Brasil: Lutador morre antes da pesagem em evento de MMA no Rio
Leandro Feijão passou mal na quinta-feira e morreu no hospital.

Leandro Feijão passou mal na quinta-feira e morreu no hospital.

O Shooto 43, que aconteceria na noite desta sexta-feira, no Rio de Janeiro, acabou cancelado pelos organizadores em virtude da morte do lutador Leandro Feijão. Leandro, que lutaria no evento, passou mal na quinta, antes da pesagem oficial. Desmaiado, foi levado para o hospital, mas faleceu. As causas ainda são desconhecidas. “O Shooto Brasil venho por meio desta registrar o cancelamento do evento que aconteceria amanhã (sexta-feira) no Clube Hebraica, em sinal de LUTO”, escreveu Dedé Pederneiras, um dos organizadores do evento, em sua conta no twitter. A  Comissão Atlética Brasileira de MMA já disse que vai investigar a morte do lutador, mas antes aguarda o laudo oficial sobre a causa do falecimento. Segundo Márcio Tannure, direto da entidade, a morte do lutador pode estar relacionada à perda de peso, tradicional antes das lutar. Leandro Feijão lutaria na categoria até 57kg (peso-mosca). No Shooto 43, Leandro Feijão enfrentaria Gabriel Brasil. Ele treinava na academia Nova União e treinava ao lado de lutadores como José Aldo e Renan Barão, ambos do UFC. Segundo o site Arena, familiares do lutadores afirmaram que Leandro Feijão precisaria perder 15 quilos em apenas uma semana para lutar nesta sexta-feira. Outro membro da família também afirma que, ainda segundo o site, que a academia não colocou ninguém para acompanhar a perda de peso do atleta.(Correio).

COMPARTILHE