BRASIL: JORNALISTA E ASSASSINADO A TIROS EM MINAS GERAIS
Rodrigo Neto tinha 38 anos e era pai de um filho de seis anos

Rodrigo Neto tinha 38 anos e era pai de um filho de seis anos.

Do JVA Online

O repórter do Jornal Vale do Aço e também da Rádio Vanguarda, Rodrigo Neto de Faria, de 38 anos, foi vítima de uma cruel execução, no início da madrugada desta sexta-feira (09), no bairro Canaã. O corpo foi alvejado por três tiros em regiões vitais. O crime aconteceu num local frequentado normalmente por muitas famílias, um ponto de venda de churrasquinhos, na avenida Selim José de Sales, onde o profissional ia com frequência. Quando entrava em seu veículo, à meia-noite e quinze, dois indivíduos em uma moto se colocaram ao lado da porta do Toyota Corolla de sua propriedade, placa KHO-4615, e o garupa fez os disparos. O próprio vendedor de churrascos tentou salvar a vida de Rodrigo, levando-o ao Hospital Municipal de Ipatinga, após ser socorrido por amigos, mas não houve tempo. Uma testemunha chegou a ser também alvo do atirador, mas escapou. Rodrigo Neto recebeu três tiros: o primeiro foi na região da cabeça, entrou pela área frontal esquerda da testa, saindo próximo à orelha direita.  O segundo acertou na região torácica, abaixo do mamilo direito. O terceiro, na região escapular esquerda (nas costas, um palmo acima do quadril). As balas eram enjaquetadas, com maior poder de destruição, já que se expandem ao penetrar no alvo.

COMPARTILHE