Brasil: Protesto no Rio pede saída de Eduardo Cunha e ataca pautas conservadoras

foracunha7218

Feministas, movimentos sociais e estudantis marcharam nesta quinta-feira (12), no Centro do Rio, pedindo a saída do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e atacaram as pautas conservadoras que vêm sendo aprovadas na Casa. Os manifestantes se concentraram em frente à Assembleia Legislativa no início da noite e caminharam até a Cinelândia. Organizado nas redes sociais por diferentes movimentos feministas, o protesto exige, além da cassação do peemedebista, a legalização do aborto e o veto ao Projeto de Lei 5069, de autoria de Cunha, que classifica como crime o uso de substâncias abortivas, além de exigir que mulheres grávidas informem ocorrência à polícia em caso de estupro. O PL foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados no último dia 21 de outubro. Na Cinelândia, cerca de 700 manifestantes, segundo dados não oficiais da Polícia Militar, exibiam cartazes e vestiam camisas dos movimentos feministas com frases contra Cunha. As canções mais entoadas e as palavras de ordem mais repetidas foram: “Ai, ai, ai, se empurrar, o Cunha cai” e “Pílula fica, Cunha sai!”. Com informações do Jornal do Brasil.

COMPARTILHE