Brasil: Marina Silva é a favor do impeachment, mas deseja novas eleições

marina-silva-1

A ex-senadora e porta-voz nacional da Rede, Marina Silva divulgou uma nota nesta segunda-feira (18), na qual aprova o seguimento do processo de impeachment. Marina, no entanto, faz uma ressalva: “a saída passa pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE)”. Para Marina, o vice-presidente Michel Temer é responsável pela crise. “Nem Dilma, Nem Temer. Por uma nova eleição!”, afirmou. “A solução passa pela Justiça Eleitoral, que investiga o uso de dinheiro da corrupção para a campanha de Dilma e Temer. A Rede Sustentabilidade confia que o Tribunal Superior Eleitoral julgará com a celeridade possível as denúncias de fraude eleitoral da chapa Dilma/Temer nas eleições de 2014, devolvendo à sociedade o poder de decidir o futuro do país. Afinal, os fiadores da Operação Lava-Jato somos nós, cidadãos e cidadãs, os únicos capazes de escolher um governo com credibilidade para tirar o país da crise. O TSE precisa ter o sentido de urgência para julgar o processo que pede a cassação da chapa Dilma-Temer e convocar novas eleições”, disse, em nota. Na votação na Câmara, a Rede orientou seus quatro deputados a votarem a favor do impeachment.Com informações do Bahia Noticias.

COMPARTILHE