Brasil: Menina morre afogada após ter cabelo sugado em piscina de casa
naisla
Uma menina de 11 anos morreu afogada após ter o cabelo sugado pelo sistema de limpeza da piscina da casa onde morava, em Linhares, no Espírito Santo. Naisla Loyola ainda foi levada pelos bombeiros para um hospital, mas não resistiu. A garota brincava com outras duas crianças na piscina, quando o acidente ocorreu, no final da tarde desta segunda-feira (06). Ela foi retirada da piscina pelos pais, que acompanharam a criança até o hospital. A menina ficou de 5 a 6 minutos submersa. A Polícia Civil vai abrir um inquérito para investigar a causa da morte.Na madrugada do último sábado (4), um menino de sete anos também morreu depois de ter sido sugado pelo ralo da piscina do condomínio em que estava hospedado em Caldas Novas, em Goiás. Em Belo Horizonte, uma menina de 8 anos ficou com o cabelo preso a um tubo que suga a água e morreu na última sexta-feira (3). Mariana Rabelo Oliveira brincava no toboágua de uma das piscinas do Clube Jaraguá Country. Ela ficou cerca de 18 minutos submersa e ficou  internada por cerca de 12 horas no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Odilon Behrens. A piscina foi interditada.
COMPARTILHE