Brasil: Polícia vê ‘grandes indícios’ de overdose na morte de ator no Rio
Antonio Firmino trabalhou na novela 'Morde&Assopra.

Antonio Firmino trabalhou na novela ‘Morde&Assopra.

A Polícia Civil afirma que há fortes indícios de que a morte do ator Antonio Firmino tenha sido provocada por overdose. Em entrevista ao G1, nesta quinta-feira (14), a delegada Daniela Terra, da 32ª DP (Taquara), contou que os laudos cadavérico e toxicológico devem sair em até 20 dias. “Há grandes indícios de ter sido overdose. Na casa, encontramos cocaína, cachimbo pra crack, mas só com o laudo a gente vai poder ter certeza. Ele estava caído no banheiro, tinha um pouco de pó no nariz e estava sangrando”, afirmou a delegada. O corpo de Firmino foi encontrado dentro de casa, na Gardênia Azul, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, na terça-feira (12). Em 2008, Firmino trabalhou na novela “Duas Caras”, como Apolo. O ator fez parte do elenco da novela “Viver a vida”, em 2009. Antônio Firmino deu vida também ao personagem Igor, um personal trainer, em “Morde & Assopra”. A novela foi ao ar na TV Globo em 2011. O último papel do ator, que também passou por “Malhação”, foi em “Sangue Bom”, com o personagem Evandro. (G1).

COMPARTILHE