MPF PEDE RETIRADA DA FRASE “DEUS SEJA LOUVADO” DAS CÉDULAS DE REAIS

A Procuradoria da República no Estado de São Paulo pediu à Justiça Federal que a expressão “Deus seja louvado” seja retirada das cédulas de reais. A ação tem caráter liminar e pede que após a decisão a União tenha um prazo de 120 dias para começar a imprimir as cédulas sem a frase. O pedido foi divulgado nesta segunda-feira “O Estado brasileiro é laico e, portanto, deve estar completamente desvinculado de qualquer manifestação religiosa”, diz um dos argumentados apresentados pela procuradoria na ação. Com o prazo de 120 dias, o Ministério Público Federal entende que não serão gerados novos gastos aos cofres públicos. Para a ação, a frase “Deus seja louvado” privilegia uma religião em detrimentro de outros. A ação cita a igualdade e o princípio de não exclusão das minorias.

 (Fonte:  G1).

COMPARTILHE