ATRIZ DAISY LÚCIDI MORRE AOS 90 ANOS; ELA ESTAVA INTERNADA COM CORONAVÍRUS

A atriz e radialista Daisy Lúcidi, de 90 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira (7). Ela estava internada com Covid-19 no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital São Lucas, em Copacabana, no Rio de Janeiro, desde o dia 25 de abril. Nascida no Rio em 10 de agosto de 1929, ela começou a carreira no teatro amador aos seis anos de idade. Em 1941, foi contratada para integrar o elenco infantil da Rádio Tupi.

Com a inauguração da Rádio Globo no fim de 1944, passou a fazer parte da equipe de atores das radionovelas já no início de 1945. A primeira novela na Globo foi o “Homem Proibido”, em 1967. Também trabalhou em “Supermanoela” (1974), “Bravo” (1975) e o “Casarão” (1976). Na década de 70, Daisy decidiu se dedicar à política e foi vereadora e deputada estadual durante 18 anos no Rio de Janeiro.

A volta à Globo, foi em 2007, em “Paraíso Tropical”, a convite de Gilberto Braga. Em 2013, fez uma participação em “Tapas & Beijos”.  Em “Passione” (2010), novela de Silvio de Abreu, a veterana se destacou vivendo a vilã Vó Valentina, que explorava as duas netas, vividas por Carol Macedo e Mariana Ximenes. A última novela na Globo, foi “Geração Brasil”, em 2014. As informações são do G1.

COMPARTILHE