Ex-Menudo Anthony Galindo morre aos 41 anos

Foto: Reprodução/Facebook

Anthony Galindo, cantor venezuelano Anthony Galindo, que integrou o grupo Menudo, morreu na noite deste sábado (3/10), aos 41 anos. A informação foi divulgada pela família do artista por meio das redes sociais. “Com uma dor muito profunda queremos comunicar que no dia de hoje morreu nosso querido Anthony Galindo, depois de seis dias em que os médicos fizeram o humanamente possível pela sua vida.

Agradecemos por todas as orações e apoio neste momento tão difícil para nossa família e para tantas pessoas que tiveram a oportunidade de conhecê-lo na vida pessoa e como artista”, informou a mensagem escrita pelos familiares de Galindo.

DEPRESSÃO GRAVE

Conhecido como Papi Joe, o cantor batalhava contra a depressão, agravada nos últimos meses devido à pandemia do novo coronavírus, segundo a família. Em setembro, ele precisou ser internado após uma tentativa de suicídio.

“Todos sabem da sua grande paixão pela música. A depressão se acentuou com a pandemia e resultou em uma decisão drástica e infeliz”, escreveu a família à época, em comunicado público.

SUCESSO INTERNACIONAL

Formado pelo produtor Edgardo Díaz em 1977, o quinteto Menudo estourou no Brasil após a aparição no programa de TV ”Viva a noite”, comandado por Gugu, em 1984. Na época, grupo com integrantes de Porto Rico era formado por Robby Rosa, Charlie Massó, Roy Rosselo, Ray Reyes e Ricky Meléndez (substituído por Ricky Martin meses depois).

Durante a década de 1980, a banda se projetou internacionalmente, com shows que lotaram o estádio do Maracanã e levaram mais de meio milhão de pessoas a à Cidade do México. O conjunto gravou 32 discos com 20 milhões de cópias vendidas. Entre os maiores hits, estão “Súbete a mi moto” e “Não se reprima”. Com informações do jornal O Globo

COMPARTILHE