VIGILANTES VOLTAM AO TRABALHO APÓS TRT CONSIDERAR GREVE COMO ABUSIVA
Foto: Gabriel Gonçalves / G1 / Reprodução

Foto: Gabriel Gonçalves / G1 / Reprodução

Do Bahia Noticias

Parados desde o dia 26 de fevereiro, os vigilantes decidiram nesta quinta-feira (7) por retornar aos trabalhos após o Tribunal Regional do Trabalho (TRT-BA) considerar a paralisação abusiva e exigir a imediata volta das atividades. De acordo com Paulo Brito, diretor do Sindivigilantes, a categoria não concordou com a decisão da Justiça, mas decidiu por voltar retomar os serviços. “Vão retornar a partir das 19h de hoje. Mas achamaos que a decisão da Justiça foi equivocada e injusta. Manda retirar R$ 500 mil da conta do trabalhador para ir para onde? O advogado do sindicato vai entrar com um recurso contra essa multa”, disse Brito ao Correio. A Corte imputou uma multa de R$ 50 mil por cada dia de paralisação aos sindicatos dos trabalhadores e o valor será repassado para a Apae Salvador e o Conselho Tutelar da Criança do Adolescente.

COMPARTILHE