, ele foi resgatado pelo Samu e levado para Salinas. No micro-ônibus viajavam 24 pessoas, além do motorista, que deixaram a cidade de Rubelita às 4h30. A batida aconteceu quando o grupo havia rodado cerca de 70 quilômetros de uma viagem total de 250.

acidente2

A SETS oferece o transporte para tratamento em Montes Claros nas manhãs de segunda e sexta-feira. Testemunhas disseram que o condutor da carreta perdeu o controle da direção e o veículo fez um “L” na pista, atingindo o micro-ônibus, que vinha na direção contrária. A carreta transportava um motor V8 que, pelo peso, pode ter potencializado o impacto da colisão, sem chance de o condutor do micro-ônibus desviar.

O condutor do veículo menor morreu na hora. Conforme nota do SAMU Macro Norte, o veículo que transportava os pacientes pertence à frota do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Alto Rio Pardo – (Cisarp) e, o secretário executivo, Célio Brito, informou que “o veículo está com a manutenção e documentação em dia, o motorista é experiente e devidamente credenciado para conduzir o veículo, e explica que o ocorrido foi uma fatalidade”.

 

COMPARTILHE